Três novos secretários tomam posse no governo…

Os gestores se integram à equipe com a missão de dar continuidade aos programas de governo, fortalecendo as ações estratégicas e políticas públicas

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), empossou três novos secretários de Estado, em solenidade no Palácio dos Leões, na manhã desta terça, 10. Lawrence Melo Pereira é um dos nomes que agora se somam à equipe de governo, delegado que assume a presidência da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Com a mudança, o atual, José Artur Cabral Marques, vai comandar a presidência da Companhia Maranhense de Gás (Gasmar). Ainda, na Secretaria de Estado da Mulher (Semu), assume a ex-deputada federal Terezinha Fernandes, em substituição a Laurinda Pinto.

Os gestores se integram à equipe com a missão de dar continuidade aos programas de governo, fortalecendo as ações estratégicas e políticas públicas, pontuou o governador Flávio Dino.  “Agradecemos aos antigos secretários pela colaboração e parabenizamos os que vêm somar à equipe. Com estas mudanças estamos ampliando o nosso governo e renovando as forças para que a gestão permaneça cumprindo seu papel”, reiterou.

“É uma honra esse convite e um grande desafio por suceder um técnico competente e que muito realizou à frente desta pasta. Reafirmamos o compromisso com as demandas, vamos atuar com um olhar mais voltado para o social, dando continuidade ao exitoso trabalho desempenhado pela gestão anterior e ampliando as ações da pasta”, enfatizou Lawrence Pereira, que passa a presidir a MOB.

Um grande desafio cumprido para estruturar a MOB, que em três anos resultou em um órgão de orçamento de mais de R$ 100 milhões ao ano com captação de vários recursos federais; diversos projetos de mobilidade urbana e transporte; e ações na regulação de gás e saneamento, pontuou Artur Cabral, durante sua fala, fazendo breve resumo de sua atuação à frente da MOB.

“Estou orgulhoso do trabalho realizado e fico lisonjeado com este convite do governador. Agradeço ao governador por esta nova missão que foi confiada a mim, na Gasmar”, reiterou Cabral. A nova titular da Semu, Terezinha Fernandes, iniciou sua fala elogiando a antiga gestora. “É uma mulher igual a mim, sonhadora e guerreira, que promoveu um relevante projeto à frente desta secretaria. É uma tarefa desafiadora, mas estimulante. Vamos somar à equipe do governador e trabalhar para inserir ainda mais a mulher, promovendo mais políticas de igualdade”, enfatizou.

O potencial de gestão dos novos secretários foi pontuado pelo governador, que reforçou o empenho dos antigos titulares das pastas e destacou ser este um processo em curso desde o início de sua gestão, com fins ao aprimoramento e qualificação das ações do Governo. O governador assinou o Termo de Posse, seguido dos secretários empossados.

A cerimônia contou com presença do vice-governador Carlos Brandão; do secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política (Secap), Márcio Jerry; ex-titular da Semu, Laurinda Pinto e demais secretários de Estado; do presidente do PT, Augusto Lobato e vereador petista Honorato Fernandes; e da ex-diretora presidente da Gasmar, Telma Thomé.

Flávio Dino empossa novos secretários…

Flávio Dino empossou os novos secretários, em solenidade no Palácio dos Leões

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), empossou, em solenidade no Palácio dos Leões, na tarde desta terça-feira (08), novos auxiliares no comando da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), na Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secti) e o reitor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA).

Com as mudanças, Davi Telles tomou posse como novo secretário da Secti, no lugar de Jhonatan Almada, que ficará exclusivamente à frente do IEMA. Para o lugar de Telles na Caema assume o engenheiro Carlos Rogério.

De acordo com o governador Flávio Dino, os ajustes de equipe são naturais para obter ainda maior eficiência administrativa e fixação de novas metas para cada um deles. “À vista de tantos desafios é normal que o Governo faça mudanças na equipe visando a garantia e a continuidade do dinamismo e da concretização das metas”, pontuou o governador.

Para o governador, esses remanejamentos são normais, “tendo em vista que nós precisamos otimizar os nossos recursos materiais e humanos”, e por isso mesmo cabe a quem tem essa atribuição fazer essas mudanças táticas, mantida a mesma orientação, o mesmo programa e propostas, “visando a que nesse período de um ano e meio deste mandato de Governo a gente consiga colher resultados ainda mais expressivos”.

Segundo Flávio Dino, no caso da Caema os desafios são as entregas das obras já em andamento – em São Luís, Imperatriz, e em outras dezenas de cidades do Maranhão. Para ele, uma administração dedicada ao grande projeto de ensino em tempo integral e de formação profissional também é muito importante.

Com vasta experiência na área de abastecimento e saneamento, o engenheiro e funcionário de carreira da Caema, Carlos Rogério, assume a presidência da Companhia para dar prosseguimento a dezenas de obras que estão em curso em todas as regiões do Estado.

