Othelino cumpre agenda na Baixada e tem trabalho reconhecido durante eventos

 

Deputado participou, em Santa Helena, de uma série de inaugurações pelo aniversário do município

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), teve agenda movimentada, no final de semana, na Baixada Maranhense, em São Bento, Santa Helena, Presidente Sarney e Pinheiro, onde indicou obras e destinou emendas parlamentares. O trabalho legislativo do parlamentar em prol da população foi destacado durante as inaugurações e ações realizadas nos municípios.

Em Presidente Sarney, Othelino Neto, a prefeita Valéria Castro e o superintendente de Articulação da Baixada, Penaldon Jorge, entregaram patrulha agrícola doada pelo governo do Estado  para os produtores rurais.

Segundo Othelino Neto, a máquina – que foi só mais um, entre o conjunto de investimentos para o setor realizado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) – potencializará o trabalho dos agricultores familiares no preparo do solo, plantio e agilidade na colheita.

Durante a solenidade de entrega do equipamento, Penaldon Jorge destacou e agradeceu o trabalho legislativo de Othelino, que está se empenhando para trazer benefícios a Presidente Sarney por meio de emendas e indicações importantes. “Costumo dizer que o município não se desenvolve se ele não possui um deputado atuante. E nós temos o Othelino Neto, que nos tem dado demonstrações de prestigio, determinação, reponsabilidade e compromisso conosco”, frisou.

Em seu discurso, a prefeita Valéria Castro também reconheceu o trabalho legislativo de Othelino Neto por Presidente Sarney. “Ele tem nos ajudado muito com suas indicações e emendas. É nosso parceiro na Assembleia Legislativa do Maranhão”, disse.

São Bento

Em São Bento, Othelino acompanhou o governador na inauguração de mais um Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A obra do Cras, realizada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), com investimentos de mais de R$ 350 mil, vai beneficiar cerca de 800 famílias com serviços de proteção social básica, diminuindo a vulnerabilidade e risco social.

Para o prefeito de São Bento, Luizinho Barros,  a inauguração do novo Cras assegura  apoio e direitos a quem sempre esteve excluído. “Agradecemos ao governador Flávio Dino e o empenho do deputado Othelino Neto por esse presente à população de São Bento que, a partir de hoje, contará com um novo espaço para realizar seus serviços e atendimentos assistenciais”, disse.

A estrutura do novo CRAs dispõe de salas de coordenação, atendimento, reuniões, cozinha, banheiros e acessibilidade. Ao todo, o projeto de expansão do serviço desenvolvido pelos Cras e Creas contempla a construção dos equipamentos e a instalação da mobília pelo Governo do Maranhão. Todos os equipamentos são dotados de estrutura completa para garantir o atendimento adequado e com qualidade aos usuários.

Santa Helena

Em Santa Helena, Othelino Neto cumpriu agenda, ao lado do  prefeito Zezildo Almeida, em inaugurações e ações que comemoraram os 82 anos de emancipação política do município no sábado, dia 30 de setembro. A primeira delas foi a entrega da Escola CEF. Cantidia Dias Marques, no povoado São Joaquim de Rui, na zona rural. Com uma estrutura dentro do padrão MEC (Ministério da Educação), a escola foi totalmente reformada, recebeu novos equipamentos e teve suas salas climatizadas. Ainda na programação, o Hospital Municipal da cidade  ganhou o Posto de Registro Civil de Nascimento.

Fechando com chave de ouro a maratona de inaugurações e ações em comemoração ao aniversário de 82 anos de Santa Helena, a comitiva inaugurou o Matadouro Público. A obra atende uma importante demanda do município, garantindo higiene e saúde aos helenenses.

Além do prefeito Zezildo e de Othelino Neto, vereadores e secretários  municipais, o deputado federal Werverton Rocha (PDT) e o superintendendo Articulação Política da Baixada, Penaldon Jorge,  também participaram da maratona de inaugurações.

Durante o evento, Zezildo também destacou a ação parlamentar de Othelino Neto com emendas importantes e indicações, beneficiando a Saúde e melhoria da qualidade de vida da população.

Em Pinheiro, Othelino Neto, acompanhado da prefeita Valéria Castro, prestigiou um evento estudantil. Eles assistiram a um concurso de fanfarras.

