São João de Todos 2018 será aberto oficialmente nesta sexta-feira (15)

São 17 dias de apresentações, com os mais de 500 grupos e artistas maranhenses, sete participações especiais e uma programação com mais de mil apresentações. Foto: Handson Chagas/Secap

Bandeirinhas, barracas de comidas típicas, atrações culturais, artesanato e muitas brincadeiras. Tudo pronto para a abertura da temporada oficial do São João de Todos nesta sexta-feira (15), numa realização do Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís. A programação completa está no site da Sectur: www.sectur.ma.gov.br

“São dezenas de arraiais no Maranhão , mais de 500 atrações de grupos culturais do nosso estado, mostrando a pluralidade, a diversidade, a força e a criatividade e inovação da cultura do Maranhão”, diz o governador Flávio Dino, que vistoriou nesta quinta-feira (14) o Arraial do Ipem, no Calhau, um dos locais da festa em São Luís.

“Todos os anos eu faço esse acompanhamento porque para nós é um momento de alegria, mas também de muito trabalho . Trabalho para nossa equipe, trabalho para todos aqueles que fazem a grandiosidade das festas juninas do Maranhão. E também muito trabalho em razão dos milhares de postos de que são gerados em razão dessa importante manifestação cultural”, acrescenta Flávio.

São 17 dias de apresentações, com os mais de 500 grupos e artistas maranhenses, sete participações especiais e uma programação com mais de mil apresentações animando os arraiais com muito bumba meu boi, danças regionais, tambor de crioula, forró e shows musicais.

“Vamos mostrar a força da cultura maranhense, com toda a sua diversidade, ritmos, cores e sabores. Montamos uma estrutura em São Luís e em Imperatriz para festejar com alegria o São João de Todos e também promover essa tradição cultural que gera fluxo de turista e movimenta a economia”, ressalta Diego Galdino, secretário de Estado da Cultura e Turismo.

Os festejos acontecem nos arraiais oficiais do Ipem, Praça Maria Aragão (Centro), Parque Folclórico da Vila Palmeira e Praça Nauro Machado (Centro Histórico).
A partir do dia 22, a festança também estará presente no Ceprama e bairros de Fátima, João Paulo, Vila Embratel, Anjo da Guarda, Cohatrac, Largo de Santo Antônio, João de Deus, Liberdade, Anil e Cidade Operária.

E no final da temporada, há ainda as tradicionais festas de São Marçal (30), no bairro do João Paulo, o Festival de Zabumbas, o Encontro de Miolos de Boi e os encontros de grupos de bumba meu boi da Capela de São Pedro (29), na Madre Deus.
Os espaços vão oferecer ao público uma vasta programação com uma média de seis atrações por noite, entre shows e apresentações de brincadeiras da cultura popular, além de comércio de pratos típicos da gastronomia maranhense e peças do artesanato.

“Nossa meta é requalificar toda a rede municipal de ensino”, diz Edivaldo durante entrega de escola

Beneficiando crianças da rede municipal de Ensino, o prefeito Edivaldo tem executado um cronograma amplo de reforma e ampliação da rede escolar

O prefeito Edivaldo entregou neste sábado (8) mais uma escola municipal reformada, modernizada e climatizada. A Unidade de Ensino Básico Bernardina Spíndola é mais umas das 120 escolas reformadas e das 50 climatizadas pela Prefeitura de São Luís. Localizada na Rua Celso Magalhães, no Centro, a escola integra o programa ‘Educar Mais’, lançado em junho de 2017 pelo prefeito Edivaldo. O objetivo do programa é qualificar o ensino na rede municipal.

Por meio do programa, a Prefeitura tem executado um cronograma amplo de reforma e ampliação da rede escolar. “A nossa meta é requalificar todas as unidades de ensino da rede até o final do nosso mandato” disse o prefeito durante a entrega da escola completamente reformada e climatizada. “Não tem sido fácil. Há cinco anos e meio administramos em um cenário de crise e queda de receita. Mas, mesmo diante de todas as dificuldades, estamos reestruturando a educação municipal, garantido deste modo que nossas crianças e jovens tenham a oportunidade de um futuro melhor. Já avançamos muito e vamos avançar mais”, completou o prefeito Edivaldo.

