Edivaldo anuncia para o dia 20 o pagamento da 2ª parcela do 13º salário

A antecipação da primeira parcela em julho e o pagamento em dia da segunda neste mês de dezembro demonstra mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com o servidor municipal

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou nesta quarta-feira (12), em suas redes sociais, a data do pagamento da segunda parcela do 13º salário, que estará na conta dos servidores municipais no dia 20 deste mês. O pedetista já havia antecipado no mês de julho a primeira parcela, mesmo com a opção de pagar integralmente o valor apenas no fim do ano.

“Fico muito feliz que a nossa gestão, mesmo neste cenário de crise nacional, esteja cumprindo com rigor mais esse compromisso. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e aquece ainda mais a economia da capital neste período de festividades”, publicou o prefeito em seus perfis nas redes sociais.

A antecipação da primeira parcela em julho e o pagamento em dia da segunda neste mês de dezembro demonstra mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com o servidor municipal, uma das marcas da sua gestão, que encerra o ano sem ter tido qualquer atraso nos salários, tendo inclusive na maioria dos meses adiantado o dinheiro nas contas dos funcionários públicos.

A gestão do prefeito Edivaldo está na contramão de outras cidades e estados que não conseguiram honrar os seus compromissos salariais, sobretudo por causa da queda progressiva dos repasses federais, resultado da crise em que vive o país. É o caso das Prefeituras de Natal, Aracaju e Maceió (sem previsão de pagamento até o momento) e a do Rio de Janeiro (ainda vai pagar a primeira parcela do benefício).

Com a administração responsável e planejada, o pedetista se destaca entre os gestores que conseguiram manter as contas em dia. Mesmo isso sendo uma obrigação das gestões públicas, diante do cenário em que vive o país, o feito merece ser evidenciado, ainda mais neste período de fim de ano, em que se espera uma economia aquecida e seguindo em curva ascendente.

Prefeitura de São Luís reforça serviços preventivos para o período chuvoso na capital

No conjunto de ações está o monitoramento de áreas consideradas de risco, a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias, capina, roçagem e poda de árvores

Período chuvoso se aproximando e a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior executa uma série de ações preventivas de monitoramento, limpeza e desobstrução do sistema pluvial da capital com fins a minimizar os riscos à população da capital. Assim, a Prefeitura de São Luís tem intensificado as atividades rotineiras do cronograma de serviços, priorizando áreas de maior risco de acúmulo de água. No conjunto de ações está o monitoramento de áreas consideradas de risco, a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias, capina, roçagem e poda de árvores. A manutenção do sistema de trânsito também integra as atividades.

Para as áreas de risco, a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), por meio da Defesa Civil Municipal elaborou plano de contingência para atender demandas nos locais de ocorrências. O planejamento envolve secretarias municipais e tem apoio de parceiros como a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Exército. Paralelo ao trabalho técnico, a instituição desenvolve atividades educativas junto aos moradores, orientando sobre perigos e como agir em caso de possíveis deslizamentos ou desabamentos.

“Seguido orientação do prefeito Edivaldo para garantir a segurança, desenvolver ações sociais e de prevenção aos que residem nessas áreas elaboramos um plano de contingência para ações nas quais sejam necessários fazer atendimento nos locais e também deslocamento de pessoas”, frisou o secretário da Semusc, Heryco Coqueiro.

A superintendente da Defesa Civil Municipal, Elitânia Barros, explica que o trabalho faz parte do planejamento continuado do órgão que é ligado à Semusc, vem sendo intensificado por conta das chuvas fortes que caíram na capital no fim de novembro. “Tivemos uma chuva atípica que trouxe problemas em áreas já consideradas de risco, mas a equipe mantém o monitoramento e vistorias nestes locais para evitar maiores prejuízos aos moradores e seus imóveis”, reforça Elitânia Barros.

