Reconstruir um Estado devastado pelo coronelismo não é fácil, diz Flávio Dino em artigo

Flávio Dino garantiu que o programa Mais Asfalto é feito sem discriminação partidária

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), publicou, neste domingo (26), artigo intitulado “Obra em Todo Lugar”, onde inicia citando que “reconstruir um Estado devastado pelo saque promovido pelo coronelismo e seus seguidores não é fácil”. Segundo ele, mesmo assim, o governo do Maranhão tem feito sua parte em favor de todos os maranhenses.

No artigo, o governador citou o “Mais Asfalto”, o maior programa de infraestrutura urbana da história de Estado que já chegou a 160 cidades. Ele garante que o critério de distribuição do pavimento no Estado não é político, como no passado.

“Isso sem discriminação partidária, independentemente do prefeito ser deste ou daquele partido, pois as obras que faço são em favor da população”, salientou Flávio Dino

Confira abaixo a íntegra do artigo de Flávio Dino.

Artigo: Obra em todo lugar

Por Flávio Dino

Reconstruir um estado devastado pelo saque promovido pelo coronelismo e seus seguidores não é fácil. Ainda mais em meio à mais longa recessão econômica dos últimos 100 anos, provocada por uma crise política nacional que esse mesmo grupo coronelista alimentou. Mesmo assim, o Governo do Maranhão tem feito sua parte em favor de todos os maranhenses. É o caso do Mais Asfalto, o maior programa de infraestrutura urbana da história de nosso estado que já chegou a 160 cidades. Isso sem discriminação partidária, independentemente do prefeito ser deste ou daquele partido, pois as obras que faço são em favor da população.

Essas obras facilitam a vida das pessoas, permitindo um deslocamento mais fácil ao trabalho e acesso a serviços públicos, como saúde e educação. E ainda têm um efeito mais importante que fala para a alma das pessoas: garantem dignidade. Só quem conhece a realidade de milhões de pessoas que tinham de enfrentar poeira ou barro para chegar ou sair de casa, sabe o efeito que uma rua asfaltada tem.

E também estamos realizando obras importantes nas estradas. É o caso da rodovia que entreguei mais recentemente, em que asfaltamos 42 quilômetros de Pedro do Rosário até a BR 316. Com essa obra, beneficiamos toda a Baixada Maranhense, criando uma via de acesso rápido, por exemplo, para o Vale do  Pindaré, e vice-versa.

No Leste, estamos promovendo o nível mais alto de integração da história, indo de São João dos Patos até Caxias, passando por Passagem Franca e Buriti Bravo. Essa integração é uma “lenda”, prometida por décadas e jamais executada. Concluímos e inauguramos a Estrada do Arroz, outro projeto lendário, na  região tocantina. E no Sul estamos melhorando todas as cidades, com o Mais Asfalto, e avançando com o Anel da Soja.

Na região metropolitana, fizemos importantes intervenções como a recuperação das Estradas da Maioba (MA-202), de Ribamar (MA-201) e da Raposa (MA-203) e a construção do Viaduto Neiva Moreira. Também mudamos o retorno da Forquilha e estão em andamento outras obras, como a Avenida dos Agricultores e a Estrada da Mata. São obras estruturantes para o tráfego na cidade, dando nova feição urbana para regiões abandonadas no passado.

São tantas obras, em todo canto, que não caberiam em um único artigo. Já inauguramos 550 obras e  seguimos avançando, pois somente nesta semana foram três escolas e dezenas de outras inaugurações. Fico feliz de poder, na função de governador, trabalhar com minha equipe para construir essas mudanças na vida das pessoas. É a prova que se ousamos sonhar, podemos superar os enormes desafios e construir coisas positivas por meio da política.