O preito destacou ainda a convocação de novos professores como parte das ações da Prefeitura no sentido de garantir mais qualidade na educação municipal. Nesta sexta-feira foram convocados mais 166 candidatos aprovados no último concurso.

Entre os serviços realizados na estrutura interna da unidade de ensino estão a substituição do madeiramento estrutural do telhado, dos forros de pvc, de todo o cabeamento da rede elétrica (luminárias, lâmpadas e ventiladores), além da troca do antigo piso por novo piso industrial, das lousas deterioradas por novos quadros laminados, de toda a rede hidrossanitária (vasos e assentos sanitários, cubas e torneiras) e de portas.

A escola foi também climatizada. “As salas com ar fazem toda a diferença no aprendizado das crianças. Considero a obra realizada mais que modernização, demonstra o compromisso e respeito da gestão com o ensino de qualidade”, disse a diretora da escola, Silvia Ferreira Fontinhas. Segundo avalia a diretora, a melhoria da estrutura da escola vai refletir diretamente no desenvolvimento e qualidade das atividades pedagógicas.

Além do conjunto de melhorias da estrutura física, a UEB Bernardina Spíndola recebeu novos materiais, mobiliário e equipamentos de informática, como computadores e impressoras. O superintendente da Semed, Carlos Alberto Costa Viégas, representando o secretário Moacir Feitosa, destacou as intervenções realizadas pela prefeitura. “O prefeito Edivaldo tem trabalhado para dar melhor a estrutura física da rede municipal e, com isso, tenhamos mais funcionalidade e capacidade de desenvolvimento integral da educação”, pontuou Carlos Viégas.

A Prefeitura requalificou, ainda, a praça localizada no entorno da escola. O espaço recebeu equipamentos para desenvolvimentos de atividades esportivas, academia livre de ginástica e de convivência social. Foram executados também no local, serviços de melhorias no sistema de drenagem e a iluminação.

Prefeito Edivaldo anuncia concurso público para Secretaria Municipal de Fazenda

São 10 vagas para Auditor Fiscal de Tributos mais cadastro reserva; inscrições podem ser feitas de 7 a 28 de julho e salário inicial é de R$ 10.181,24

O prefeito Edivaldo anunciou, nesta quarta-feira (30), concurso público para o provimento de 10 vagas mais cadastro de reserva para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos na Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz). O edital está disponível no site do Diário Oficial do Município (www.saoluis.ma.gov.br) e no endereço eletrônico da empresa executora do certame, Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). Trata-se do segundo concurso público promovido pela Prefeitura de São Luís este ano. O primeiro foi para a área da Assistência Social. Entre os concursos já realizados na gestão do prefeito Edivaldo estão ainda para a área da Educação, Procuradoria-Geral e Controladoria-Geral do Município.  

“Estamos, com os concursos, abrindo novas vagas no mercado de trabalho e também reforçando o quadro de funcionários do municipalismo. Nossa gestão tem sido pautada pela valorização dos servidores, o que influencia diretamente na qualidade do atendimento que prestamos à sociedade. O concurso para os novos auditores chega em momento oportuno e comprova que os esforços que nossa gestão tem feito, mesmo com a crise nacional, têm surtido efeito quando se fala em equilíbrio das contas públicas”, destacou o prefeito Edivaldo.

Para o Secretário Municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, o concurso de Auditores Fiscais de Tributo é mais um avanço e fortalece o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo com a população ludovicense. “O último concurso para Auditor Fiscal foi realizado há quase 30 anos. Ao longo do tempo, as demandas de fiscalização aumentaram e a contratação se tornou necessária. Com o concurso, o fisco será beneficiado com o fortalecimento das ações de fiscalização, celeridade nos processos pertinentes à Semfaz e resultará no aumento da arrecadação municipal que será revertida em melhorias em toda a cidade. O município de São Luís e a população só têm a ganhar”, afirma o gestor.