Paralelo às ações de monitoramento, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), trabalha na desobstrução e limpeza de bueiros e galerias, com serviço mecanizado e apoio de caminhões hidrojato. Na ação é realizada a retirada de sedimentos – barro, arenosos e matagal. Por ocasião das chuvas, pode ocorrer arrastão de material arenoso para galerias e bueiros, causando obstrução. Os serviços prepararam as áreas em caso de grande volume de chuvas.

“Devido às chuvas em nossa cidade nos últimos dias, bem como a indicação da continuidade para os próximos dias, estamos intensificando os serviços de limpeza e desobstrução de bueiros e galerias pela cidade. Esse trabalho preventivo, que a gestão do prefeito Edivaldo realiza de forma permanente na manutenção do sistema de drenagem urbana da cidade, é de suma importância para garantir a funcionalidade do uso do solo urbano no período chuvoso”, reforça o titular da Semosp, Antônio Araújo.

Com o período das chuvas, Prefeitura reforça monitoramento em áreas de risco na capital

A ação está sendo feita com base no mapeamento destas áreas com fins a prevenir e solucionar problemas que possam afetar moradores

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), via Defesa Civil Municipal, está reforçando as ações executadas periodicamente pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, no que concerne ao trabalho de prevenção ao período chuvoso na capital. Desde o início desta semana equipes da Defesa Civil Municipal realizam vistoria técnica em moradias de áreas consideradas de risco em regiões da cidade, entre elas, a do Itaqui-Bacanga. Entre os bairros visitados estão Sá Viana e Vila Embratel. A ação está sendo feita com base no mapeamento destas áreas com fins a prevenir e solucionar problemas que possam afetar moradores.

O trabalho faz parte do planejamento continuado da Defesa Civil Municipal e foi intensificado devido as fortes chuvas iniciadas na última semana quando em algumas regiões o volume de chuva chegou a 223mm, em menos de 12 horas, ocasionando pontos de acúmulo de água. Bairros como Altos do Calhau, Primavera, Coroadinho, Piancó, Tomázinho e Fumacê são áreas que recebem atenção das equipes de monitoramento. O alerta é para mais chuvas nos próximos dias.

O secretário municipal da Semusc, Heryco Coqueiro, destaca que a ação é feita de forma constante, seguindo orientação do prefeito Edivaldo. “O objetivo da Prefeitura é garantir a segurança, desenvolver ações sociais e de prevenção aos que residem nessas áreas. Assim, seguido orientação do prefeito Edivaldo, elaboramos um plano de contingência para ações nas quais sejam necessários fazer atendimento nos locais e também deslocamento de pessoas”, frisou o secretário.

“Orientamos a população e mostramos que as equipes estão atentas. Em caso de ocorrências, os moradores podem nos acionar. Permaneceremos, por orientação do prefeito Edivaldo, em campo nas áreas mapeadas, com especial atenção às que requerem ações urgentes e vamos manter essa logística enquanto as previsões do tempo apontarem para riscos de fortes chuvas”, reforça a superintendente da Defesa Civil Municipal, Elitânia Barros.

A ação está sendo feita com base no mapeamento destas áreas com fins a prevenir e solucionar problemas que possam afetar moradores

Durante a ação, os fiscais aplicam questionário aos moradores para obterem informações como sobre o número de pessoas ocupantes da residência, situação dos imóveis e ocorrências que por ventura tenham causado qualquer dano.

Segundo Elitânia Barros, os principais problemas identificados durante as vistorias são imóveis em áreas de encostas e propensas à deslizamentos e alagamentos; por trás de barreiras e em terrenos bastante acidentados. Além de problemas estruturais (rachaduras, fissuras e outros que atingem a estrutura física dos imóveis) e questões sociais como as moradias em palafitas. Os dados coletados orientam órgãos de referência para as medidas necessárias.

O planejamento envolve secretarias municipais e apoio de parceiros como a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Exército. O relatório com dados atualizados do mapeamento geológico das áreas e das situações de risco está em fase de levantamento para posterior divulgação. O trabalho foi elaborado em conjunto com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), órgão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Somado ao trabalho técnico com as vistorias e monitoramento das áreas, a Defesa Civil Municipal promove ações educativas junto aos moradores, durante o processo de levantamento das informações. As equipes orientam as famílias sobre os perigos e como agir em caso de possíveis deslizamentos ou desabamentos.

