Pesquisa aponta: Flávio Dino amplia vantagem sobre Roseana em Imperatriz

O atual governador e pré-candidato à reeleição, Flávio Dino (PCdoB), ampliou a vantagem sobre a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) em Imperatriz. É o que aponta pesquisa do Instituto Interpretar feita com exclusividade para o jornal Correio Popular, sobre a intenção de votos do imperatrizenses para as eleições de 2018.

De acordo com o levantamento, no mês de agosto Dino contava com 51% das intenções de votos válidos em Imperatriz, contra 23% de Roseana. Já em novembro, Dino subiu para 65% dos votos válidos e Roseana oscilou para 26%. A vantagem, que era de 28 pontos percentuais, subiu para 39 pontos.

Ou seja, nos últimos quatro meses o comunista obteve um crescimento junto ao eleitorado de Imperatriz de mais de dez pontos percentuais nos votos válidos. Com isso, ampliou sua vantagem para vencer ainda no 1º turno – ao menos de depender dos votos dos imperatrizenses.

Dino segue na frente

Os números favoráveis a Dino são reflexo da boa aceitação popular do atual governo em Imperatriz, item que também foi analisado na pesquisa. Segundo a projeção, a gestão Dino tem 64,3% de aprovação na maior cidade do Sul do Maranhão.

Na aprovação popular de seu governo, Flávio Dino também teve uma elevação no período. Em agosto, 54% dos imperatrizenses apoiavam seu governo. Em novembro, esse número cresceu para 65%.

Este ano, o Governo do Maranhão entregou o serviço de oncologia infantil na cidade, bem como a iluminação da avenida Pedro Neiva. Está em fase de conclusão da obra da Beira Rio, e o Hospital Macrorregional completou um ano de serviço.

A pesquisa do Instituto Interpretar foi realizada no dia 10 de novembro em Imperatriz, ouvindo 600 pessoas. O levantamento tem margem de erro de 4 pontos percentuais.

Flávio Dino com 63,2% de aprovação em Pinheiro, enquanto Luciano Genésio tem 70,3% de desaprovação, segundo pesquisa

Segundo pesquisa Econométrica, encomenda pela TV Difusora de Pinheiro, aponta que 70,3% dos entrevistados desaprovam a gestão do prefeito do município, Luciano Genésio (Avante). O mesmo levantamento mostra que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), tem a aprovação de 63,2% dos sondados.

Apenas 33% desaprovam o governo Flávio Dino em Pinheiro, segundo sondagem feita pela Econométrica. 1,1% Não sabem ou Não respondem.

Segundo os dados da pesquisa, apenas 29% disseram aprovar o prefeito Luciano Genésio e menos de 1% dos moradores não souberam responder a pergunta.

Quando o levantamento perguntou aos entrevistados como eles analisam a administração de Genésio, 33,1% classificaram como péssimo; 26% escolheram a opção “ruim”; 16,7% responderam “regular para bom”; outros 12,6% disseram “bom”; 10,4% escolheram “regular para ruim”; o mínimo de 0,7% discordou e avaliou como “ótimo”. Não souberam responder marcou 0,4 pontos percentuais.

DataIlha/Difusora confirma: Flávio Dino tem 30 pontos de vantagem sobre Roseana Sarney

Governador Flávio Dino está com larga diferença também em pesquisa contratada pela TV Difusora

O atual governador Flávio Dino mantém vantagem sobre a quatro vezes ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) também na pesquisa DataIlha/Difusora divulgada nesta segunda-feira (16/out). Em novo levantamento, ele tem 30 pontos de vantagem sobre Roseana. 62% contra 28% dos votos válidos.

As intenções de voto em Dino refletem a aprovação de sua gestão. Mais de 61% dos entrevistados dizem aprovar a atuação de seu governo.

Os números confirmam levantamento recente da pesquisa Exata/JP, que também aponta vitória de Flávio Dino no primeiro turno. Em levantamento feito no início do mês, o outro instituto aferiu Flávio Dino com 60% das intenções de voto contra 28% de Roseana. Segundo a pesquisa Exata, 61% dos maranhenses aprovam a gestão Dino, enquanto 36% desaprovam. Outros 3% não sabem ou não responderam.

A pesquisa DataIlha/Difusora foi colhida entre os dias 9 e 11 de outubro ouvindo 2.128 maranhenses em 38 municípios.

A pesquisa também ouviu a intenção de voto dos maranhenses para os candidatos a presidente. Lula tem 66% das intenções de voto contra 14% do segundo colocado, Jair Bolsonaro. Marina Silva tem 7 pontos, Dória 2% e Alckmin 1%.