A Secretaria Municipal de Administração (Semad) conduzirá o certame. Segundo a titular da pasta, Mittyz Rodrigues, após o concurso para a Assistência Social realizado este ano, a abertura de vagas para provimento efetivo na Secretaria Municipal de Fazenda reafirma o cumprimento do cronograma de concursos públicos da gestão do prefeito Edivaldo. “A expectativa em torno do preenchimento de novas vagas de Auditor Fiscal de Tributos reflete a importância desse cargo para os serviços prestados pela Secretaria de Fazenda aos cidadãos, consolidando a política de valorização do servidor. São avanços para um serviço público de qualidade e a melhoria na arrecadação municipal”, disse a secretária.

VAGAS E INSCRIÇÕES

O concurso público será executado pela Fundação Carlos Chagas. O edital contempla 10 vagas para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos I, sendo oito vagas para a área de Abrangência Geral e duas para a de Tecnologia da Informação. A remuneração total inicial do cargo é de R$ 10.181,24.

As inscrições serão realizadas via internet no site www.concursosfcc.com.br, das 10h do dia 7 de junho de 2018 às 14h do dia 28 de junho de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 200,00. Os pedidos de isenção devem ser feitos também por meio do site no período de 7 de junho de 2018 a 13 de junho de 2018.

As provas serão aplicadas em São Luís no dia 29 de julho de 2018 nos períodos da manhã e tarde, sendo o processo avaliativo constituído de provas objetiva e discursiva (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter habilitatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório). O Edital de Abertura nº. 001/2018 está publicado no Diário Oficial do Município nº 100 desta quarta-feira (30).

Prefeitura de São Luís abre processo seletivo simplificado para o programa Mais Alfabetização

Estão disponíveis 62 vagas para a função de Assistente de Alfabetização Voluntário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), abre processo seletivo simplificado para o programa federal Mais Alfabetização (PMALFA). Estão disponíveis 62 vagas, que serão preenchidas por meio de prova de título para a função de Assistente de Alfabetização Voluntário, prevista no programa.

A atuação será para o período de seis meses, no exercício de 2018 e de oito meses, nos exercícios subsequentes, conforme interesse da administração. As inscrições, abertas nesta quinta-feira (17), serão realizadas exclusivamente na coordenação do PMALFA, no auditório da Semed.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, o Assistente de Alfabetização Voluntário atuará no PMALFA, nas unidades escolares da rede pública municipal de ensino de São Luís. O programa tem também como objetivo promover a integração com a política educacional da rede de ensino; integrar as atividades ao projeto político-pedagógico da rede e das unidades escolares; viabilizar atendimento diferenciado às escolas vulneráveis; estipular metas entre o Ministério da Educação e Cultura (MEC), os entes federados e as unidades escolares participantes; assegurar o monitoramento e a avaliação periódica da execução e dos resultados do programa.

REQUISITOS

O candidato à vaga deve ter como requisitos mínimos para a seleção de Assistente de Alfabetização Voluntário idade mínima de 18 anos, no ato da inscrição; possuir, no mínimo, graduação em Pedagogia ou cursando a partir do 5º período e/ou graduação em curso de licenciatura com pós-graduação em Alfabetização e/ou Licenciatura em Magistério das Séries Iniciais e/ou Curso de Magistério em Nível Médio; disponibilidade de horário para participar do PMALFA e disponibilidade de horário para participar de reuniões de formação, com pessoal técnico responsável pelo programa.

INSCRIÇÕES

Os interessados em participar do processo seletivo devem se inscrever, exclusivamente na coordenação do PMALFA, no auditório da Semed (localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, Quadra 14, Lote 14, nº 2, Edifício Trade Center – São Francisco), nos dias 17, 18 e 21 de maio, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h; e no dia 19 de maio, no horário das 8h às 12h. Não será cobrada taxa de inscrição.

O candidato pode ser servidor municipal desde que tenha disponibilidade de, no mínimo, 20 horas. Não serão aceitas inscrições por meio eletrônico, via postal e fax. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar Formulário de Inscrição do Processo Seletivo Simplificado devidamente preenchido; Carteira de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação (frente e verso); CPF; comprovante de residência; Título de Eleitor, com comprovante de quitação eleitoral. Não serão aceitos documentos após o ato da inscrição. Os interessados podem encontrar mais informações no site da Prefeitura, no link http://www.saoluis.ma.gov.br/edital.asp?id_edital=1342

Prefeitura de São Luís prorroga prazo de adesão ao Refaz até 30 de abril

Titular da Semfaz, Délcio Rodrigues.

