Central de Atendimento ao Cidadão da Prefeitura de São Luís inicia prestação de serviços à população

A Central, que é um dos compromissos assumidos e concretizados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, está localizada na Avenida Magalhães de Almeida (em frente ao Mercado Central)

A Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís implantado com o objetivo de qualificar e facilitar o acesso da população aos serviços nas áreas de Urbanismo, Meio Ambiente, Fazenda, entre outros setores, começou a funcionar em espaço adequado, confortável e proporcionando aos cidadãos mais agilidade e qualidade no atendimento. A Central, que é um dos compromissos assumidos e concretizados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, está localizada na Avenida Magalhães de Almeida (em frente ao Mercado Central).

Inicialmente, o espaço está disponibilizando os serviços da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo (Semurh) como licenciamentos urbanos a emissão de certidões, alvarás e autorizações na área urbanística. O local também vai integrar, nos próximos dias, os serviços ofertados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam); pelo Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid) e a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal, ampliando o leque de serviços disponibilizados no espaço.

A desburocratização e a integração dos serviços, promovendo mais praticidade e comodidade ao cidadão no atendimento prestado pelos órgãos, foram apontadas pelo secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, como um dos grandes benefícios da iniciativa.

“É exatamente esta a proposta, concentrar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais, em um ambiente adequado, de forma a facilitar a vida das pessoas que buscam pelo atendimento nessas áreas, evitando, assim, que se desloquem para vários locais distintos, pois são órgãos que têm afinidades e correlação nos serviços prestados. Inicialmente estamos ofertando os serviços disponibilizados pela Semurh, mas logo também estarão aqui os demais órgãos”, afirmou Mádison Leonardo Andrade, acrescentando ainda que a medida, implementada por determinação do prefeito Edivaldo, representa maior economia tanto para o município como para o cidadão.

Entre os serviços que já podem ser requeridos na Central de Atendimento ao Cidadão estão as licenças para uso de edificações em terrenos particulares e públicos; emissão de licenças para obras e pequenos serviços; concessão do Habite-se de prédio residencial, comercial e industrial; certidão de uso e ocupação do solo; aprovação de loteamento, autorização de desmembramento e remembramento; emissão de licenças para demolições, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar também no espaço.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, a estrutura da Central de Atendimento ao Cidadão oferece maior conforto à população e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento.

Sem definição sobre partido, Eduardo Braide observa novas figuras entrarem na disputa pela Prefeitura de São Luís

Decidido em sair do PMN, o deputado ainda não divulgou qual será o seu destino partidário

Após a posse dos deputados estaduais e federais no início de fevereiro, o jogo político se volta para a eleição de 2020. Sem dúvidas, a disputa pela Prefeitura de São Luís será uma das mais concorridas dos últimos anos podendo ter número recorde de candidatos.

A corrida ao Palácio de La Ravardiere já coloca o deputado federal Eduardo Braide como um dos principais concorrentes, principalmente pelos resultados das disputas de 2016 e 2018. Mas sem a definição de seu novo partido, ele olha algumas figuras largando na frente.

Decidido em sair do PMN, o deputado ainda não divulgou qual será o seu destino partidário. Políticos, que desejam se candidatar a vereador em 2020, também aguardam a definição de Braide para decidirem seus destinos e traçar suas estratégias.

Enquanto isso, Eduardo Braide olha algumas figuras darem largada na corrida ao executivo da capital. Até o momento, são pelo menos 15 pré-candidatos que já iniciaram os trabalhos em seus partidos e suas bases.