Davi Telles foi empossado na Secti após 31 meses à frente da Caema, e classificou o momento como de grande felicidade e honra, pois “jogar no time do governo Flávio Dino em qualquer posição é de fato uma grande satisfação”. Para ele, esse momento de mudanças está sendo consolidado no Maranhão. Com sentimento de dever cumprido, ele ressaltou que “desatamos nós bastante importantes. Passamos a companhia muito mais governável para um grande amigo, engenheiro muito competente. Foi diretor de operações na minha gestão. E que certamente terá plenas condições de efetivar as nossas políticas de água e esgoto em todas as cidades do nosso estado”.

Sobre o desafio à frente da Secti, Telles disse que “brilha nos olhos, que desperta muito desejo de contribuir com o governador Flávio Dino”, com programas que já são muito bem sucedidos e outras importantes ações. “É a ciência como forma de desenvolvimento e redução da desigualdade social, isto é, trabalhar com o conhecimento humano e fazer do ser algo para transformar a sociedade e população do Maranhão. É um enorme desafio”, afirmou.

Jhonatan Almada elencou dezenas de programas que foram implementados durante a sua gestão e, com o crescimento, fortalecimento e sucesso do IEMA ao longo desses dois últimos anos, a devoção será a mesma em busca de resultados que qualifiquem a educação do Maranhão.

Presidente da Comissão dos Bens Públicos do Estado envia ofícios a secretários

oficio comissao

O presidente da Comissão Especial que visa fazer um levantamento de todos os bens imóveis públicos do Estado com nome de pessoas vivas, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), enviou ofícios aos secretários de Educação, Áurea Prazeres, e de Gestão e Previdência, Felipe Camarão, solicitando a lista de prédios que se encontram nessas condições. O objetivo é cumprir a Lei Federal que proíbe esse tipo de homenagem a personalidades que ainda estão entre nós, independente de serem adversárias ou aliadas.

Segundo o presidente Othelino Neto, além de a Constituição Federal proibir a colocação de nomes de personalidades, que ainda estão entre nós, em órgãos públicos, já há jurisprudência nesse sentido vedando e considerando ilegais os atos que realizaram essas homenagens. O deputado explicou que está previsto no Artigo 37 o impedimento para colocação de nomes de pessoas vivas em órgãos públicos, pois fere o princípio da impessoalidade, a Lei Federal 6.454 de 1977.

“Não bastando isso, tem jurisprudência dos tribunais superiores do Brasil, considerando ilegal a colocação de qualquer nome de pessoa viva em órgão público, independente de cor partidária, de ser político ou não ser político”, disse Othelino.

A Comissão foi criada, na última quarta-feira (01), por meio da resolução 864, baixada pela Mesa Diretora da Casa, a partir de requerimento do deputado Othelino Neto (PCdoB). Além de Othelino, a Comissão tem como vice-presidente Glalbert Cutrim (PRB) e como relator Rogério Cafeteira (PSC). Os deputados Fábio Macedo (PDT), José Inácio (PT), Cabo Campos (PP) e Roberto Costa (PMDB) ficaram como membros titulares.

Os parlamentares têm 90 dias, a partir da instalação, para apresentar os resultados, ou seja, o levantamento de todos os órgãos do Estado que ainda tenham nomes de pessoas vivas. Ficaram como suplentes os deputados Marco Aurélio (PCdoB), Edson Araújo (PSL), Rafael Leitoa (PDT), Levi Pontes (SD), Ricardo Rios (PEN), Leo Cunha (PSC) e Nina Melo (PMDB).

Determinação do MP

Além do trabalho da Comissão, 50 cidades do Maranhão, determinadas pelo Ministério Público Federal, passarão por modificação nos nomes de prédios estaduais que contiverem inscrições, gravuras, pinturas, letreiros, faixas, placas, cartazes ou qualquer outra forma de identificação por nome de pessoa viva, atribuídos a bens públicos de qualquer natureza.

A orientação do MP destaca o cumprimento de Lei 6,454/77, que veda homenagem a pessoas vivas em logradouros públicos em todo o território nacional.

Secretários na mira da caneta do governador…

caneta do governador

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), está muito atento aos “movimentos” de determinados secretários e até do próprio vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), desde o início do governo, quando lhes foi passada uma séria determinação em relação à Comunicação que não vem sendo cumprida por alguns auxiliares. Fora isso, o chefe do Executivo cobra produtividade e para isso há um prazo.

Fonte bem situada do governo Flávio Dino revelou ao blog que o governador estuda mudanças e adequações em sua equipe de governo que devem ser anunciadas nos próximos meses. Uma das marcas da atual  gestão tem sido a cobrança de resultados e a avaliação da capacidade que o gestor tem de planejar.

Quanto à recomendação feita pelo governador aos seus auxiliares sobre a questão da comunicação, “movimentos” de determinados secretários evidenciam, claramente, que a determinação vem sendo descumprida. São auxiliares que, na verdade, estão preocupados somente com o próprio umbigo, com a imagem deles próprios e, desta forma, terminam sendo injustos e prejudicando quem lhes deu oportunidade.

Mas vamos aguardar os “puxões de orelha” e o andar dessa carruagem. Ingênuo é aquele que acha que não vem sendo notado!