Centro de São Luís volta a ser reocupado após anos de esquecimento

Natal de Todos 2018 atrai milhares de pessoas ao Centro Histórico de São Luís

Centenas de pessoas lotaram a região em frente ao Palácio dos Leões no último sábado (1º) para acompanhar a abertura da programação de Natal 2018. Mas a bela decoração natalina e as estonteantes projeções em vídeo mapping não são os únicos fatores por trás da crescente reocupação do Centro de São Luís. Antes relegada ao esquecimento, a região central da cidade vem sendo repaginada graças a uma série de obras de revitalização de espaços públicos, que tem mudado o visual da capital maranhense.

Uma dessas intervenções foi a requalificação da Praça Dom Pedro II. Executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, a obra foi entregue no mês do aniversário de São Luís e desde então não para de atrair ludovicenses e turistas.

O que também tem ajudado a resgatar o interesse das pessoas pelo Centro Histórico são as atividades culturais, como o passeio Serenata Histórica, o Festival BR-135 e a Feirinha São Luís, que desde junho de 2017 anima os domingos na Praça Benedito Leite, com direito a comercialização de artesanato, produtos agroecológicos e de uma grande variedade da gastronomia local.

Complexo Deodoro e Rua Grande

O Centro da cidade começa aos poucos a ser resgatado, depois de um longo período de abandono pelo poder público

Outra obra que promete aumentar ainda mais o fluxo de pessoas no Centro de São Luís é a do Complexo Deodoro, que vai ser entregue pela Prefeitura no próximo dia 18 de dezembro. O complexo engloba as praças do Pantheon e Deodoro e as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia.

Mas as novidades não param por aí. No segundo semestre de 2019 a Prefeitura promete inaugurar umas das intervenções urbanísticas mais significativas: a requalificação da Rua Grande. Há tempos a população reclama dos problemas estruturais de uma das ruas mais tradicionais de São Luís.

O Centro da cidade começa aos poucos a ser resgatado, depois de um longo período de abandono pelo poder público. É certo que ainda há muito por fazer, mas já é possível perceber que a região vem ganhando gradativamente o brilho de tempos gloriosos.

Após ampla reforma Complexo Deodoro tem data prevista de inauguração para dia 18 de dezembro

Os serviços de ações urbanísticas integram as obras de revitalização do Centro, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís

As praças Deodoro e Pantheon e as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia, que compõem o Complexo Deodoro, têm previsão de inauguração para o dia 18 de dezembro. O anúncio da data foi feito neste sábado (1º), pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa que, ao lado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vistoriou as obras do complexo e também da Rua Grande. Os serviços de ações urbanísticas integram as obras de revitalização do Centro, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís. Na Praça do Pantheon, uma das novidades é a volta dos bustos dos intelectuais maranhenses.

As obras serão um presente de Natal para a população da capital que recebe um vasto cronograma de atividades alusivas ao período natalino, marcando a entrega do Complexo Deodoro. Todo o trecho será decorado com elementos alusivos à data, assim como vem sendo feito em outros pontos da cidade. “Estamos satisfeitos em mais uma vez participar deste momento significativo para São Luís e poder realizar, em parceria com o Iphan, obras estruturantes em uma área de referência para a cidade. O período natalino será marcado pela entrega desta importante obra, presenteando a cidade e sua população”, destacou o prefeito Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro, do superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary e membros da gestão municipal. O presidente da Caema, Carlos Rogério Santos Araújo também acompanhou a vistoria.

Os serviços de ações urbanísticas integram as obras de revitalização do Centro, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís

O prefeito informou que a Guarda Municipal e a Blitz Urbana já estão fazendo a fiscalização do local e a intenção é manter um ponto fixo para a fiscalização da área. “Agora mais importante do quer a fiscalização da Prefeitura é a conscientização que todo cidadão deve ter,o sentimento de pertencimento deste espaço que é da população”, disse Edivaldo acrescentando ainda que a obra deve impulsionar o turismo e o comércio da região.