Prefeitura de São Luís reforça controle de endemias na capital com ações de saúde preventiva

O reforço no trabalho dos agentes visa prevenir que algumas doenças, como a malária e a doença de chagas, por exemplo, voltem a acometer a população

Para reforçar o trabalho de combate a endemias como esquistossomose, leishmaniose visceral humana, malária e doenças de chagas, por exemplo, a Prefeitura de São Luís tem intensificado o trabalho de campo executado pelos agentes de endemias nos bairros da capital. Entre as ações estão a realização de visitas domiciliares, trabalho de recolhimento e identificação de insetos, realização de exames e acompanhamento de pessoas vulneráveis a estas doenças, bem como aparelhamento das equipes de saúde. A iniciativa integra as ações de saúde preventiva desenvolvidas no município por determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), por meio da Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Sanitária.

O reforço no trabalho dos agentes visa prevenir que algumas doenças, como a malária e a doença de chagas, por exemplo, voltem a acometer a população. Para reforçar este trabalho, a Prefeitura entregou Equipamento de Proteção Individual (EPI) para os agentes comunitários. O titular da Semus, Lula Fylho, destacou a importância dos paramentos entregues como reforço no combate de doenças que ainda afetam a população. “Além de garantir a realização de um trabalho de campo mais efetivo e eficiente para controle dessas doenças, como bem determina o prefeito Edivaldo, também proporcionamos aos nossos agentes de saúde mais segurança e melhor qualidade no exercício de suas funções”, afirmou Lula Fylho. Entre os materiais entregues estão máscaras e filtros de máscaras faciais inteiras, que promovem a segurança por completo evitando a aspiração de componentes químicos utilizados na eliminação dos insetos transmissores das doenças.

Segundo o coordenador municipal de Endemias, Raimundo Nonato Farias Rodrigues, há quatro anos não há um único registro de malária na capital maranhense, com transmissão do tipo autóctone, que é quando a contaminação se dá no próprio território. Para coibir a ação do inseto transmissor da malária, o trabalho se concentra principalmente na zona rural da cidade, com a realização de visitas domiciliares nas áreas consideradas focos da doença e coleta de sangue nos moradores para avaliar as localidades, descartar acometimento do problema e tomar providências de controle na região.

O reforço no trabalho dos agentes visa prevenir que algumas doenças, como a malária e a doença de chagas, por exemplo, voltem a acometer a população

“Fazemos isso porque, às vezes, a pessoa é portadora do protozoário que causa a malária, mas ainda não tem sintomas. Quando identificamos esses casos, fazemos a investigação entomológica e encaminhamos o paciente à unidade de saúde para realizar o tratamento. E o trabalho de campo com ações in loco e de conscientização junto à população acerca dos problemas também tem sido fundamental nesse processo”, observou Raimundo Farias.

Já a doenças de chagas não é registrada na capital desde a década de 80. Mesmo assim, o trabalho de controle e prevenção do problema integra a programação de ações da Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Sanitária. Para evitar a ocorrências de casos, é feito o trabalho de identificação do barbeiro, inseto transmissor da doença, nos locais de possível infestação, e a eliminação das colônias. “Quando encontramos o inseto, este é encaminhado à analise laboratorial para verificarmos se este está contaminado pelo protozoário Trypanosoma cruzi, causador da doença de chagas”, explica Raimundo Farias, acrescentando ainda que em mais de 95% dos casos analisados na capital não verifica-se a contaminação do inseto pelo protozoário.

O trabalho também tem sido executado de forma intensiva para impedir o avanço dos casos de outras endemias como a leishmaniose visceral e a esquistossomose humana. “Estamos fazendo trabalho de identificação de possíveis criadouros, que são os caramujos, para realizamos a captura e a realização dos exames laboratoriais para analisar a ocorrência de infecção nesses hospedeiros”, salientou o coordenador de endemias.

A esquistossomose humana, também conhecida como barriga d’água, é transmitida quando as pessoas entram em contato com água doce onde há caramujos infectados com as formas larvais de parasitas da espécie Schistosoma. Os vermes adultos microscópicos vivem nas veias de drenagem do trato urinário e dos intestinos, causando danos à saúde e, muitas vezes, levando a óbitos. A doença tem cura na fase inicial do problema.