70% dos brasileiros classifica o governo Temer como péssimo, segundo pesquisa

Com 70% dos brasileiros considerando o governo ruim ou péssimo, Temer empata com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e ambos passam a ter o maior índice de reprovação a um governo na série histórica da pesquisa CNI/Ibope, iniciada no governo de José Sarney (PMDB), em março de 1986.

Dilma alcançou esse patamar de reprovação em dezembro de 2015, no final do primeiro ano de seu segundo mandato, e seis meses antes de ser afastada do cargo com a abertura do processo de impeachment.

Na última pesquisa, divulgada em março, 55% dos brasileiros avaliaram o governo do presidente como ruim ou péssimo, percentual superior ao da sondagem publicada em dezembro, quando o governo Temer atingiu 46% de reprovação.

Esta foi a primeira pesquisa CNI/Ibope realizada após Temer ser denunciado por corrupção pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

Ainda de acordo com a pesquisa, 5% avaliam o governo como ótimo ou bom. Em março esse percentual foi de 10%. Outros 21% consideram o governo regular, ante 31% na pesquisa de março. O Ibope ouviu 2.000 pessoas, em 125 municípios, de 13 a 16 de julho. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O índice de aprovação do governo Temer, com 5% de ótimo ou bom, é o menor de toda a série histórica CNI/Ibope. A menor aprovação de Dilma foi de 9%, em junho e dezembro de 2015, e Sarney obteve 7% de provação em junho e julho de 1989. O percentual dos que disseram não saber ou não quiseram responder foi de 3%.

O gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, afirmou que o envolvimento do nome do presidente Temer em acusações de corrupção “certamente” teve impacto na queda de popularidade do governo, mas que a situação econômica do país, com desemprego elevado, também pode ter contribuído.

Prefeitura de Pinheiro contrata instituto por R$ 1 milhão para manipular pesquisa

O Instituto Perfil, responsável por realizar pesquisa apontando empate técnico entre Roseana Sarney e Flávio Dino e colocar Waldir Maranhão como favorito ao Senado, foi contratado pela Prefeitura de Pinheiro por R$ 1 milhão. As informações foram divulgadas pelo blog do Raimundo Garrone.

Instituto Perfil Pesquisas e Projetos é o nome fantasia da empresa Mondego e Silva Ltda-ME.

O mesmo levantamento que avaliou o cenário politico para 2018, também quis saber sobre o desempenho do prefeito Luciano Genésio em seus primeiros seis meses de Governo, e o resultado mostrou 87% de aprovação. Os números são muito acima da média, ainda mais para a região dividida em dois clãs políticos, e especialmente em relação ao grupo do ex-prefeito Filuca Mendes.

Waldir e Luciano são aliados íntimos, do mesmo partido, e costumam trocar figurinhas dentro do PP.

Portanto, o resultado favorável à dupla, ainda mais de uma empresa contratada a peso de ouro pelo prefeito, coloca em dúvida os números divulgados

Exata! Roseana tem a maior rejeição, segundo pesquisa para governador…

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), tem a maior taxa de rejeição, segundo pesquisa do instituto Exata, encomendada e publicada pelo Jornal Pequeno, sobre a disputa pelo governo do Estado em 2018. 49% dos entrevistados disseram que não votariam nela de jeito nenhum. Logo em seguida vem o senador Roberto Rocha (PSB), também com alto índice.

A mesma pesquisa  mostrou  que o governador  do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), marcou 51 pontos percentuais contra 28 da peemedebista, no cenário em que aparecem apenas os dois, se as eleições fossem hoje. Outros 16% disseram votar nulo, branco ou nenhum e 5% não sabem ou não responderam. Em votos válidos, a diferença chegaria a 30 pontos.

A nova pesquisa Exata/JP foi realizada entre 14 a 17 de junho e identificou que o governo tem 58% de aprovação. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%. Foram ouvidos 1404 eleitores

O levantamento do instituto, que está entre os que mais acerta nas eleições do Maranhão, também revela que o governador Flávio Dino lidera a pesquisa espontânea com 36% das intenções de voto. Roseana Sarney tem 12% e Roberto Rocha 1%. Maura Jorge e Edivaldo Holanda Júnior também foram lembrados mas não pontuaram.

Governo Flávio Dino tem 58% de aprovação, diz Exata…

O Informante

Flávio Dino tem mantido boa popularidade

A nova pesquisa Exata/JP comprova que o governo do Maranhão mantém os bons índices de aprovação que vêm se mantendo desde o início do mandato, consolidando sua gestão como uma das mais bem avaliadas do país. Realizada entre 14 a 17 de junho, a pesquisa identificou que o governo tem 58% de aprovação. Ainda segundo a pesquisa, a gestão não conta com a aprovação de 38% dos entrevistados, enquanto 4% não sabem avaliar.