A entrega do Complexo Deodoro será um momento de grande festa para São Luís, pontuou a presidente do Iphan, Kátia Bogéa. “Esperamos que a população receba essa grande obra de braços abertos e com o poder público, se comprometa a preservá-la, pois é o principal guardião deste patrimônio. É uma obra esperada há mais de 30 anos e que agora se consolida. Este é um espaço cheio de simbolismo por estar no coração da cidade, do centro comercial que tem uma vida circulante que movimenta a economia e favorece a cultura e o turismo. Está é uma cidade que é Patrimônio Mundial, o que qualifica ainda mais este complexo. Estamos em parceria com a Prefeitura realizando várias obras na capital e outras virão, transformando o Centro Histórico da cidade”, enfatizou.

Os serviços de ações urbanísticas integram as obras de revitalização do Centro, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís

A Praça do Pantheon já foi aberta ao passeio público com a retirada dos tapumes. Seguem os serviços finais de acabamento. O espaço recebe os retoques do projeto paisagístico, com colocação de grama do tipo esmeralda e plantação de arbustos nativos da região. A praça recebeu ainda novo mobiliário urbano, com bancos de pedras de lioz e lixeiras.

Na Deodoro, foram concluídos os serviços de acabamento nas salas do Centro Administrativo, onde já estão instalados os agentes de fiscalização municipal. O centro vai contar ainda um mirante que servirá como área de vivência e contemplação pública. O projeto contempla ainda banheiros públicos, implantação de sistema de sinalização, nova pavimentação de concreto lapidado e itens de acessibilidade.

O prefeito Edivaldo e comitiva também vistoriaram as obras na Rua Grande, maior centro comercial da cidade que está se transformando com a macro ação revitalizadora. Na área, os serviços seguem conforme o cronograma, estando pronta 60% da requalificação proposta para a principal via de comércio da capital. Os serviços compreendem 10 quadras indo do complexo Deodoro à Praça João Lisboa. Pelo cronograma de execução das obras, no primeiro semestre de 2019 estará concluído todo o trabalho.

“O novo reordenamento urbano promovido no Complexo Deodoro está prestes a ser entregue à população e nada mais simbólico que a data natalina, onde todos se reúnem com aquele espírito de renovação e esperança. O complexo é um conjunto urbanístico de incontável importância econômica, arquitetônica, histórica e claro, cultural para São Luís”, pontuou o superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary.

O retorno dos bustos seculares ao local, foi outra novidade do plano de obras do complexo. Os 18 bustos de renomados intelectuais maranhense retornaram à Praça do Pantheon. As peças foram devidamente higienizadas, restauradas e em boas condições para que sejam contemplados, agora em uma área com infraestrutura e iluminação adequadas. Os bustos são de bronze e resistentes a intempéries como sol, chuva e ventos.

Prefeito Edivaldo insere novos ônibus e eleva para 76% frota urbana renovada e para 32%a climatizada

Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante

Com cem por cento da nova frota de ônibus adaptada para garantir acessibilidade de pessoas com deficiência e tendo o maior número de veículos com ar-condicionado, em uma comparação proporcional com outras capitais do Norte e Nordeste, São Luís ganhou um novo impulso no setor do transporte urbano com a inserção de mais 10 ônibus com ar-condicionado. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior acompanhou a inclusão dos novos veículos na manhã dessa quinta-feira (29), na Praça Maria Aragão. Os ônibus vão atender às linhas dos bairros Santa Rosa, Turu e Calhau. Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante. Deste total, 272 veículos são climatizados, o que significa que mais de 32% dos novos veículos inseridos no sistema são refrigerados. Somente neste segundo semestre do ano foram incluídos 42 veículos novos no sistema.