A preocupação também se estende para prevenir o avanço de casos de leishmaniose visceral humana. Para coibir a ação do inseto vetor do transmissor da doença (que é transmitida ao homem pela picada de fêmeas do inseto denominado flebotomíneo), são colocadas armadilhas próprias para captura, nas áreas mais suscetíveis. Tanto para a prevenção da malária, como a leishmaniose e a doenças de chagas, a Semus também realiza o trabalho de controle químico com o borrifamento espacial de inseticidas próprios.

Prefeitura trabalha de forma intensa e contínua na desobstrução de canais de drenagem na capital

A ação consiste na realização de obras para melhoria do escoamento da água pluvial, retirada de areia, lixo e outros tipos de resíduos que se acumulam nesses locais em razão do descarte irregular em vias públicas

A Rua da Cerâmica, no Coroado; Rua Dois, no São Francisco (região da Lagoa da Jansen); Avenida dos Holandeses, nas proximidades do retorno do Quartel da Polícia Militar; e imediações da Ponte Bandeira Tribuzzi foram alguns dos pontos que receberam, nesta segunda-feira (28), serviços de manutenção do sistema de drenagem realizados pela Prefeitura de São Luís que tem intensificado suas ações no período chuvoso. Os trabalhos seguem orientação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e estão sendo realizados em diversos bairros da capital, de forma contínua, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

A ação consiste na realização de obras para melhoria do escoamento da água pluvial, retirada de areia, lixo e outros tipos de resíduos que se acumulam nesses locais em razão do descarte irregular em vias públicas. O trabalho é realizado de forma intensa com serviços de limpeza manual e mecanizada com auxílio de caminhão hidrojato, para promover a fluidez do escoamento nos canais, galerias, bueiros e bocas de lobo da cidade.

“Com orientação do prefeito Edivaldo, realizamos esse trabalho de forma preventiva, durante todo o ano, para desobstruir o sistema com a finalidade de permitir o livre escoamento das águas pluviais. No período chuvoso, entretanto, intensificamos os serviços em pontos mais críticos com o objetivo de evitar transtornos devido ao acúmulo de água. Além da prevenção, o serviço de limpeza de galerias e limpeza de bueiros é uma medida que promove também a saúde pública e proporciona melhor qualidade de vida à população”, destacou o titular da Semosp, Antonio Araújo.

A ação consiste na realização de obras para melhoria do escoamento da água pluvial, retirada de areia, lixo e outros tipos de resíduos que se acumulam nesses locais em razão do descarte irregular em vias públicas

Nas imediações da Ponte Bandeira Tribuzzi, as equipes da Semosp estão executando o desentupimento de bueiros no local. A limpeza é feita de forma manual e com auxílio de caminhão hidrojato que possui precisão de alcance dos dispositivos de drenagem.

Já no bairro Coroado, o trabalho consiste de limpeza e desobstrução do canal no trecho que passa pela Rua da Cerâmica.

Nesse local, o serviço é feito com a retroescavadeira que retira os resíduos desobstruindo, assim, a passagem da água e melhorando a fluidez em todo o sistema. A dona de casa Vilmar Nunes da Conceição considera importante esse trabalho para proporcionar maior vazão ao sistema de drenagem no local. “Sem os dejetos que são retirados do canal, percebemos que a água da chuva flui melhor, a chuva lava o canal e até o odor é amenizado”, relata ela que é moradora do Coroado.

Ainda como trabalho preventivo em pontos suscetíveis, também estão sendo realizados serviços para a recuperação de uma área degradada por erosão às margens da Avenida dos Holandeses, nas proximidades do retorno da Polícia Militar, no Calhau. Para conter o avanço da erosão no local, a obra visa recuperar parte do tubo de concreto que foi levado pela enxurrada; a recomposição das margens da via com a colocação de concreto e o acerto do talude.