Othelino Neto destaca início das obras do Mais Asfalto em São Bento

 

Além de solicitar o Mais Asfalto em São Bento, Othelino Neto é também autor de emendas que possibilitaram a aquisição de ambulância e de ônibus escolar para o município

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), destacou, na sessão desta quinta-feira (24), a chegada do programa Mais Asfalto, do governo do Estado, a São Bento. As obras atendem também uma demanda de solicitações feitas pelo parlamentar, junto ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que, de pronto, autorizou os quilômetros de pavimentação que passam a potencializar a infraestrutura do município.

Além de solicitar o Mais Asfalto em São Bento, Othelino Neto é também autor de emendas que possibilitaram a aquisição de ambulância e de ônibus escolar para o município. “É uma satisfação grande colaborar, com emendas e indicações, para o crescimento e desenvolvimento desta cidade e de outras, também carentes, do nosso Maranhão. Nossa função é essa: propor, destinar emendas, elaborar leis…tudo que estiver ao nosso alcance pela melhoria da qualidade de vida do nosso povo”, frisou.

Othelino Neto destacou que o “Mais Asfalto” se trata de um programa importante, no sentido de garantir mobilidade urbana, mais conforto às pessoas e melhora da qualidade de vida. O deputado disse que, em São Bento, ele foi recebido pelo prefeito Luizinho Barros, por vereadores, secretários e por populares que demonstravam toda satisfação com o serviço que estava iniciando, exatamente, pela avenida principal do comércio do município.

“Estive em São Bento, acompanhando o início das obras do Programa Mais Asfalto, que chegou também àquela cidade. Simultaneamente, dezenas de municípios recebem intervenções do Programa Mais Asfalto também. O governo Flávio Dino está de parabéns. E, cada vez que acompanho o início dessas obras, fico muito feliz de ver a expressão das pessoas que, em alguns casos, já tinham até perdido a esperança de ter a sua rua asfaltada”, comentou, na tribuna, o deputado.

Segundo o parlamentar, além de facilitar o trânsito e diminuir a poeira, as obras permitem uma movimentação maior naquela que é uma das principais vias do comércio de São Bento. “Andamos lá, vimos a gratidão das pessoas por mais uma intervenção do governo do Estado”, afirmou.

Inauguração de obras

Na tribuna, o deputado anunciou que, na próxima terça-feira (29), o governador Flávio Dino estará em São Bento, não só para vistoriar o Mais Asfalto, como para fazer também várias inaugurações, dentre as quais a nova Delegacia de Polícia da cidade, a nova sede do destacamento da Polícia Militar, o novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e também sistemas de abastecimento de água.

Segundo Othelino Neto, são várias as intervenções no município de São Bento que, somadas às ações da Prefeitura, já vão melhorando a vida das pessoas. “Foi realmente um dia bastante produtivo, onde pude conviver com as pessoas e ver como ficam felizes quando sentem a ação presente do poder público, quer seja estadual ou municipal”, comentou.

Durante o início das obras do Mais Asfalto em São Bento, o prefeito Luizinho Barros reconheceu os esforços e o trabalho parlamentar de Othelino Neto, por meio de emendas e indicações, para a garantia de benefícios importantes ao município. “Nada melhor do que vocês saberem que o deputado está nos ajudando com a sua ação parlamentar, no que é possível, permitindo-nos tirar a cidade da situação difícil em que se encontrava. já nos auxiliou com emendas que foram utilizadas para garantir ambulância e ônibus escolar, assim como também a indicação do Mais Asfalto”, afirmou.

Deputado destaca entrega de ônibus escolares e emendas para aquisição de ambulâncias

Othelino destaca entrega de ônibus escolares  e emendas para aquisição de ambulâncias

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) repercutiu, na sessão desta quinta-feira (06), a entrega, pelo governador Flávio Dino (PCdoB), de vários ônibus escolares para serem usados na rede pública municipal. Segundo o parlamentar, mais uma vez, o governo do Estado colabora com uma área que não é a sua obrigação, que é o ensino fundamental.

“O governador, ao justificar a doação dos ônibus para os municípios, foi sob um argumento muito forte, pois não tem como se fortalecer a educação, o ensino médio, se o ensino fundamental também não tiver bem alicerçado, por isso os ônibus, as escolas dignas e os outros suportes que o governo do Estado vem dando”, ressaltou.