Flávio Dino lança programa Juros Zero e movimenta economia

Programa incentiva o empreendedorismo, alavancar o investimento produtivo e promover a geração de emprego e renda no estado. (Foto: Karlos Geromy)

Programa incentiva o empreendedorismo, alavancar o investimento produtivo e promover a geração de emprego e renda no estado. (Foto: Karlos Geromy)

O governador Flávio Dino lançou, nesta sexta-feira (09), o Programa Juros Zero que tem como objetivo incentivar o empreendedorismo, alavancar o investimento produtivo e promover a geração de emprego e renda no estado. Em parceria com o Banco do Brasil, a iniciativa pretende injetar cerca de R$ 100 milhões na economia do Maranhão. Os empreendedores que aderirem ao programa poderão solicitar empréstimo de até R$ 20 mil e a cada pagamento das parcelas dentro do prazo, os juros serão imediatamente devolvidos.

O Juros Zero é destinado para microempresários ou proprietários de empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. Os interessados devem procurar uma agência do Banco do Brasil, solicitar o empréstimo de até R$ 20 mil para ampliar os negócios, comprar equipamentos ou formar capital de giro. Se o empresário pagar a dívida em dias e sem atrasos, o Governo do Maranhão devolve o valor do juro cobrado pelo banco.

Em seu discurso durante a solenidade de lançamento do Juros Zero, no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino sublinhou que esse programa faz parte de uma longa sequência de ideias de apoio ao empreendedorismo que tem sido implementada desde o início do Governo, a exemplo do Empresa Fácil, Mais Empregos, Caravana Empresarial, entre outros. “Nosso empenho é atenuar o máximo quanto possível os efeitos da crise nacional sobre o setor privado”, ressaltou.

Para o governador, o Juros Zero possui efeitos práticos e, também, uma dimensão simbólica, “representada pela preocupação de todos os empreendedores perceberem a responsabilidade do Estado em dinamizar suas atividades” e, ao mesmo tempo, o efeito econômico “de viabilizar que muito desses empreendedores possam retomar crédito, sair dos cadastros negativos, ou até sair do mundo da agiotagem, que é muito presente em todas as regiões do Maranhão”.

O secretário de Governo, Antônio Nunes, fez uma exposição completa sobre o programa, e explicou que o subsídio total do Governo do Estado é de até R$ 5 milhões, que disponibilizará para as empresas um valor total em torno de R$ 100 milhões de crédito.

“O empréstimo será liberado em parcela única. O beneficiário pagará à instituição financeira credora a parcela mensal do empréstimo. Comprovada a adimplência, sem atraso, da parcela mensal, o Governo do Estado devolverá à empresa – mediante crédito em conta – o valor dos juros remuneratórios pagos na prestação do período”, esclareceu Nunes.

O secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, desde o início do Governo medidas anticíclicas estão sendo tomadas aquecer a economia local e e vencer os efeitos da crise nacional. “E agora o Juros Zero vai permitir que esse pequeno e médio comerciante possa usar desse empréstimo para adensar o seu negócio e gerar emprego e renda para o Maranhão”, pontuou.

Classe empresarial elogia iniciativa

De acordo com o presidente da Associação de Jovens Empresários, Jurandy Theophilo, o programa ajuda a enfrentar a atual quadro de aguda crise econômica nacional. “Eu falo em nome dos jovens empresários. Muitos deles não têm linha de crédito para iniciar um novo empreendimento. Então o Juros Zero vai facilitar nessa atual conjuntura”, afirmou.

“O ato de empreender é antes de tudo um ato de acreditar no estado e na cidade onde está o negócio. E agora, com esse programa, o Governo mostra também que acredita no empreendedor”, afirma o presidente da Associação Comercial do Maranhão, Felipe Mussalém. Ele espera que a medida traga um incremento para a economia e diz que a iniciativa demonstra mais uma vez “a abertura de diálogo com o Governo do Estado nunca antes vista”.

“Nosso Governo está feliz em dar mais esse passo de apoio aos empreendedores. Consumando essa operação haverá outra. Não há limite para isso. Nós queremos é que a iniciativa seja bem sucedida. Essa é uma política de Estado perene enquanto durar a recessão”, garantiu o governador Flávio Dino.

