Zé Inácio inaugura Comitê Central em São Luís

Foi mais um momento importante na caminhada pela reeleição do deputado estadual que e tem lutado, fielmente, a favor da classe trabalhadora, pelo direito de Lula ser candidato

Com grande festa, o deputado estadual Zé Inácio (PT) inaugurou o Comitê Central da campanha, que leva o nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sexta-feira (24), na Avenida Beira-Mar, em São Luís.

Foi mais um momento importante na caminhada pela reeleição do deputado estadual que tem lutado, fielmente, a favor da classe trabalhadora, pelo direito de Lula ser candidato, contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, pela juventude, mulheres, negros e pela Baixada Maranhense.

“Esse ato político em São Luís é reflexo do diálogo que estamos realizando na capital, com ações do mandato para a cidade nas áreas da infraestrutura, segurança, transporte e pela juventude. Hoje, reitero meu compromisso de continuar lutando pelo povo do Maranhão, pela classe trabalhadora e em defesa da democracia, do PT e do direito de Lula ser presidente do Brasil”, disse Zé Inácio.

O evento foi marcado pela presença de sua base política e autoridades como França do Macaquinho, prefeita de Santa Luzia; Vete Botelho, ex-prefeita de Itinga do Maranhão; Nonato Chocolate, secretário municipal de Agricultura de São Luís; Zé Hélio, prefeito de Paraibano; Helena Hélio, ex-deputada estadual; Ednalva Lima, secretária estadual de Mulheres do PT; Camila Pedrosa, diretora nacional da Ubes; Carlos Augusto, secretário estadual de Juventude do PT e pelos candidatos a deputado federal pelo PT: Rogério do PT, Raimundo Monteiro, Raimundo Pereira, Ney Jeferson e Jean do PT.

Zé Inácio reúne lideranças políticas da Grande São Luís e mostra força

Zé Inácio apresentou as ações do seu trabalho durante quase quatro anos de seu mandato, como a luta pela classe trabalhadora

O deputado estadual Zé Inácio (PT) reuniu lideranças políticas e simpatizantes em uma reunião realizada na quinta-feira (9), no hotel Green Smart. A plenária de pré-campanha, reuniu representantes de mais de trinta e cinco bairros da região da grande Ilha de São Luís,

Zé Inácio apresentou as ações do seu trabalho durante quase quatro anos de seu mandato, como a luta pela classe trabalhadora, pelo movimento negro, o homem do campo, a juventude, a defesa pela Baixada Maranhense, como algumas das principais propostas.

Além do trabalho que já foi realizado no mandato, cada liderança falou um pouco do seu bairro. “Foi um momento oportuno para realizar um diálogo com as lideranças, e esse grande público demonstra o trabalho que já estamos realizando pela cidade no âmbito da educação, saúde, infraestrutura, cultura, o que se confirma com esse grande encontro”, disse Zé Inácio.

Zé Inácio também reforçou a candidatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva que será registrada próximo dia 15 de agosto, e do lançamento do seu comitê localizado na Avenida Beira Mar, com previsão de lançamento para o dia 20.

Participaram da mesa o professor Dimas Salustiano; o candidato a deputado federal pelo PT Raimundo Monteiro; a ex-deputada estadual Helena Heluy; a ex-prefeita de Itinga Vete Botelho; o secretário adjunto da secretária estadual de cidades Kleber Gomes; o secretário estadual de juventude do PT Carlos Augusto e Nonato Chocolate, secretário municipal de agricultura, pesca e abastecimento.

TSE indefere candidatura de Raimundo Monteiro; decisão poderia atingir Gastão

Com informações de John Cutrim

A candidatura de Raimundo Monteiro (PT) para a suplência do candidato a senador do grupo Sarney, Gastão Vieira (PMDB), está indeferida peloTribunal Superior Eleitoral (TSE). Com a decisão, a coligação “Pra Frente, Maranhão” terá, até o próximo dia 15, para registrar um novo nome.

Para a substituição, a coligação estuda os nomes do secretário geral do PMDB, Remi Ribeiro, que ocupa atualmente a segunda suplência da chapa, dos petistas José Antônio Heluy e Honorato Fernandes (vereador de São Luís) e de Washington Rio Branco (dirigente do PV).

A corte eleitoral levou em conta o parecer do Ministério Público Federal, que pedia a impugnação da candidatura de Monteiro baseado na Lei da Ficha Limpa.

Toda a chapa teria caído, segundo advogado

“Caiu toda a chapa. É possível substituir… Mas o candidato tem direito a recorrer ainda. Por força da Constituição, as chapas majoritárias são unas e indivisíveis. Quando se indefere um membro, cai a chapa inteira”, explicou o advogado Rodrigo Lago.

Presidente estadual do PT e um dos maiores entusiastas da aliança do partido com o grupo Sarney, Raimundo Monteiro fora condenado pelo Tribunal de Contas de União (TCU) em razão de diversas irregularidades durante a sua gestão à frente da superintendência do Incra no estado.

O mais desrespeitoso com Monteiro é que nem advogado mandaram para fazer sua defesa, mostrando que o grupo Sarney queria apenas o tempo de partido do PT.

Como esperado, Monteiro é confirmado presidente do PT do Maranhão

A "eleição" de Monteiro já era esperada

A “eleição” de Monteiro já era esperada

Enfim, a Comissão Executiva Nacional do PT, reunida nesta terça-feira (18), em Brasilia, confirmou a “vitória” obtida pelo integrante do partido, Raimundo Monteiro,  no dia 10 de novembro passado, durante o Processo de Eleições Diretas do PT, o PED.

Além da confirmação do nome de Monteiro, a Executiva Nacional decidiu sobre a composição dos membros do Diretório Estadual, Executiva e dos delegados, que definirão sobre a aliança política do partido ou candidatura própria nas eleições de 2014.

Na verdade, foi apenas consumado o que já era esperado no meio político. Com a influência da família Sarney nesse processo, o resultado não poderia ser diferente. Isso deve reiterar também a aliança PT/PMDB para a disputa pelo governo do Estado deste ano, assim como deseja o clã, apesar dos apelos por uma candidatura própria.

SEM SEGUNDO TURNO – Executiva Nacional decidirá sobre PED do PT no Maranhão

Monteiro já havia se autoproclamado presidente reeleito

Monteiro já havia se autoproclamado presidente reeleito

Um ofício encaminhado pela Secretaria Nacional de Organização do PT ao presidente da Comissão Eleitoral, Ivaldo Coqueiro, na última sexta-feira (22), descartou a possibilidade de segundo turno no Processo de Eleições Diretas (PED) do partido neste domingo (24). O documento comunica ainda que o desfecho da disputa, no Estado, ficará a cargo da Executiva Nacional.

Com isso, o atual presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro, leva vantagem para confirmar a reeleição e manter a aliança com o PMDB no Maranhão  para as eleições de 2014.

Não é novidade para ninguém que a Executiva Nacional é controlada pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva que, por questões políticas, deverá entregar, mais uma vez, o PT à aliança com o PMDB, controlado no Maranhão pelo grupo Sarney.

Veja a íntegra do ofício:

oficio pt