Flávio Dino e governadores do PT avaliam apoio a Ciro Gomes

Governadores do campo de esquerda avaliam apoiar a candidatura de Ciro Gomes à Presidente da República

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), avaliou apoiar nas eleições presidenciais o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes.

O PT tem como postulante oficial, o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, preso há 40 dias após ser condenado na segunda instância da Justiça. Mesmo com a sentença e a potencial inelegibilidade pela lei eleitoral, o PT mantém a candidatura de Lula, ao mesmo tempo em que tenta interditar articulações por um plano B.

Segundo integrantes do PT, Pimentel admite a hipótese de aliança em favor da candidatura presidencial de Ciro, com quem mantém conversas. Outros governadores do campo de esquerda, como Flávio Dino (PCdoB-MA) e Rui Costa (PT-BA), manifestaram publicamente simpatia por uma aliança com o ex-ministro cearense.

O governador Flávio Dino já assumiu a postura de convocar a esquerda para a união em torno da candidatura de Ciro Gomes. A união fortalece o campo democrático e visa garantir um nome no segundo turno das eleições.

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o governador do Ceará, Camilo Santana, também do PT, afirma que o partido não pode apostar no isolamento suicida. Santana se disse convicto de que Lula não terá condições de concorrer e defendeu o apoio do partido a Ciro, com a indicação de Fernando Haddad (PT) para a chapa, como vice.

União entre PDT e PSB potencializa candidatura de Flávio Dino no Maranhão

PSB oferece três nomes para compor a chapa do pré-candidato, Ciro Gomes. Foto: Jornal Pequeno

Após a desistência do ex-ministro Joaquim Barbosa de concorrer à Presidência da República nas eleições de 2018, o PSB ofereceu, na última quarta-feira (16), três nomes para compor a chapa do pré-candidato, Ciro Gomes (PDT).

Os indicados foram o deputado federal mineiro Júlio Delgado; o ex-prefeito de Belo Horizonte (2009 a 2016), Márcio Lacerda; e o deputado federal paranaense, Luciano Ducci, que também foi prefeito de Curitiba entre 2010 e 2012, após renúncia de Beto Richa para concorrer ao governo estadual.

Os nomes foram apresentados pela cúpula do PSB em reunião com lideranças pedetistas, na casa do líder do partido na Câmara, Wewerton Rocha (MA). A maioria da bancada do PSB aprova a coligação com o ex-governador cearense.

A união entre PDT e PSB potencializa a candidatura à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão. A coligação dos dois partidos de esquerda fortalece a disputa para que Ciro Gomes esteja no segundo turno das eleições, brigando diretamente com a candidatura apoiada pelo MDB, presidente Michel Temer, ex-senador José Sarney e cia.

Muito amigo do governador Flávio Dino, Ciro Gomes aparece, na última pesquisa CNT/MDA, com 9% das intenções de voto e é tido por muitos analistas como o principal herdeiro dos votos do ex-presidente Lula (PT), caso este seja impossibilitado pela Justiça de concorrer.

Ambos os partidos também fazem da base de sustentação do governador Flávio Dino.

Flávio Dino conclama união da esquerda e defende candidatura de Ciro Gomes

Flávio Dino e Ciro Gomes foram os criadores da Rede da Legalidade contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rouseff

As últimas manifestações do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em pregar a união da esquerda brasileira, têm ganhado grande destaque nas redes sociais e em site de notícias. Ele foi bastante incisivo em convocar todas as forças sociais para, que, em caso da desistência do ex-presidente Lula (PT), todos apoiem o nome do ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), para o Palácio do Planalto.

Essa inclinada de Flávio Dino para a candidatura de Ciro Gomes é uma atitude coerente e decisiva. A esquerda precisa garantir um nome alternativo e, com isso, não corra o risco de o fascismo governar o país por mais quatro anos.

Mesmo que o PT não mude seu entendimento e continue defendendo a candidatura do ex-presidente Lula, as últimas declarações mostram que o governador Flávio Dino tem peso em suas escolhas por conta da repercussão. O exemplo disso é que o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), também começou a defender que os petistas apoiem a candidatura de Ciro Gomes.

Mesmo com todas as críticas do PT contra Flávio Dino e Ciro Gomes, por essas declarações, vale lembrar que foram os mesmos os criadores da Rede da Legalidade, quando a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) estava para sofrer o golpe. Ciro Gomes deu palestras e entrevistas todas contra o golpe do atual presidente Michel Temer e virou a sensação até da militância petista.