Como funciona

Com o Juros Zero, os empreendedores poderão ter acesso a empréstimos bancários de até R$ 20 mil sem o peso dos juros. O dinheiro pode ser usado para ampliar os negócios, comprar equipamentos ou formar capital de giro. O interessado vai até uma agência do Banco do Brasil, que verifica se ele atende os critérios para o financiamento.

Caso atenda, o empréstimo é liberado e as parcelas passam a ser cobradas mensalmente. Se o empresário pagar em dia e sem atrasos, o Governo do Maranhão devolve a ele o valor do juro cobrado pelo banco. Ou seja, ao final do empréstimo, o empresário terá recebido de volta toda o juro cobrado.

Microempresários ou proprietários de empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, podem se cadastrar até 30 de novembro nas agências do Banco do Brasil

Flávio Dino entrega obras do programa “Mais Asfalto” em São Luís e em mais 23 municípios

Governador e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregaram as obras neste sábado

Governador e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregaram as obras neste sábado

O governador Flávio Dino entregou obras do programa “Mais Asfalto” e Interbairros, na capital e em mais 23 municípios maranhenses, simultaneamente, na manhã de sábado, 12. No interior do Estado, ele foi representado por secretários e demais integrantes de governo.

Em São Luís, o governador percorreu as vias contempladas pela ação e conversou com moradores. Somando com as obras inauguradas nos demais municípios, já foram investidos mais de R$ 80 milhões pelo Governo do Estado.

Interbairros

O trecho do Interbairros inaugurado na capital soma aproximadamente um quilômetro, indo das ruas 21 até a 38, interligando a Cidade Operária até o Jardim São Cristóvão. Essa obra vai auxiliar no melhor escoamento do tráfego na área atendida e inclui pavimento, drenagem superficial, meio fio, sarjeta e a construção de uma ponte. A segunda etapa do projeto será no trecho Parque dos Sabiás e Forquilha, passando ainda pelo São Bernardo.

As obras estão em andamento e será construída ainda uma ponte e realizados os demais serviços. A previsão é de entrega dessa obra ainda neste primeiro semestre. Esta é a primeira entrega do programa que consiste na interligação de bairros a partir da construção de 14 vias urbanas.

Interior do Estado

Integrando o programa Mais Asfalto, Flávio Dino inaugurou serviços em cidades do interior do Estado. Além da pavimentação asfáltica contempla ainda a instalação de sarjetas, meio fios em ruas e avenidas e drenagem das águas pluviais com fins a evitar infiltrações e erosões.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda, comemorou a conclusão da intervenção asfáltica em parceria com o governo. “Com apoio do governador Flávio Dino podemos construir esse sonho que hoje entregamos à população. Além da intervenção asfáltica, construímos uma ponte de concreto armado ligando as ruas 21 e 38 no Jardim São Cristóvão, o que reduzirá o tempo de deslocamento”, ressaltou.

DEM acusa PT de fazer uso partidário do programa ‘A Voz do Brasil’

Comunique-se

Programa estaria sendo usado para fins políticos

Programa estaria sendo usado para fins políticos

Para os deputados federais do Democratas, o Partido dos Trabalhadores faz uso partidário d‘A Voz do Brasil’, programa de rádio transmitido de segunda a sexta, das 19h às 20h, sendo veiculado obrigatoriamente por todas emissoras do dial brasileiro (exceto às que mantêm decisões favoráveis na Justiça). Com tal análise, os parlamentares do DEM encaminharam à Procuradoria-Geral da República pedido de representação por crime de responsabilidade contra o ministro-chefe da secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva.

Ao divulgar à imprensa a representação direcionada ao procurador-geral Rodrigo Janot, o DEM ressalta que tomou como base para a atitude a edição de 4 de dezembro da atração que veicula notícias dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo em âmbito nacional. Segundo o partido de oposição ao governo federal, o programa em questão fez “franca propaganda a favor do mandato da presidente Dilma Rousseff/PT, dois dias depois de a Câmara dos Deputados dar início à análise do processo de impeachment contra a mandatária”.