A figura do governador segue tendo uma avaliação melhor que a do governo como um todo. O gestor Flávio Dino tem 59% de aprovação, contra 37% de desaprovação. Cerca e 46% dos entrevistados consideram a postura pessoal do governador “muito positiva” ou “positiva”, enquanto apenas 18% a consideram “negativa” ou “muito negativa”.

“O Governo Flávio Dino demonstra sólida imagem positiva perante a maioria do eleitorado e resiliência em face da deterioração do ambiente político nacional que afeta em cadeia todos os gestores públicos no país”, comenta o instituto, em sua avaliação analítica. “A elevada aprovação do Governo, considerando todo o contexto, reforça inegavelmente o imenso favoritismo do governador Flávio Dino nas eleições do próximo ano”.

A pesquisa Exata/JP foi colhida entre os dias 14 e 17 de junho com 1.404 pessoas. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%.

Leia mais: https://oinformante.blog.br/notas/governo-flavio-dino-tem-58-de-aprovacao-aponta-exatajp/#ixzz4kboCnxOL

Pesquisa Exata/TV Guará: Edivaldo cresce e tem 57%; Braide despenca e está com 43%

John Cutrim

guara2810

Pesquisa Exata contratada pela TV Guará e divulgada nesta sexta-feira (28) mostra uma vantagem de quatorze pontos percentuais de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sobre Eduardo Braide (PMN).

De acordo com o levantamento, Edivaldo tem 57% dos votos válidos, contra 43% de Braide.

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 25 e 27 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número nº MA-04457/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Rejeição

A pesquisa Exata/TV Guará apontou o candidato Eduardo Braide como o mais rejeitado pelo eleitor. 42% dos entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum em Braide. Já 34% declararam não votar em Edivaldo Holanda Júnior.

Aprovação

Ainda de acordo com a Exata/TV Guará, o governo Flávio Dino continua bem avaliado em São Luís, sendo aprovado por 60% da população.

Econométrica – Edivaldo amplia diferença; Braide cai e aumenta rejeição

econometrica2810

rejeicao2810

Com 58,9% dos votos válidos, Edivaldo é favorito em pesquisa Econométrica

Pesquisa Econométrica aponta vitória de Edivaldo com 58,9% dos votos válidos

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) ampliou a diferença de 13 para 17 pontos percentuais sobre Eduardo Braide (PMN) e praticamente garante a reeleição, segundo pesquisa do Instituto Econométrica, contratada pelo Jornal Pequeno.

De acordo com levantamento, realizado no dia 26, Edivaldo tem 58,9% dos votos válidos contra 41,1% de Eduardo Braide. Na soma dos votos válidos são descartados brancos, nulos e indecisos. É a mesma metodologia adotada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na totalização dos votos.

Na pesquisa estimulada, o candidato do PDT aparece com 54,1% das intenções de votos, enquanto Braide tem 37,7%. Brancos e nulos somam 4,2% e 3,9% não sabem ou não responderam.

A pesquisa está registrada no PESQELE sob o Nº MA-09849/2016 e ouviu 1016 eleitores das zonas urbana e rural de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

REJEIÇÃO

O candidato Eduardo Braide é o mais rejeitado pelo eleitorado de São Luís com 45,9%. Edivaldo tem 31,6% de rejeição. Poderiam votar nos dois 15,9%. Não votariam em nenhum dos dois 3,1% e não sabem ou não responderam 3,5% dos entrevistados.

Mais de 58% dos eleitores acreditam em vitória de Edivaldo

A Econométrica quis saber também quem vencerá a eleição na opinião dos eleitores. Edivaldo lidera disparado com 58,1% dos entrevistados, enquanto 30,1% disseram que Braide vencerá o pleito do próximo domingo (30). Não sabem ou não responderam 11,8%.

EVOLUÇÃO

A série de pesquisas realizadas pelo Instituto Econométrica, neste 2º turno, mostra que o prefeito e candidato à reeleição Edivaldo está em curva ascendente, enquanto Eduardo Braide está em queda livre nos índices de intenções de votos.

Na pesquisa divulgada no dia 14 de outubro, Edivaldo tinha 52,3%, depois no levantamento divulgado no último dia 20 chegou a 52,6%; no dia 25 apareceu com 56,9% e agora tem 58,9%.

Eduardo Braide começou com 47,7%, depois caiu para 47,4%; em seguida para 43,1% e agora tem 41,1% dos votos válidos.