A Prefeitura de São Luís, por meio do Decreto n° 50.601 de 26 de março de 2018, autorizou a prorrogação do período de adesão ao Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Municipal de São Luís (Refaz), até 30 de abril. Assim, os contribuintes têm até o fim do próximo mês para buscar um dos postos de atendimento da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) e solicitar sua adesão.

O programa tem como o objetivo dar aos contribuintes em débito com o fisco, a oportunidade de quitar dívidas de natureza tributária e não tributária com descontos de até 100% nos juros e multas e facilidade no parcelamento, que pode ser feito em até 48 vezes, com abatimentos proporcionais.

Para o titular da Semfaz, Délcio Rodrigues, o programa trouxe resultados muito positivos para o município e para o contribuinte. Em pouco mais de um ano de vigência, mais de 22 mil contribuintes assinaram sua adesão ao Refaz.

O Refaz contribuiu no aumento da arrecadação municipal e na diminuição da inadimplência com o fisco. Com o total arrecadado, a gestão municipal investe em ações em todas as áreas a exemplo da educação, saúde, infraestrutura, implantação de Ecopontos, entre outras ações. Os descontos vão de 100% a 10% e o parcelamento pode ser feito em até 48 vezes, dependendo da forma de negociação escolhida.

Com o Refaz, o contribuinte tem facilidade no parcelamento de suas dívidas, além de vários postos de atendimento distribuídos em São Luís.

Todos os impostos municipais, com ressalvas somente para o IPTU 2017 – que não entrou no pacote de tributos que são negociados através do Refaz, podem ser negociados com o programa. Para aderir ao Refaz, o contribuinte com débito com o fisco tem até o dia 30 de abril para procurar um dos postos de atendimento da Semfaz, localizados na sede do órgão – Avenida Kennedy, n° 1455, Bairro de Fátima; no posto do Viva (antigo Casino Maranhense) – Avenida Beira Mar, S/N, ou na Procuradoria Fiscal (direcionado aos cidadãos com débitos já inscritos em dívida ativa).

Iniciada obra que ligará Cohaserma à Avenida Daniel de La Touche em São Luís

A obra permitirá a ligação da Avenida Daniel de La Touche com a Rua Sete, ampliando o acesso ao bairro.

A Prefeitura de São Luís deu início às obras na Rua Fernando de Noronha, no Cohaserma. A via tinha sido interditada de forma irregular com a construção de um muro que foi removido na última sexta-feira (9), atendendo ao que preconiza a Lei Municipal de Muros e Calçadas e o Código de Posturas do Município.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), a obra permitirá a ligação da Avenida Daniel de La Touche com a Rua Sete, ampliando o acesso ao bairro e possibilitando melhorias no trânsito da região.

Prefeitura de São Luís anuncia mudanças no secretariado municipal

A Prefeitura de São Luís comunicou, através das redes sociais, alteração em sua equipe de secretariado. A partir desta terça-feira (25), o atual secretário de Governo, Lula Fylho, assume o comando da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em substituição a Helena Duailibe.

O adjunto da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), Pablo Rebouças, assume a Secretaria Municipal de Governo (Semgov) como titular da pasta.

Prefeitura intensifica intervenções de drenagem em período chuvoso…

 

Em face das fortes chuvas que atingiram São Luís nas últimas semanas, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), tem intensificado as ações preventivas nas redes de escoamento de águas pluviais em pontos estratégicos da cidade. Os serviços integram as ações da gestão Edivaldo para minimizar transtornos no período chuvoso, prevenindo alagamentos. Neste sábado (18), as equipes realizaram o trabalho de drenagem profunda no Córrego do Vinhais, na Curva do Noventa.

O alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) aponta que o volume de chuvas para os próximos dias na capital maranhense pode dobrar. Por isso, conforme explica o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, todos os esforços estão sendo concentrados para evitar alagamentos.