Nesta segunda-feira (28), iniciaram os serviços de colocação de sacos de cimento com areia, para promover a solidificação da área degradada pela erosão e evitar que o desbarreiramento progrida. Segundo o secretário Antonio Araújo, o problema na área foi provocado pela ação das fortes chuvas que prejudicaram a barreira de contenção existente no local, resultando na erosão.

Prefeito Edivaldo entrega equipamento para Conselho e anuncia novo abrigo para idosos

Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal

Em mais uma ação visando ao fortalecimento das políticas municipais voltadas à pessoa idosa em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDI), na manhã desta segunda-feira (21), equipamentos fundamentais para o desenvolvimento do trabalho realizado pelo órgão. Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal. Na ocasião, o prefeito anunciou a implantação do primeiro abrigo municipal para acolhimento de idosos na capital, previsto para ser inaugurado ainda este ano.

“A criação do abrigo será mais uma iniciativa planejada e executada por nossa gestão, como parte da política de valorização da pessoa idosa em nossa cidade. Isso denota o cuidado e o respeito com que temos tratado as questões relativas ao bem-estar dos idosos, para que vivam com mais dignidade. Para isso, temos desenvolvido um trabalho muito bem articulado com as instituições e órgãos de apoio a esse público, o que nos tem possibilitado instrumentalizar melhor o trabalho dessa rede de apoio e avançar significativamente na área. E com a criação da nova instituição de longa permanência para acolhermos e abrigarmos idosos em situação de vulnerabilidade e abandono daremos mais um grande passo em nossa política em atenção a esse público”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O ato de entrega contou com a presença do vice-prefeito Julio Pinheiro; da secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande da representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic; e da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, do promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes, entre outras autoridades. Entre os equipamentos entregues ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa estão um veículo Citroen Air Cross, três mesas estações de trabalho, mesa de reunião, TV LED de 50 polegadas para apresentações e videoconferências, armário para escritório, cadeiras para espera (duas longarinas para três lugares), três computadores com webcams, copiadora multifuncional e um bebedouro. A entrega dos equipamentos visa melhorar aparelhar e reforçar o trabalho do CMDI em São Luís.

Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal

A secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande reforçou que a ação de entrega dos equipamentos ao CMDI faz parte dos avanços conquistados com a implementação das políticas de atenção ao idoso na capital, com a determinação do prefeito Edivaldo.

Sobre a instituição de longa permanência que será criada pela Prefeitura de São Luís, a gestora explicou que trata-se de um abrigo exclusivo para pessoas idosas, homens e mulheres a partir dos 60 anos. A Casa terá capacidade para atender 30 idosos. “Será a primeira unidade exclusiva para acolhimento institucional para a pessoa idosa de São Luís, mantida pelo município. A iniciativa tem a determinação e orientação do prefeito Edivaldo, que não tem medido esforços para garantir a essa pessoa melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar social e emocional”, ressaltou Andréia Lauande. Ainda conforme a secretária, os recursos para a criação da Instituição de Longa Permanência foram captados junto à Fundação Você, através do Fundo Municipal da Pessoa Idosa.

No ato de entrega, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, destacou a importância do apoio dado pela Prefeitura de São Luís no desenvolvimento do trabalho do órgão que é fundamental para a defesa dos idosos na capital.

“Sem dúvida todos os instrumentos recebidos aqui vão contribuir significativamente para o bom desenvolvimento do nosso trabalho. Muitas vezes tivemos que fazer as diligências em nossos próprios carros, o que não acontecerá mais porque o órgão conta agora com essa importante ferramenta para a realização de nossas atividades de campo. De forma que o trabalho articulado com a Prefeitura de São Luís reforça o compromisso do prefeito Edivaldo com a causa e tem reforçado a rede de apoio aos idosos no município e nos possibilitado avançar nas políticas voltadas a esse público. É claro que ainda temos muito a desenvolver, mas já conseguimos contabilizar resultados bem positivos na área”, observou Maria Goreth, acrescentando ainda que cerca de 10% da população da capital é composta por idosos, o que requer uma atenção cada vez mais diligente.

A representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic, destacou os avanços na área observados na capital, com a implementação das políticas destinadas à pessoa idosa. “São Luís tem uma rede de proteção ao idoso bastante articulada e desenvolvida, um dos aspectos que levaram o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa a fazer essa interlocução junto ao Governo Federal para concessão desses instrumentos tão importantes para as atividades do conselho local”, disse.

No ato, a forte articulação da rede de apoio em atenção aos idosos também foi destacado pelo promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes. “O Nosso trabalho na área tem sido respaldado por muita escuta aos órgãos de apoio, discernimento e bom senso com as demandas relativas aos idosos, para que, juntos, possamos dar as solução necessárias a essa população cada vez mais crescente. E articulação com essa rede de apoio tem sido fundamental nesse processo para agirmos com bom senso”, observou o promotor.

Com lavagem hidrotérmica, Prefeitura de São Luís reforça limpeza no Centro Histórico da cidade

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão

Com os serviços de lavagem hidrotérmica, a Prefeitura de São Luís está investindo ainda mais na limpeza e conservação do Centro Histórico da cidade. Com a utilização de equipamento importado, de tecnologia alemã, a lavagem tem resultado mais eficiente na limpeza de praças, escadarias e ruas com pavimentação em pedras como no Centro Histórico. Iniciado no sábado (19), o trabalho foi acompanhado pelo prefeito Edivaldo, que tem investido constantemente nas ações de limpeza urbana e já contabiliza importantes resultados na área.

“É mais uma ação da Prefeitura de São Luís na limpeza da cidade, um setor estratégico que se reflete em diversas áreas, do turismo à saúde. Estamos investindo em equipamentos e na realização efetiva de serviços de melhor qualidade e resultado. Com medidas desta envergadura, estamos colocando São Luís em um patamar de excelência para que a população e os turistas possam usufruir”, disse o prefeito Edivaldo.

Acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do secretário de Relações Parlamentares e coordenador da Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues e da presidente do Comitê Municipal de Limpeza, Carolina Estrela Morais, o prefeito Edivaldo percorreu trechos que receberam a primeira ação do novo equipamento, como a Praça Benedito Leite e a Rua do Giz. Foram realizados os primeiros testes do novo equipamento com a lavagem da Praça Dom Pedro II.

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão

Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, a aquisição do novo equipamento resultará no ganho de produtividade no Sistema de Limpeza Urbana de São Luís, que tem registrado grandes avanços na gestão do prefeito Edivaldo. “Com este equipamento nós conseguimos lavar uma área maior em menor tempo e garantir que a sujeira mais profunda seja retirada de modo mais eficaz. A diferença é notada imediatamente após a lavagem”, afirmou.

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão. A tecnologia é importada da Karshe, empresa alemã líder mundial do setor, que há anos desenvolve a tecnologia de limpeza com água comum, em temperatura e pressão elevada e a exporta para o mundo inteiro.

Para a lavagem das ruas, escadarias, praças e outros logradouros do Centro Histórico de São Luís a máquina compressora portátil de lavagem hidrotérmica é acoplada ao caminhão-pipa. O equipamento é capaz de gerar calor a uma temperatura de 60 a 140 graus Celsius e pressão entre mil a 4,5 mil libras por centímetro cúbico. O resultado do processo é constatado imediatamente. Toda sujeira acumulada e que não é retirada pelo processo de lavagem comum é inteiramente removida, deixando o piso completamente renovado.

A lavagem com alta pressão e água quente não agride o piso. Ao contrário, ele vai ficando mais claro a cada nova lavagem, até atingir seu estado natural. Depois da lavagem hidrotérmica, lavagens de baixa pressão garantem a manutenção da higiene e limpeza do local. O processo garante, ainda, economia de água e ganho de produtividade já que, com o uso do equipamento, é possível lavar uma área maior em comparação ao processo manual.