O prefeito Edivaldo destacou os avanços conquistados no setor do transporte na capital e apontou a modernização e a renovação da frota de ônibus como um compromisso de gestão firmado com a população e que vem sendo executado com planejamento e seriedade, visando à melhoria do sistema e ao bem-estar dos usuários.

“Gosto sempre de lembrar como encontramos o setor antes para analisarmos os avanços conquistados por nossa gestão na área. A licitação do transporte foi um marco fundamental para que promovêssemos todas as intervenções que executamos no transporte urbano da nossa cidade. Ao longo de quase seis anos de gestão, afirmamos, com total segurança, que o setor vive uma nova realidade, com ônibus novos circulando com ar-condicionado e outras relevantes ferramentas de controle operacional que fazem do nosso sistema de transporte um dos melhores e mais modernos do Norte e Nordeste”, disse o gestor. “Assim, honramos o compromisso assumido com a população no sentido de proporcionarmos aos cidadãos um sistema público de transporte de melhor qualidade”, completou o prefeito Edivaldo, que no ato esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda; do vice-prefeito Julio Pinheiro, do secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, entre outras autoridades.

Melhorias

Com a chegada dos novos ônibus, a capital maranhense tem, hoje, uma renovação de 76% da frota circulante

Segundo Canindé Barros, São Luís tem, hoje, uma frota com 635 novos ônibus incorporados ao sistema. O secretário pontuou ainda que a melhoria no setor também conseguiu reduzir de 10 anos para 4,5 anos a idade média dos ônibus que trafegam atualmente na cidade. Antes da implementação do projeto de melhoria e modernização do transporte urbano, o sistema chegou a ter veículos com até 20 anos circulando pela cidade.

“Por determinação do prefeito, seguimos com nosso projeto de reestruturação do sistema de transporte urbano, o mais amplo já executado na capital. Os 10 ônibus inseridos hoje ao sistema são os últimos de um lote de 30 veículos da Viação Primor, que vão garantir mais qualidade a população que utiliza as rotas atendidas por esses veículos. Os avanços são significativos, não apenas com a substituição dos veículos mais antigos e disponibilizando à população ônibus mais modernos, climatizados e seguros, como também a implementação de diversas outras ações e intervenções para proporcionarmos ao usuário um transporte com muito mais qualidade e segurança em seus trajetos”, afirmou Canindé Barros.

A renovação da frota de ônibus da capital é parte do programa de reestruturação do Sistema de Transporte Público de São Luís, que contempla ainda Central de Controle Operacional do Trânsito (CCO), que possibilita o acompanhamento direto e em tempo real de todo o sistema de trânsito e transporte da cidade, além de outras medidas como a adoção do sistema de fiscalização por biometria facial, evitando assim as fraudes que prejudicavam o sistema; a bilhetagem eletrônica com recarga embarcada; o bilhete único; o cartão criança e instalação de GPS em 100% da frota.

Todas essas ações juntas confluem para proporcionar maior qualidade de vida à população e, também, aos trabalhadores do sistema de transporte. Motorista de ônibus há mais de 20 anos, José Ribamar Carvalho relata que as melhorias foram cruciais para garantir um ambiente melhor de trabalho para a categoria. “O sistema melhorou em todos os aspectos. Eu, que vivo nesse ofício há mais de duas décadas, senti bem a transformação do setor”, disse ele.

Governo e Prefeitura de São Luís abrem programação do Natal de Todos neste sábado (1º)

Para a cerimônia de abertura, em frente ao Palácio dos Leões, está previsto fogos de artifício, chegada do Papai Noel, show com o saxofonista Caio Mesquita, entre outras atrações

A abertura da programação natalina em São Luís, neste sábado (1º), vai iluminar um dos pontos mais bonitos do Centro Histórico da cidade com atrações que prometem encantar ludovicenses e turistas de todas as idades. O Natal de Todos é uma realização do Governo do Maranhão e da Prefeitura de São Luís com o apoio cultural da Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

Para a cerimônia de abertura, em frente ao Palácio dos Leões, está previsto fogos de artifício, chegada do Papai Noel, show com o saxofonista Caio Mesquita, apresentação da Banda do Bom Menino, chuva de neve com Trio de Cordas, Coral Adventista e projeção de vídeo mapping com imagens das belezas e cultura do Maranhão cobrindo a fachada do Palácio dos Leões. A programação com diversas atrações segue até o dia 23 de dezembro.