Líder do Democratas na Câmara, o deputado Mendonça Filho (PE) afirma que ao falar da possibilidade de a petista ter o mandato cassado, ‘A Voz do Brasil’ “foi muito além da narrativa” do fato, a abertura do processo de impeachment da sucessora de Lula no Palácio do Planalto. O parlamentar diz que a edição do programa serviu para “aduzir teses em prol da presidente da República, sem em qualquer momento dar voz a quem pensasse de maneira diversa”. A representação está disponível na íntegra no site mantido pela bancada do DEM na Câmara.

FOTO DO DIA – Flávio Dino acompanha obras do “Mais Saneamento”

Governador vistoriou obras do "Mais Saneamento"

Governador vistoriou obras do “Mais Saneamento”

O governador Flávio Dino visitou, neste final de semana, as obras do programa ‘Mais Saneamento’, que têm como um dos objetivos despoluir o Rio Pimenta, o Rio Claro, a Lagoa da Jansen e recuperar a balneabilidade das praias de São Luís.

Ao lado da equipe técnica da Caema, o governador visitou as intervenções feitas pelo Governo do Estado no Rio Pimenta, onde foi implantado 30 km de rede coletora e 5 km de interceptor com a finalidade de tratar o esgoto na região e impedir o seu escoamento no litoral da capital maranhense.

Na visita, o morador Antonio Marcos relatou ao governador as mudanças que ocorreram no Rio Pimenta ao longo de 20 anos. “Hoje a situação está muito diferente. Quase não tem mais peixes, não conseguimos banhar. Temos muita esperança de que o rio volte a ficar limpo”, disse Marcos.

No mesmo dia, o governador visitou as obras de saneamento que tem como objetivo eliminar até o final deste ano, de 12 dos 27 pontos de poluição da Lagoa da Jansen. O presidente da Caema, Davi Telles, afirmou que até junho de 2016 todos os 27 pontos de poluição da Lagoa serão retirados.

Peixe na Mesa a partir desta sexta-feira…

Prefeitura inicia nova edição do Peixe na Mesa nesta sexta-feira

Prefeitura inicia nova edição do Peixe na Mesa nesta sexta-feira

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa), inicia, a partir desta sexta-feira (27), mais uma edição do programa ‘Peixe na Mesa’. A comercialização do pescado será feita em feiras itinerantes pelo ‘Caminhão do Peixe’, em dois turnos, disponibilizando 3 kg do produto por consumidor. A ação será realizada durante o período que antecede a Semana Santa.

O programa disponibilizará uma variedade de peixes bem aceitos pela população, como a pescada amarela, peixe serra, tainha, uritinga, palombeta, tambaqui e curimatá. A média de preços do “Peixe na Mesa” varia entre R$ 6,66 e R$ 17,00.

Segundo o titular da Semapa, Aldo Rogério, além de regular os preços do produto durante a Semana Santa, o programa garante ainda o pescado a preço mais acessível na mesa do consumidor ludovicense, estipulando valores em torno de 25% a 30% inferiores ao preços praticados no mercado local.

PROGRAMAÇÃO

Na manhã de sexta-feira (27), o Caminhão do Peixe iniciará suas atividades no bairro Coroadinho, ao lado da Fundação Bradesco, na Avenida Presidente Médici. No período da tarde, o Caminhão do Peixe estará na Praça da Bíblia, para atender aos bairros circunvizinhos entre a Avenida Kennedy e a Avenida Alexandre de Moura.

A Prefeitura prioriza a execução do projeto em bairros onde há menor poder aquisitivo da população, como no Anjo da Guarda, Coroadinho, Vila Fialho, Vila Izabel, Vila Embratel, Liberdade, Vila Magril, Itapera, Cidade Operária, Sacavém, Alemanha, bairros do entorno da Praça da Bíblia, além de São Francisco e Cohab.