Depois do teste, o equipamento será empregado na lavagem da Praça Benedito Leite neste fim de semana e, com um cronograma específico de serviços, o Comitê Gestor de Limpeza Urbana, garantirá a limpeza do Centro Histórico da capital com o novo equipamento.

A lavagem hidrotérmica amplia os serviços já prestados na região pela Prefeitura de São Luís. Para melhorar o aspecto urbano da área, são desenvolvidas ações diárias de limpeza que garantem maior bem-estar para os moradores, comerciantes e frequentadores do Centro Histórico. A varrição das ruas ocorre logo no início da manhã, para que os frequentadores encontrem a área limpa assim que chegarem para trabalhar ou para atividades de lazer.

A coleta dos resíduos domiciliares e dos estabelecimentos comerciais também é realizada todos os dias. Por causa das particularidades urbanísticas da região e por se tratar de área tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade, a coleta nos bairros do Centro Histórico de São Luís é realizada com um veículo menor, que causa menor impacto às vias, evitando o comprometimento do casario colonial.

Entrada de Eduardo Braide no PSL teria resistência de Allan Garcês

A saída do deputado federal eleito Eduardo Braide do PMN e sua possível entrada no PSL do presidente Jair Bolsonaro ganhou mais um personagem. O médico e ex-candidato a deputado federal, Allan Garcês, estaria tendo resistência à entrada do parlamentar no PSL.

Allan já é pré-candidato pelo PSL na disputa para a prefeitura de São Luís em 2020. Com a entrada de Braide, ele teme ser retirado da corrida, já que o nome do deputado está em melhor posição do que o seu.

Eduardo Braide já teve dois mandatos de deputado estadual, foi eleito recentemente deputado federal e, em 2016, ficou em segundo lugar na disputa para a prefeitura de São Luís, surpreendendo a todos na eleição da capital.

Como o PMN não passou pela Cláusula de Barreira, Braide já anunciou que sairá da legenda e está em negociação com algumas legendas, entre elas o PSL.

Prefeito Edivaldo visita instalações da Central de Atendimento ao Cidadão

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã deste sábado (5), as instalações da Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís para qualificar a prestação de serviços públicos em diversas áreas e facilitar o acesso da população ao atendimento. A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento. A Central entra em funcionamento ainda este mês com a ofertas de alguns serviços, entre eles os da Secretaria de Habitação e Urbanismo (Semurh).

“Com a criação desta Central de Atendimento ao Cidadão, estamos honrando aqui mais um compromisso que assumimos com a nossa cidade, com a população. E é exatamente isso o que fazemos todos os dias: trabalhamos diuturnamente para atender aos anseios da população. Agora, o cidadão vai poder requerer em um mesmo local diversos serviços que vão desde licenciamentos ambientais e urbanos até solicitações na área fazendária, tudo feito em ambiente acolhedor e digno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, o novo equipamento oferecerá maior conforto ao cidadão e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta ainda com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento. Os serviços na Central de Atendimento ao Cidadão estão sendo finalizados e devem ser concluídos já na próxima semana.

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

Localizado à Avenida Magalhães de Almeida, 280 (em frente ao Mercado Central), no Centro da capital, o prédio abrigará as secretarias municipais de Urbanismo e Habitação (Semurh) e Meio Ambiente (Semmam); o Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid), a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal. Entre os serviços que serão ofertados no local, estão licenciamentos ambientais e urbanos, solicitações de alvarás, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar no espaço.

O secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, destacou a iniciativa como um projeto idealizado para desburocratizar e agilizar os processos administrativos nas áreas de atuação da Central de Atendimento ao Cidadão. “É muito mais praticidade e comodidade aos cidadãos que buscam por esses serviços. Aqui, os órgãos vão trabalhar de forma integrada para melhor atender as pessoas, em um ambiente com melhor infraestrutura. A criação da Central também representa maior economia tanto para o município como para o cidadão que agora não precisará mais de deslocar para vários locais diferentes com o intuito de requerer serviços nessas áreas”, observou o secretário.