De fato, a esquerda precisa se unir para que o país volte a respirar ares mais democráticos.

Morre ex-vereador de São Luís e um dos fundadores do PDT no Maranhão

Reginaldo Teles foi redator do jornal O Combate e redator-chefe e diretor substituto no jornal O Povo (1950-1961).

Faleceu, na noite de domingo (6), o jornalista Reginaldo Telles, um dos fundadores do PDT no Maranhão. Ele tinha 92 anos, foi redator do jornal O Combate (1945-1950) e redator chefe e diretor substituto no jornal O Povo (1950-1961).

No campo da política, foi um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT); vereador de São Luís (1951-1955); secretário executivo do fundo de revenda do Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Maranhão (1970-1971); assessor de Comunicação da Prefeitura de São Luís (1990-1992) e secretário-chefe de Gabinete da Vice-Prefeitura de São Luís (1993-1996).

Assembleia emitiu Nota de Pesar

A Assembleia Legislativa do Maranhão lamenta o falecimento do jornalista e advogado Reginaldo Carvalho Telles de Sousa, na noite deste domingo (6), vítima de falência múltiplas dos órgãos, aos 92 anos de idade. Ele estava internado há algumas semanas no Hospital São Domingos.

Neste momento de pesar, a Assembleia Legislativa solidariza-se com os familiares e amigos do ente querido, rogando a Deus o conforto para superar a dor desta  imensurável perda.

O velório está acontecendo na Pax União, no Centro de São Luís, e o enterro será nesta terça (8), às 10h, no cemitério do Gavião, na Madre Deus.

Reginaldo foi casado com Maria Lúcia Telles por 63 anos, teve 12 filhos, netos e bisnetos. Com um vasto currículo profissional, atuou em jornais, TV, órgãos públicos e entidades da capital. Além de jornalista e advogado, foi um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e vereador de São Luís entre 1951 e 1955.

O advogado e jornalista também era atuante na área cultural. Participou de vários festivais de poesia, música e literatura. Chegou ainda a escrever contos e poesias que foram publicados em jornais, revistas e em coletâneas.

Foi homenageado com o Troféu “Jornalista que Marcou Época” e com a Medalha “Simão Estácio da Silveira”.

Deputado Othelino Neto

Presidente da Assembleia Legislativa

Presidente da Assembleia prestigia ato de filiação de Yglésio Moisés ao PDT

Presidente da Assembleia participou de ato de filiação no PDT00

Atendendo a um convite do dirigente estadual do PDT, deputado federal Weverton Rocha, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na noite desta segunda-feira (12), do ato de filiação do suplente de deputado estadual Yglésio Moisés ao partido. O evento aconteceu no auditório “Jean Norberto”, na Rua dos Afogados, sede da sigla, com a presença de parlamentares, secretários estaduais e municipais, simpatizantes e militantes.
Ex-diretor do Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, o médico e professor universitário Yglésio Moisés concorreu em 2014 a uma vaga na Assembleia Legislativa pelo PT, obtendo 16.032 votos. Ele foi saudado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que destacou suas virtudes, afirmando que estava chegando para somar.
Othelino Neto agradeceu ao convite para  o ato de filiação, enfatizando que PDT e PCdoB são partidos que seguem na mesma direção e buscam o mesmo objetivo, tal seja, reeleger o governador Flávio Dino (PCdoB) e o deputado Weverton Rocha (Senado). E acrescentou que Yglésio Moisés, um político destacado e qualificado, fez uma boa escolha optando pelo PDT. E mais: que deverá deixar a suplência para virar titular na próxima legislatura.
“O PDT tem uma bancada expressiva e de qualidade na Assembleia Legislativa do Maranhão, ocupando cargos de relevo, que nos ajudam na administração da Casa. O deputado Glalbert Cutrim,por exemplo, é o presidente da Comissão de Constituição e Justiça; Rafael Leitoa lidera o Blocão e a deputada Valéria Macedo é a Procuradora da Mulher. Ricardo Rios, por sua vez, é o primeiro secretário, e Fábio Macedo está na primeira vice-presidência. Isto mostra a força do partido no Legislativo do Maranhão”, afirmou Othelino Neto.
Othelino disse ter plena certeza da vitória de Weverton Rocha no Senado Federal, ressaltando seu perfil de líder que ajudará o Maranhão. “Ajudamos a eleger um senador que nada faz pelo Estado. Com Weverton Rocha será diferente”, enfatizou.
O deputado finalizou seu pronunciamento desejando boa sorte, tanto a Yglésio Moisés quanto ao secretário de Estado da Agricultura, Márcio Honaiser (PDT), que estava presente. Os dois disputarão mandatos na Assembleia Legislativa. Manifestou o mesmo desejo quanto aos demais postulantes.
Do ato político, além do  presidente Othelino Neto e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, participaram o deputado federal Deoclides Macedo (PDT), os deputados estaduais Valéria Macedo (PDT), Glaubert Cutrim (PDT), Rafael Leitoa (PDT), os secretários de Trabalho e Ação Solidária, Julião Amin, e Márcio Honaiser, da Agricultura, além dos vereadores Marcelo Poeta (PC do B), Raimundo Penha (PDT) e Osmar Filho (PDT). Também participaram do ato o secretário municipal de Orçamento Participativo, Olímpio Guimarães, o ex-deputado Rubens Pereira (PCdoB), e Renato Dionísio (PDT), bem como representantes de movimentos sociais e sindicais.