Othelino Neto fez uma referência, em especial, à entrega dos ônibus para os municípios de São Bento e de Vargem Grande. Segundo ele,  os prefeitos Luizinho Barros (PCdoB) e Carlinhos Barros (PCdoB),   quando estiveram com o governador e, dentre as reivindicações que apresentaram, entre os pedidos que foram feitos no sentido de fortalecer a parceria entre o Estado e o município, falaram da necessidade de aumentar a quantidade de ônibus escolares. E Flávio Dino atendeu a solicitação e entregou os ônibus.

O prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros, com sua comitiva, recebeu o ônibus e, prontamente, já agradeceu e disse que será muito útil para o município, até pelas dimensões territoriais. Da mesma forma, Luisinho Barros, de São Bento, agradeceu e disse que a cidade precisava muito desse veículo. “Então, foi realmente um momento marcante, onde, mais uma vez, o governador Flávio Dino mostra que este é o governo da educação”, disse.

Ambulâncias

Na tribuna, Othelino fez questão de ressaltar ainda que, nesta sexta-feira (06), haverá mais uma solenidade de entrega de ambulâncias. O governo do Estado estará disponibizando um equipamento importante para atender os municípios, entre elas duas foram adquiridas por meio de emenda do parlamentar: a de Santa Helena e a de Vargem Grande. “O prefeito Zezildo Almeida já inclusive vinha, repetidas vezes, pedindo que viabilizássemos uma ambulância para Santa Helena, que estava e está enfrentando muitas dificuldades com veículos que tem, por serem antigos e agora foi possível e, por meio desta emenda, que apresentei ainda no final do ano passado”, disse.

Othelino disse que o anúncio da entrega da ambulância causou grande repercussão em Santa Helena. “Várias pessoas, não só nas redes sociais comentando e agradecendo ao governador, como também por meio de ligações e de mensagens enaltecendo este cuidado com a população da cidade”, disse.

O deputado também citou a destinação de emenda, no final do ano passado, para aquisição de uma ambulância para o município de Vargem Grande, a pedido do prefeito Carlinhos Barros. O veículo também será entregue nesta sexta-feira (06) para que possa atender melhor a população. “E assim vão se cumprindo os compromissos de melhorar a vida das pessoas”, frisou.

No final do pronunciamento, Othelino Neto fez um reconhecimento aos avanços que vêm sendo alcançados pelo governo Flávio Dino. “Nós, em breve, chegaremos ao ponto no Maranhão de não mais vermos estudantes frequentando escola de taipa, não mais vermos pessoas sendo transferidas para hospitais em carrocerias de carro. No ritmo que vamos, com este processo acelerado de mudança para melhor que o Maranhão vem passando e, em breve, esses indicadores, que até outro dia envergonhavam o Estado, serão, se Deus quiser, coisa do passado e nós poderemos dizer que nós ajudamos a mudar esta terra para melhor”, concluiu.

Juiz defere candidatura de Luizinho Barros em São Bento…

sao-bendo-documento-2

sao-bento-documento

Luizinho Barros lidera pesquisas em São Bento

Luizinho Barros lidera pesquisas em São Bento

O juiz Marcelo Moraes Rêgo de Souza, da Terceira Vara Eleitoral, deferiu o registro  do candidato a prefeito de São Bento, Luizinho Barros (PCdoB), e de seu vice, Daniel Cid Bitencourt, da coligação “São Bento de Todos Nós”.

O magistrado alega que o processo está devidamente instruído com os documentos pertinentes e que a elegibilidade de Daniel Cid Bitencourt, que havia sido contestada, fica assegurada nos termos da Lei.

A decisão, que defere a candidatura de Luizinho Barros e de seu vice em São Bento, faz cair por terra todas as acusações infundadas desferidas pelos adversários de que a candidatura estaria irregular.

Na mais recente pesquisa realizada em São Bento, o instituto Escutec aponta que o candidato Luizinho Barros (PCdoB) é o líder absoluto na disputa pela Prefeitura  com 54,5% das intenções de voto, na pesquisa estimulada, com larga vantagem em relação ao segundo colocado, Dino Penha (PV), que aparece com 16,5%.

O levantamento, encomendado pelo Blog Marrapá, foi registrado, no dia 26 de agosto de 2016, no Tribunal Superior Eleitoral  (TSE) sob o protocolo  de número MA-08405/2016. Foram entrevistadas 400 pessoas.