Mádison Leonardo reforçou ainda que todos os setores da Semurh, que antes ocupavam as instalações de dois prédios históricos da Rua Portugal, na Praia Grande, passarão a funcionar na Central de Atendimento ao Cidadão. Os casarões antes ocupados pelo órgão serão restaurados, como mais uma ação da Prefeitura de São Luís visando à revitalização do Centro Histórico da capital.

Prefeitura de São Luís orienta pais e responsáveis sobre como proceder para realizar a matrícula online

O resultado da pré-matrícula e a convocação para o comparecimento dos responsáveis nas escolas da rede municipal serão divulgados no dia 6 de fevereiro de 2019

A melhoria do ensino público na capital é uma busca constante na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Além da qualificação de professores e colaboradores da educação, a administração municipal também investe na modernização do sistema de matriculas que a partir deste ano está sendo feito de forma online para todas as escolas da rede. Em 2017 o processo de inscrição online foi ofertado para algumas unidades de ensino. Para 2019, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação de São Luís (Semed), vai ofertar 15 mil vagas, sendo seis mil para Educação Infantil, seis mil para Ensino Fundamental e três mil para Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A rematrícula para estudantes veteranos será automática na escola. A inscrição para o ingresso de novos alunos vai até o dia 1° de fevereiro do próximo ano.

O link da matrícula on line é o endereço eletrônico https://sislamema.caedufjf.net/sislamema/prematricula.faces?q=Xl9dvmpbyrw%3D. A matrícula online é uma das ações da política de educação municipal do programa Educar Mais, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, que também realiza diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís com o objetivo de acompanhamento, monitoramento e tomada de decisões na área da educação.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, explica que pais e responsáveis devem fazer um cadastro e solicitar a matrícula através da pagina ‘Pré-Matrícula no Sislame’, cujo link está disponível no site saoluis.ma.gov.br. No ato da inscrição, os interessados devem informar dados pessoais e, obrigatoriamente, três opções de escolas e/ou anexos escolares que desejam matricular as crianças. A pessoa também poderá acrescentar duas opções facultativas. Logo depois, é gerado um número do protocolo para ser anotado e o comprovante de inscrição que poderá ser salvo ou impresso.

A análise dos cadastros será feita pela Comissão de Matrícula e a Coordenação de Informação e Estatística da Semed. Uma dica importante para os pais e responsáveis é que a confirmação da inscrição na pré-matrícula não garante a matrícula e as solicitações de vaga que extrapolarem o número das disponíveis, farão parte do Cadastro de Demanda para atendimento futuro.

O resultado da pré-matrícula e a convocação para o comparecimento dos responsáveis nas escolas da rede municipal serão divulgados no dia 6 de fevereiro de 2019. Os nomes poderão ser acessados na lista de selecionados no site da Prefeitura. A Semed vai convocar os aprovados via e-mail, e estes terão que comparecer com os documentos necessários na Unidade de Educação Básica ou Anexo que foram selecionados no período de 7 a 12 de fevereiro de 2019.

Com a convocação da Prefeitura, os interessados em garantir uma vaga na rede de ensino municipal devem providenciar os documentos pessoais necessários para efetivar a matrícula, como cópias da Certidão de Nascimento ou Documento de Identidade do estudante, além de cópia do RG e CPF do responsável, duas fotos em tamanho 3×4 recentes, comprovante de residência legível e recente, ou declaração em casos de impossibilidade de comprovação por documentos oficiais; quem for beneficiário do programa Bolsa Família terá que apresentar documento que comprove e o NIS do responsável e da criança. Também é obrigatório apresentar cópia do Cartão de Vacina atualizado e o Histórico Escolar, para as etapas que solicitam a escolarização anterior.