O Natal de Todos este ano vem com uma nova proposta. A Praça Pedro II será transformada em uma Vila Encantada, ambientada com diversos cenários que simbolizam o período natalino. As crianças poderão se divertir nas praças Soldadinho de Chumbo, Ursinhos Polares e Boneco de Neve, admirar a Casa do Papai Noel, a chuva de neve e as luzes da bola encantada. A praça e toda a área do Centro Histórico já estão recebendo decoração especial tornando o local ainda mais bonito para a festa preparada pelo Governo e Prefeitura. Os elementos de Natal vão decorar fachadas dos principais monumentos da cidade, entre estes, praças, igrejas, prédios históricos e outros espaços públicos.

Espaços ganharam decoração e iluminação especiais

Para a cerimônia de abertura, em frente ao Palácio dos Leões, está previsto fogos de artifício, chegada do Papai Noel, show com o saxofonista Caio Mesquita, entre outras atrações

Decoração e uma iluminação especial aumentam o clima e a magia do Natal. Toda área do Centro Histórico, bem como outros espaços da capital, receberam decoração especial tornando o local ainda mais bonito para a festa preparada pelo Governo e Prefeitura. Os elementos de Natal decoram fachadas dos principais monumentos da cidade, entre estes, praças, igrejas, prédios históricos e outros espaços públicos.

Árvores decoradas embelezam ainda mais o cenário de pontos turísticos de grande visitação na capital, dentre outros arranjos natalinos. A maior delas, de 12 metros, vai emoldurar a área externa da Catedral Metropolitana, a Igreja da Sé. A árvore será coberta de micro lâmpadas douradas e enfeites característicos como bolas, cordas e peças luminosas, dentre outros. O Palácio dos Leões ganhará uma árvore do tipo pinheiro, de sete metros de altura.

No Espigão Costeiro, a magia do Natal será completa com outra árvore de sete metros de altura, montada em fibra de vidro. Este mesmo modelo embelezará as praças Deodoro e Pantheon. Na Praça Benedito Leite será instalada uma árvore em 3D, com efeitos luminosos em 360 graus e estrutura toda em camadas que serão preenchidas com micro lâmpadas douradas.

Atrações culturais

As atrações culturais estarão por toda parte. Em frente ao Palácio dos Leões, Tribunal de Justiça, Igreja da Sé, prédio da Sectur, Praça Benedito Leite, sempre aos fins de semana, com espetáculos teatrais, auto de natal, corais, shows musicais, personagens natalinos. No dia 8 de dezembro, por exemplo, está prevista apresentação de pocket show da cantora Luiza Possi, em frente ao Tribunal de Justiça.

Uma das atrações de maior sucesso no ano passado, que recebeu mais de 25 mil pessoas, estará de volta: a projeção de video mapping na fachada do Palácio dos Leões terá sessões diárias até o dia 6 de janeiro. O espetáculo de sons, cores e luzes promete ser uma das grandes atrações da Vila Encantada.

Já a Praça Benedito Leite, sempre aos sábados e domingos, funcionará como Praça de Alimentação, com barracas e vendas de pratos típicos e uma grande variedade gastronômica. O espaço é o mesmo onde ocorre aos domingos a Feirinha de São Luís.

Edivaldo firma acordo com 90 agricultores para nova etapa do Programa de Aquisição de Alimentos

Implantado em 2015, o PAA em São Luís já distribuiu cerca de 600 toneladas de alimentos, alcançando cerca de 74 mil pessoas

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior inicia uma nova fase do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com a celebração, nesta segunda-feira (26), de Termo de Compromisso firmado com 90 agricultores familiares de São Luís cadastrados e habilitados para o fornecimento de hortifrutis para Prefeitura. A assinatura do documento possibilita a aquisição de produtos agrícolas que serão distribuídos a pessoas em situação vulnerabilidade social e insegurança alimentar. Implantado em 2015, o PAA em São Luís já distribuiu cerca de 600 toneladas de alimentos, alcançando cerca de 74 mil pessoas. O ato contou com a presença dos agricultores contemplados pelo programa.