Ainda na estimulada, o atual prefeito Carrinho Muniz (PSDB) aparece em terceiro lugar com 14,8% das intenções de voto, Raimundo Borges (PSC) está com 1%, Nenhum Deles 2,3% e Não Sabe/ Não Responde 11%.

Na espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados pelo entrevistador, Luizinho Barros aparece também com larga vantagem, 51,8%, em relação  aos dois adversários empatados na segunda colocação, Dino Penha e o prefeito Carrinho Muniz (PSDB), com 13,5% cada um. 1,8% disseram que não votariam em Ninguém e 19,5% Não Sabe/ Não Responde.

Luizinho Barros venceria com tranquilidade em São Bento, segundo pesquisa Escutec

Do Marrapá

escutec sao bento

estimulada sao bento

O instituto Escutec aponta que o candidato Luizinho Barros (PCdoB) é o líder absoluto na disputa pela Prefeitura de São Bento com 54,5% das intenções de voto, na pesquisa estimulada, com larga vantagem em relação ao segundo colocado, Dino Penha (PV), que aparece com 16,5%. O levantamento, encomendado pelo Blog Marrapá, foi registrado, no dia 26 de agosto de 2016, no Tribunal Superior Eleitoral  (TSE) sob o protocolo  de número MA-08405/2016. Foram entrevistadas 400 pessoas.

Ainda na estimulada, o atual prefeito Carrinho Muniz (PSDB) aparece em terceiro lugar com 14,8% das intenções de voto, Raimundo Borges (PSC) está com 1%, Nenhum Deles 2,3% e Não Sabe/ Não Responde 11%.

Na espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados pelo entrevistador, Luizinho Barros aparece também com larga vantagem, 51,8%, em relação  aos dois adversários empatados na segunda colocação, Dino Penha e o prefeito Carrinho Muniz (PSDB), com 13,5% cada um. 1,8% disseram que não votariam em Ninguém e 19,5% Não Sabe/ Não Responde.

Já no quesito rejeição, o prefeito Carrinho Muniz é o campeão com 56%, Luizinho Barros vem em segundo com 17,3%, Raimundo Borges com 7,3% e Dino Penha com 4,5%. Nenhum Deles 1,8% e Não Sabe/Não Responde 13,3%.

O Escutec quis saber também como estava a satisfação dos eleitores com a atual administração de São  Bento. O governo de Carrinho Muniz tem 75% de desaprovação. Apenas 21,8% aprovam a gestão e 3,3% Não Sabe/Não Responde.

Sobre a avaliação de Carrinho Muniz, 59,8% dos entrevistados disseram que a atuação do prefeito é péssima. 2% acham que é ótima. 10,5% classificaram como boa; 17,8% acreditam que seja regular e 3% Não Sabe/Não Responde.

DIREITO DE RESPOSTA: Município de São Bento contesta reclamação de São Vicente Férrer sobre povoados

sao bento

Em cumprimento à Lei do Direito de Resposta, recentemente sancionada pela presidente Dilma Rousseff, publico resposta da Prefeitura de São Bento, por meio da empresa Cutrim e Motta Consultoria, contestando informações da Prefeitura de São Vicente Férrer na matéria intitulada “Município de São Vicente Férrer ingressa na Justiça para garantir quatro povoados que foram passados para São Bento”.

SEGUE O DIREITO DE RESPOSTA:

Prezada Senhora Silvia Tereza,

Nossa Empresa (Maranhense) trabalha nesse mercado de Redefinição e Consolidação de Limite Cartográfico há mais de 05 anos. Fomos contratados pela Prefeitura Municipal de São Bento, por meio de Processo Licitatório competente, para tratar de tais assuntos.

Em atenção à matéria publicada em seu Blog, no dia 05 de novembro de 2015, em matéria intitulada “Município de São Vicente Férrer ingressa na Justiça para garantir quatro povoados que foram passados para São Bento”, cumpre-nos apresentar alguns importantes esclarecimentos acerca da ação em comento.

Como sabido, a nossa Carta Magna, em seu Parágrafo quarto, Artigo 18, confere aos estados membros da Federação a competência pela ordenação de seus territórios. Cita, ainda, que tais procedimentos serão regulados por Lei Complementar Federal.