Filiação de Cleide Coutinho ao PDT movimenta política maranhense…

Durante o evento, Cleide Coutinho também foi empossada como nova presidente do Diretório Municipal do PDT de Caxias.

O ato de filiação da médica e ex-deputada estadual, Cleide Coutinho, ao PDT, foi realizado na manhã de sábado (3), no município de Caxias.

O evento, que movimentou a política do Maranhão, marcou a volta da médica ao cenário político estadual. Forte candidata às eleições de outubro, Cleide Coutinho deverá disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa, somada a ela toda a influência política do marido, Humberto Coutinho, falecido em janeiro.

Participaram do ato político o governador Flávio Dino (PCdoB); a deputada federal e pré-candidata ao Senado, Eliziane Gama (PPS); o deputado federal Rubens Pereira Jr. (PCdoB); o pré-candidato ao Senado, Weverton Rocha (PDT); o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), entre outras lideranças.

Durante o evento, Cleide Coutinho também foi empossada como nova presidente do Diretório Municipal do PDT de Caxias.

Ricardo Rios filia-se ao PDT; Presidente da Assembleia marca presença no ato

Ricardo Rios ingressou no PDT em cerimônia que contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PDT), prestigiou, na noite de segunda-feira (05), na sede do PDT, a filiação do primeiro secretário da Mesa Diretora da Casa, deputado Ricardo Rios, ao Partido Democrático Trabalhista (PDT).

O ato foi presidido pelo deputado federal e presidente do PDT no Maranhão, Weverton Rocha, e contou também com as presenças do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), dos deputados Glalbert Cutrim (PDT) e Rafael Leitoa (PDT), prefeitos, dirigentes e militantes dessa agremiação partidária.

“É muito bom ver o deputado Ricardo Rios, nosso primeiro secretário da Mesa Diretora, filiando-se ao PDT, que é um partido irmão, com quem temos uma relação muito próxima. O PDT é um partido de história bonita, no Maranhão, partido de Jackson Lago, Neiva Moreira, Humberto Coutinho e de Brizola. O Ricardo faz uma boa escolha e, certamente, construirá uma bela história no PDT”, afirmou Othelino Neto.

“Agradeço de coração pelo convite para me filiar ao PDT feito, inicialmente, pelo saudoso deputado Humberto Coutinho. Hoje estou muito feliz de me filiar ao PDT, um partido que faz história nesse país e, particularmente, no Maranhão. Digo a todos os militantes e simpatizantes desse partido que podem contar comigo, que eu farei por onde honrar o programa desse partido e ser amigo de todos ”, declarou Ricardo Rios.

FORTALECIMENTO DO PDT

O deputado Weverton Rocha disse que Ricardo Rios é um jovem deputado e uma revelação da política estadual e que, sem dúvida nenhuma, vem num momento importante do fortalecimento do campo político democrático popular, dessa agremiação e da reeleição do governador Flávio Dino (PC do B) e da entrada do PDT na chapa majoritária, disputando a pré-campanha no Senado Federal. “Eu não tenho dúvidas que ele irá contribuir muito para que a gente fortaleça o partido e, acima de tudo, consiga construir a grande vitória que se avizinha em 2018”, complementou.

O prefeito Edivaldo Holanda afirmou que a vinda do deputado Ricardo Rios para o PDT é muito importante porque ele ingressa num partido que tem toda uma história na cidade de São Luís. “É o partido de Jackson Lago, Neiva Moreira e Leonel Brizola. Ele chega para fortalecer a nossa bancada na Assembleia Legislativa. Desejamos sorte e ele entra num partido que além de ser um grande partido é uma grande família”, salientou.

