Aliança do PSC com Roseana Sarney aposentou todos seus representantes

O partido encerrou as eleições de 2018 não garantindo representação na Assembleia Legislativa, muito menos no Congresso Federal

A derrota da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e do deputado federal Sarney Filho (PV) fez um grande estrago em todo o grupo, inclusive em partidos que ousaram fazer uma aliança na eleição de 2018, como o PSC.

O resultado das urnas mostrou que foi uma péssima escolha a aliança do PSC com o grupo Sarney.

Além da derrota de Ribinha Cunha (PSC), candidato a vice-governador na chapa de Roseana Sarney, outros nomes do PSC saíram derrotados nesta eleição.

O partido encerrou as eleições de 2018 não garantindo representação na Assembleia Legislativa, muito menos no Congresso Federal

Foi o caso do presidente da legenda no Estado, o deputado estadual Léo Cunha, que concorreu à reeleição, mas não obteve êxito.

Além de Léo Cunha, a deputado federal Luana Costa (PSC) também não garantiu sua reeleição para a Câmara dos Deputados.

O partido encerrou as eleições de 2018 não garantindo representação na Assembleia Legislativa, muito menos no Congresso Federal.

Roseana Sarney tem seu nome registrado no TRE-MA

Além de Roseana, o grupo Sarney registrou o nome de Ribinha Cunha (PSC) para a vaga de vice-governadora na chapa

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) deu entrada no registro de sua candidatura, no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, no sábado (11). Ela vai disputar o Governo do Estado pela quinta vez.

Além de Roseana, o grupo Sarney registrou o nome de Ribinha Cunha (PSC) para a vaga de vice-governadora na chapa, e de Sarney Filho (PV) e Edison Lobão (MDB) para o Senado Federal.

Foram registrados os suplentes Clóvis Fecury e João Manoel Santos Souza, do candidato Sarney Filho, e Lobão Filho e Antônio Leite Andrade, do candidato à reeleição, Edison Lobão.

O grupo Sarney entra nestas eleições para voltar ao comando do Governo do Estado, após ter seu domínio interrompido em 2014, com a eleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

Sem a força de antes, Roseana oficializa candidatura para a corrida ao Governo do Maranhão

Sem apoios políticos de peso, Roseana teve dificuldades para lotar o Espaço Renascença, local da convenção

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) teve seu nome homologado para a disputa ao Governo do Estado, na manhã de domingo (29), no Espaço Renascença, em São Luís.

Sem a mesma força de antes, Roseana chega às eleições com o apoio de apenas seis partidos: MDB, PSD, PV, PSC, PRP, e PMB.

A convenção oficializou o nome do empresário Ribinha Cunha (PSC) como candidato a vice na chapa de Roseana. Além de Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV) para o Senado Federal.

Sem apoios políticos de peso, Roseana teve dificuldades para lotar o Espaço Renascença, local da convenção.

Nos discursos, todos os oradores tiveram um tom agressivo com críticas ácidas ao atual governador Flávio Dino. Muitos dos discursos evidenciaram o tom desta campanha que se avizinha.

PSC pode indicar vice de Roberto Rocha

A articulação envolveria o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), e o candidato derrotado nas eleições de 2016 em Imperatriz, Ribinha Cunha, irmão de Léo Cunha

O Partido Social Cristão (PSC), presidido no Maranhão pelo deputado estadual Léo Cunha, pode indicar o vice na chapa do pré-candidato ao Governo do Estado Roberto Rocha (PSDB).

A articulação envolveria o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), e o candidato derrotado nas eleições de 2016 em Imperatriz, Ribinha Cunha, irmão de Léo Cunha.

Leia mais: Vídeo de Geraldo Alckmin promete terminar briga interna no PSDB

As articulações, que também envolvem a deputada federal Luana Alves, avançaram após a indefinição da pré-candidatura do deputado estadual Eduardo Braide ao Governo do Estado.

Com o PSC, Roberto Rocha pode somar 19 segundos ao tempo de TV, adicionados um minuto e 13 segundos do PSDB. Roberto Rocha pode chegar às eleições com 1 minuto e 32 segundos.

 

Leia mais: TRE classifica como propaganda antecipada “Gabinete Móvel” de Roberto Rocha e manda retirar veículo de circulação