Ocorre que até o presente momento não houve a edição dessa legislação complementar federal. Desta forma, os estados têm se utilizado de acordos administrativos para a realização de regulamentação administrativa para casos de correção de limite!

Destarte, em 2009, o IBGE – a quem compete, exclusivamente, o cumprimento e aplicação da legislação vigente – firmou Convênio com o Estado do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão – SEPLAN, com a interveniência do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC, visando, principalmente, recepcionar os ajustes relativos a divisas inconsistentes ou litigiosas, bem como a definição dos pontos de conflitos existentes nos municípios do Estado do Maranhão e que é o caso das municipalidades de São Vicente Ferrer e São Bento.

Importante salientar que, segundo o IBGE, a Divisão Territorial Brasileira era representada tomando como referência o mapeamento topográfico a partir de 1980. Ainda segundo o IBGE, “aprodução do mapeamento municipal dos Censos de 80, com base no mapeamento sistemático, teve como principal dificuldade a adequação dos limites municipais, até então representados em mapeamento expedito, para o mapeamento topográficogeometricamente mais preciso, com a utilização de georreferenciamento dos pontos cartográficos.”

Desde então, o IMESC vem utilizando de técnicas mais precisas para os trabalhos de campo, uma vez que os limites existentes, como é o caso em questão, eram definidos por retas imaginárias.

Dessa forma, o IMESC, apenas, lançou mão de técnicas que possibilitassem a transformação dessas retas imaginárias, de difícil aplicação em campo, para o devido e necessário arruamento das divisas.

Importante observar que as leis constituidoras dos municípios de São Vicente Ferrer e São Bento foram elaboradas há décadas, ocasião em que inexistia o atual processo de conurbação entre as divisas.

Ademais, essas leis possuem, como já dito anteriormente, trechos de linhas imaginárias (segmentos de reta que unem dois pontos) situados, atualmente, em uma região de grandeadensamento populacional, gerando conflitos quanto a subordinação político-administrativa da população estabelecida nessas áreas em razão das grandes transformações na ocupação do território das comunas em questão.

Nesse sentido, podemos citar, apenas de modo a exemplificar a situação, as localidades Baixa Grande, Ipueira, Goiabal e Oiteiro de Maria Justina, objetos da presente demanda, que pertenciam, em sua maioria, conforme estudo e levantamento feitos previamente, em cerca de 70% ao município de São Bento, fazendo com que essas localidades estivessem sob subordinação administrativa dedois municípios, ou seja, constituía-se em uma aberração jurídica e administrativa.

Desta forma, restou ao IMESC, providenciar a devida correção cartográfica que foi formalizada e ratificada através da realização de acordo administrativo entre as partes e que, ressalte-se, teve a pretérita anuência da Exma. Sra Prefeita de São Vicente Ferrer, e acompanhado pelo seu advogado Carlos Luna.

O IMESC, apenas, optou pela utilização de acidentes naturais para clara definição dos limites dessas localidades.

Ou melhor, os trabalhos foram desenvolvidos pelo IMESC, à época, com o devido acompanhamento das prefeituras envolvidas, ou seja, de São Vicente Ferrer e São Bento que na ocasião não apresentaram nenhuma discordância em relação aos trabalhos desenvolvidos.

Outrossim é de se estranhar a presente demanda da municipalidade de São Vicente Ferrer uma vez que, comprovadamente, o Município requerente não obteve nenhuma perda de receita advinda do Fundo de Participação do Municípios – FPM.

Frize-se que o acordo em comento resultou num remanejamento, para o município de São Bento, da ordem de 225 domicílios e 896 habitantes, mantendo o município de São Vicente Ferrer na atual alíquota de 1,2 da cota de FPM (16.981 A 23.772, Decisão Normativa TCU N. 141 Exercício 2015), uma vez que sua atual população, após o remanejamento, apresenta o quantitativo de 20.678 habitantes, ou seja, sem que ocorra nenhum prejuízo financeiro relacionado as receitas advindas do FPM.

Acreditando ter prestados os esclarecimentos necessários para a elucidação e convencimento da questão, colocamo-nos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos adicionais que se façam necessários.