Na cerimônia de assinatura do termo, ocorrido no auditório Reis Perdigão, do Palácio La Ravardiere, sede da Prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo destacou a importância do incentivo à agricultura familiar e anunciou que, nesta etapa do programa, além das famílias em situação de insegurança alimentar cadastradas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), também serão beneficiados pacientes atendidos no Hospital da Criança e no Hospital da Mulher. O início das entregas desta fase está previsto para dezembro.

“Damos início a mais uma etapa desse programa tão importante para o fortalecimento da nossa zona rural, para a geração de emprego e renda no campo e melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas que se beneficiam diretamente dessa ação. O PAA é também uma grande ferramenta de inclusão socioprodutiva e de combate à insegurança alimentar no município. E a manutenção do programa em nossa cidade muito nos alegra porque sabemos o quão importante é o setor agrícola para o desenvolvimento social e econômico local”, afirmou o prefeito Edivaldo, lembrando ainda que o bom desenvolvimento do PAA em São Luís lhe rendeu o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na etapa estadual, no ano de 2017.

A secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fatima Ribeiro, avalia o início de uma nova fase do PAA em São Luís como a consolidação de uma ação que tem promovido o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas locais. “O prefeito Edivaldo tem empreendido grandes esforços para promover na cidade políticas de desenvolvimento social, econômico e humano. E o PAA tem esse viés, pois é um programa que vem mudando a vida de centenas de produtores rurais contemplados e das famílias que recebem esses alimentos adquiridos pela Prefeitura”, observou a secretária, acrescentando ainda que a continuidade do programa reforça o avanço da política de segurança alimentar no município por incentivar a produção agrícola e garantir alimento de qualidade a quem mais precisa.

O presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de São Luís, Sigisnando Rodrigues, participou do ato de assinatura do termo, ocasião na qual destacou a relevância da ação para a agricultura familiar local. “O pequeno agricultor em São Luís tem sido valorizado grandemente por essa ação que impacta positivamente na vida das pessoas e na economia da cidade. Sem dúvida, o PAA tem melhorado o setor agrícola local tanto no aumento da produção de alimentos como na qualidade de vida das pessoas agraciadas pelo projeto. A produção de alimentos é uma política que tem de ser levada a sério e isso nós temos visto acontecer em São Luís”, disse o sindicalista.

Produção

Implantado em 2015, o PAA em São Luís já distribuiu cerca de 600 toneladas de alimentos, alcançando cerca de 74 mil pessoas

No PAA são adquiridos hortifrutis cultivados em 24 polos agrícolas da Ilha localizados no Cinturão Verde, Matinha e Tajipuru, incluindo diretamente mais de 20 grupos produtores. Entre os produtos fornecidos estão abacaxi, abóbora, abobrinha, acerola, alface, banana (nanica e prata), batata doce, berinjela, caju, cebolinha, coco (d’água e seco), coentro, couve, farinha (de mandioca e d´água), feijão verde sem casca, limão, mamão (papaia e comum), maracujá, maxixe, mel de abelha, melancia, melão, milho, pepino, polpa (acerola, cajá, caju, goiaba e manga), quiabo, mandioca e vinagreira.

O agricultor familiar Luís Augusto Bastos, 49 anos, da comunidade Terra Sem Rumo, na região da Estiva, foi um dos agricultores a assinar o termo de compromisso no ato desta segunda-feira. “O PAA tem sido maravilhoso para todos nós que vivemos da agricultura de subsistência, pois tudo o que plantamos tem venda certa. Além da renda que adquirimos com a comercialização dos produtos, contribuímos para colocar alimento na nossa mesa e na de centenas de pessoas que necessitam”, relatou Luís, que cultiva hortaliças e frutas na sua pequena propriedade.