“Estamos agindo de forma preventiva, seguindo orientação do prefeito Edivaldo, em áreas com histórico de alagamentos periódicos. A intenção é prevenir incidentes, garantindo a tranquilidade dos moradores do entorno e a mobilidade urbana mesmo com chuva intensa. Além é claro, do trabalho continuado que já realizamos na ampliação da rede de rede de drenagem e escoamento espalhada por toda a cidade”, ressalta Antônio Araújo.

As máquinas e operários trabalharam na desobstrução de bueiros às margens da Avenida Jerônimo de Albuquerque, removendo resíduos fruto do descarte irregular e também materiais volumosos. A frente de trabalho também englobou a correção da drenagem superficial e a reconstrução da parede de contenção do aterro da pista, que foi afetada pelas fortes chuvas registradas na última semana. As equipes também atuaram de forma preventiva, fazendo a contenção do córrego existente no local com a colocação de sacos de concreto, com o objetivo de evitar alagamento da via.

OUTROS SERVIÇOS

Entre os anos de 2013 e 2016, foram implantados 22km de rede de canais e galerias, com o objetivo de sanar pontos históricos de alagamentos na capital marahense. Os investimentos são considerados fundamentais para enfrentar o período chuvoso.

Um exemplo é a rede de drenagem do bairro Santa Clara, que, com 85% das obras concluídas suportou o escoamento das aguas, apresentando eficiência sem provocar danos aos moradores. A obra faz parte do conjunto que interliga a rede da Vila Apaco, que beneficiará mais de 50 mil famílias dos bairros Jardim São Raimundo, Vila Janaína, Vila Riod, Vila Vitória, Santa Bárbara e adjacências.

Prefeitura sorteia endereços dos residenciais Piancó I e II…

Prefeitura sorteia endereços dos residenciais Piancó I e II

A Prefeitura de São Luís realiza, nesta quinta-feira (9), o sorteio de endereços das unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, dos contemplados nos Residenciais Piancó I e II, construídos na área Itaqui-Bacanga. São 448 apartamentos, marcando a consolidação do sonho da casa própria para centenas de famílias. A solenidade está marcada para as 15h, na Central de Habitação, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, São Francisco.

O evento integra mais uma etapa do programa de habitação do Governo Federal executado pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), que já soma mais de 11 mil unidades entregues, desde a primeira gestão do prefeito Edivaldo. O programa desenvolvido em São Luís é considerado o maior de todo o Norte e Nordeste do país. O secretário de Urbanismo e Habitação (Semurh), Madison Leonardo Andrade Silva, relembrou a abrangência dos programas habitacionais executados pela administração. O gestor pontua que todos os esforços são reunidos em ações coordenadas pela Prefeitura.

“A realização do sonho da casa própria para milhares de famílias concretiza um compromisso assumido pelo prefeito Edivaldo com a população de São Luís, garantindo moradia digna para os que mais precisam. Para garantir o sucesso do programa, trabalhamos de forma integrada, coletando as demandas e promovendo o acompanhamento social das famílias atendidas. O objetivo do programa é diminuir o déficit de habitação e garantir que cada vez mais pessoas conquistem o direito a morar bem e com dignidade”, relembrou Madison Silva.

Um diferencial do projeto de habitação do prefeito Edivaldo, conforme destaca o secretário da Semurh, é a inclusão equipamentos sociais nos residenciais. Este núcleo agrega creche, escola, área de lazer e posto de saúde. Além disso, nos novos residenciais há também o oferecimento de capacitação e a promoção de ações educativas e sociais às comunidades por meio do Trabalho Técnico Social.

As unidades habitacionais são destinadas a pessoas de baixa renda que não tenham residência própria. Cada empreendimento do Programa Minha Casa, Minha Vida em São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam benefíciárias do Aluguel Social. O trabalho de identificação desse público, que tem prioridade no programa, é realizado por equipes técnicas da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).

A Prefeitura já entegou unidades dos residenciais Vila Maranhão I, II, III e IV de apartamentos com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Foram entregues também pela Prefeitura unidades do Residencial Ribeira I a IX; Residencial Amendoeira; Luiz Bacelar I e II; Apartamentos do Recanto Verde; Residencial São José V; apartamentos do Piancó VII e VIII; e casas do Residencial Santo Antônio.