Atenciosamente,

Cutrim & Motta Consultoria

Cnpj. 19.011.941.0001-59

Município de São Vicente Férrer ingressa na Justiça para garantir quatro povoados que foram passados para São Bento

Maria Raimunda: "Não foi com esse objetivo que aceitei o acordo de redefinição de divisas e, por isso, entramos na Justiça para anular o ato"

Maria Raimunda: “Não foi com esse objetivo que aceitei o acordo de redefinição de divisas e, por isso, entramos na Justiça para anular o ato”

O município de São Vicente Férrer, representado pela prefeita  Maria Raimunda Araújo Sousa, ingressou na Justiça  com uma Ação Anulatória de Ato Administrativo, com pedido de antecipação de tutela, para garantir  a responsabilidade administrativa  e territorial dos povoados Baixa Grande, Ipueira, Goiabal e Oiteiro de Maria Justina que foram passados  para região de São Bento, após uma análise do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (imesc).

“Eu jamais iria permitir a transferência administrativa desses povoados para São Bento, pois isso significa perda de repasses financeiros ao Município. Jamais consentiria algo que nos prejudicasse. Não foi com esse objetivo que aceitei o acordo de redefinição de divisas e, por isso, entramos na Justiça para anular o ato. Os povoados pertencem a São Vicente Férrer e não a São Bento. Estamos brigando por este direito na Justiça”, disse a prefeita Maria Raimunda.

Segundo a assessoria jurídica do município de São Vicente Férrer, a passagem dos povoados para São Bento fere os princípios constitucionais e foi feita de forma ilegal, sem consulta à Câmara Municipal. “Adianta-se que por meio da presente demanda,  a autora pretende salvaguardar o interesse público, posto que o litígio objetiva conhecer e declarar a nulidade de termo firmado entre os municípios de São Vicente Férrer/MA e São Bento/MA, tratando-se de interesse que transcende o aspecto individual”, diz um trecho da Ação.

O Imesc, órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan), realizou, no dia 21/05/2015, a cerimônia de assinatura de acordo entre  São Vicente Ferrer e São Bento com o propósito de redefinição das divisas no limite geográfico entre os municípios. Estiveram presentes na cerimônia, a prefeita Maria Raimunda Araújo Sousa e o prefeito Carlos Alberto Lopes Pereira, além do presidente do Instituto, Felipe de Holanda, e do diretor de Estudos Ambientais e Geoprocessamento do Instituto, Josiel Ferreira.

Na ocasião, foi determinado que, com o acordo, seria transferida a responsabilidade administrativa e territorial dos povoados Baixa Grande, Ipueira, Goiabal e Oiteiro de Maria Justina – que pertenciam a São Vicente de Ferrer/MA – para o município de São Bento, . No entanto, o ato vem gerando inúmeros entraves junto à população municipal, até mesmo inquietação pelo Legislativo de São Vicente Férrer, já que não houve qualquer consulta ou discussão nesse sentido, o que motivou a Ação de Nulidade.

Ao lado de ministro, Flávio Dino lança conjunto de ações para a Baixada Maranhense

O governador Flávio Dino, o ministro Patrus Ananias e o deputado Othelino Neto, durante a cerimônia

O governador Flávio Dino, o ministro Patrus Ananias e o deputado Othelino Neto, durante o evento

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), lançou, no município de São Bento, ao lado do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, e do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), um conjunto de ações nas áreas de Educação, Agricultura, Regularização Fundiária, Produção, Segurança e Cidadania para os municípios da Baixada Maranhense.

A entrega de títulos de regularização fundiária, concessão de terrenos para instalação de sistemas de abastecimento de água, o lançamento do Plano Safra e o anúncio da reforma e ampliação do Campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) foram algumas das ações anunciadas pelos governos do Estado e  Federal para o município de São Bento.

O ministro do Desenvolvimento Agrário lançou o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 para o Maranhão. O Plano Safra apoia o desenvolvimento rural e o fortalecimento da Agricultura Familiar a partir do crédito de R$ 500 milhões. O ministro Patrus entregou ainda 500 títulos rurais e 20 títulos urbanos através do Programa Terra Legal que regulariza áreas que estão em terras federais.

Patrus Ananias elogiou a iniciativa do governador em dar prioridade ao pequeno produtor, mostrando ser sensível às causas sociais e com isso proporcionar desenvolvimento com inclusão. “Acredito no desenvolvimento da agricultura familiar como espaços de vida”, disse o ministro.