Segurança Alimentar

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em São Luís é executado na modalidade Doação Simultânea, ou seja, recebido diretamente do produtor e distribuído ao beneficiário. Para esta nova fase, a equipe da Semsa realizou vários encontros com os produtores a fim de esclarecer sobre o programa. Foram avaliadas a capacidade produtiva e a estrutura da central e entrepostos de recebimento dos itens.

Os alimentos são distribuídos pela Semsa, em parceria com a Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas), nos Centro de Referência de Assistência Social (Cras) aos beneficiários inscritos em instituições sociosassistenciais – que trabalham com populações em risco de segurança alimentar e nutricional. O PAA é uma ação do Governo Federal, com contrapartida do Governo do Estado e executado pela Prefeitura de São Luís, para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar.

Prefeitura instala placas de sinalização turística em várias regiões de São Luís

As novas placas de sinalização foram instaladas no bairro Renascença II; avenidas Carlos Cunha (Jaracati), dos Portugueses (Bacanga), São Luís Rei de França (Turu), Daniel de La Touche (Cohama) e Beira-Mar

Para facilitar a orientação a turistas e população da cidade, a Prefeitura de São Luís instalou nova sinalização em áreas estratégicas para o turismo da cidade. Um total de 26 pontos de visitação receberam placas que identificam e sinalizam os locais, possibilitando a quem visita ter acesso mais facilitado. A iniciativa complementa as ações do programa de reforço às atividades do setor realizadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, valorizando o que a capital tem de melhor e preparando um ambiente adequado a visitantes e também moradores.

A secretária municipal de Turismo (Setur), Socorro Araújo, enfatiza que a cidade tem um largo potencial turístico e precisa deste tipo de direcionamento para dar maior visibilidade aos pontos de visitação e assim agradar quem visita. “Nós temos lugares belíssimos e é importante mostrar a todos o nosso potencial. Essas placas instaladas na cidade vão tornar mais acessíveis os locais de visitação fazendo com que os turistas possam encontrar, com maior facilidade, os principais espaços de turismo de São Luís. O prefeito Edivaldo vem reforçando a política neste setor e a cada passo, avançamos para que nossa cidade tenha cada vez mais atrativos e seja valorizada”, pontua a gestora.

Em 2018, São Luís apresentou um aumento de 106% nas buscas de passagem a partir dos aeroportos de todo o Brasil. Foi o maior crescimento entre os destinos nacionais. É o que aponta levantamento do site Viajala junto aos brasileiros sobre os destinos tendências para o ano de 2019 e que foi destaque no site do jornal O Globo na última semana. Os dados refletem a política de valorização assegurada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que tem realizado diversas ações voltadas para o setor. Foram avaliadas 47 milhões de buscas feitas em setembro, além do comportamento do viajante brasileiro.

As placas de sinalização apresentam indicações dos principais atrativos turísticos localizados em diversas ruas do Centro e foram elaboradas de acordo com o Guia de Orientações Técnicas para Sinalização do Patrimônio Mundial do Brasil. “Com essa medida, a Prefeitura garante mais acesso e também conforto e segurança a todos que visitam a cidade”, reforça Socorro Araújo. O conjunto de placas foi elaborado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento do Turismo (PAC do Turismo), do Governo Federal e executado pela Prefeitura de São Luís.

Nova Sinalização

As novas placas de sinalização foram instaladas no bairro Renascença II; avenidas Carlos Cunha (Jaracati), dos Portugueses (Bacanga), São Luís Rei de França (Turu), Daniel de La Touche (Cohama) e Beira-Mar. Antes dessas instalações, a Prefeitura já havia colocado placas de sinalização turística no Centro Histórico da cidade. “A medida fortalece o compromisso do prefeito Edivaldo no incentivo e valorização do turismo na capital maranhense”, conclui a titular da Setur, Socorro Araújo.