Glabert Cutrim disse que está feliz com a filiação do deputado Ricardo Rios ao PDT, pois trata-se de um grande amigo, dentro da Assembleia, e que vem para somar. “Com sua chegada, somamos cinco deputados e passamos a ser a segunda maior bancada da Assembleia. É um deputado jovem, com ideias novas, que vem fortalecer nossa juventude. Ele é muito bem-vindo e espero que possamos construir juntos uma nova história para o Maranhão”, assinalou.

O deputado Rafael Leitoa declarou que avalia de forma muito positiva a filiação de Ricardo Rios ao PDT, pois se trata de um deputado com uma boa atuação na Casa e que ocupa o cargo de primeiro Secretário da Mesa Diretora. “Ele traz com ele outras lideranças políticas como prefeitos e vereadores e, sem dúvida, vai ser um grande reforço para 2018 e também para atuação da bancada do PDT na Assembleia”, destacou.’

Convenção do PDT lança pré-candidatura de Weverton Rocha ao Senado…

Evento do PDT reuniu diversas lideranças políticas

A Convenção Municipal e Estadual do PDT, que aconteceu na Nova Batuque, na Avenida Daniel de La Touche, na manhã deste sábado (02) – e que contou com as presenças de várias autoridades, militantes e convidados – lançou a pré-candidatura do deputado federal Weverton Rocha (PDT) ao Senado.

O evento contou com as presenças do presidente em exercício da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB),  deputados Levi Pontes (PCdoB), Antônio Pereira (DEM), Valéria Macedo (PDT), Stênio Resende (DEM), Rogério Cafeteira (PSB), Rafael leitoa (PDT), Bira do Pindaré (PSB), Fábio Macedo (PDT) e do deputado licenciado Edivaldo Holanda (PTC), que foram prestigiar o evento de lançamento da pré-candidatura ao Senado, deputado federal Weverton Rocha (PDT).

O ex-governador do Ceará e ex-prefeito de Fortaleza, Ciro Gomes, pré-candidato a presidente do país pelo PDT; o presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, também prestigiaram aquela solenidade, bem como prefeitos, vereadores e secretários de Estado.

Othelino Neto lembrou que o PDT tem uma bancada de cinco deputados e que o convite feito por deputado federal Weverton Rocha para participar daquele evento, é motivo de alegria, principalmente pelo fato de poder compartilhar experiência com a Câmara, através representantes do Maranhão.

“Eu estou aqui prestigiando a Convenção desse partido importante do nosso campo político que terá um dos nossos candidatos a senador num momento muito importante. É uma liderança importante para o Estado, por isso, estamos todos aqui para anunciar para o Maranhão e para o Brasil que nós já temos um candidato a senador que é o deputado federal Weverton Rocha”, garantiu Othelino Neto.

Weverton Rocha disse que aquele momento era muito gratificante e que no Senado Federal terá a mesma postura firme nos interesses dos trabalhadores.  “É gratificante a gente ver hoje esse movimento tão saudável, quando nós vamos participar da chapa do governador Flávio Dino”, garantiu o pré-candidato.

PARCERIA GARANTIDA! Flávio Dino declara voto em Edivaldo Jr…

flavioe12

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), declarou, por meio de sua conta no Twitter, nesta segunda-feira (24), voto no candidato à reeleição pela Prefeitura de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PDT). O anúncio foi adiantado nas redes sociais e confirmado no programa eleitoral do  pedetista desta noite.

No horário eleitoral, Flávio Dino gravou uma mensagem onde reforçou a importância da parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. Assim que assumiu o governo, foram várias intervenções realizadas em conjunto com Edivaldo Holanda Jr na capital maranhense, entre elas as obras do programa “Mais Asfalto”, reforma de praças, et.

No primeiro turno, Flávio Dino se manteve neutro em respeito aos candidatos que faziam parte da base governista, como a deputada federal Eliziane Gama (PPS), e não declarou voto.

No segundo turno, ele não se manifestou no início, pois o outro candidato, deputado Eduardo Braide (PMN), é também considerado da base de apoio ao governo. Porém, o mesmo, estranhamente, passou a fazer alguns ataques ao governo do Estado de leve, como no programa eleitoral, que abordou a questão dos incêndios a ônibus, e em entrevistas, rodas de conversa, eventos, etc.

O apoio de Flávio Dino a Edivaldo Holanda Jr é natural, pois o seu partido, o PCdoB, está na chapa e indicou o candidato a vice-prefeito, Júlio Pinheiro.