Reforma passou! Senadores maranhenses votaram contra o trabalhador…

João Alberto “Carcará” e Roberto Rocha “Asa de Avião” votaram a favor da reforma que acabou até com o seguro desemprego

Com os votos dos três senadores maranhenses – Roberto Rocha (Asa de Avião -PSDB), João Alberto (Carcará – PMDB) e Edison Lobão (Esquálito -PMDB) – o Senado aprovou, nesta terça-feira (11), o texto-base da reforma trabalhista.

A matéria passou pelo crivo dos parlamentares com 50 votos favoráveis e 26 contrários. Houve uma abstenção em um quórum de 77 senadores. 

Agora, veja quem são os senadores que votaram contra o trabalhador:

A favor da reforma

Aécio Neves (PSDB-MG)

Ana Amélia (PP-RS)

Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Airton Sandoval (PMDB-SP)

Armando Monteiro (PTB-PE)

Ataídes Oliveira (PSDB-TO)

Benedito de Lira (PP-AL)

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Cidinho Santos (PR-MT)

Ciro Nogueira (PP-PI)

Cristovam Buarque (PPS-DF)

Dalirio Beber (PSDB-SC)

Dário Berger (PMDB-SC)

Davi Alcolumbre (DEM-AP)

Edison Lobão (PMDB-MA)

Eduardo Lopes (PRB-RJ)

Elmano Férrer (PMDB-PI)

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)

Flexa Ribeiro (PSDB-PA)

Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)

Gladson Cameli (PP-AC)

Ivo Cassol (PP-RO)

Jader Barbalho (PMDB-PA)

João Alberto Souza (PMDB-MA)

José Agripino (DEM-RN)

José Maranhão (PMDB-PB)

José Medeiros (PSD-MT)

José Serra (PSDB-SP)

Lasier Martins (PSD-RS)

Magno Malta (PR-ES)

Marta Suplicy (PMDB-SP)

Omar Aziz (PSD-AM)

Paulo Bauer (PSDB-SC)

Pedro Chaves (PSC-MS)

Raimundo Lira (PMDB-PB)

Ricardo Ferraço (PSDB-ES)

Roberto Muniz (PP-BA)

Roberto Rocha (PSB-MA)

Romero Jucá (PMDB-RR)

Ronaldo Caiado (DEM-GO)

Rose de Freitas (PMDB-ES)

Sérgio Petecão (PSD-AC)

Simone Tebet (PMDB-MS)

Tasso Jereissati (PSDB-CE)

Valdir Raupp (PMDB-RO)

Vicentinho Alves (PR-TO)

Waldemir Moka (PMDB-MS)

Wellington Fagundes (PR-MT)

Wilder Morais (PP-GO)

Zeze Perrella (PMDB-MG)

Meninas do Jô Soares ironizam senadores maranhenses…

Comentaristas dizem que Sarney terá dificuldades de eleger candidato a governador no Maranhão e apresentador critica até a pintura do cabelo do ministro Edson Lobão

VEJA AQUI

Meninas do Jô deram altas gargalhadas ao ironizar senadores maranhenses

Meninas do Jô deram altas gargalhadas ao ironizar senadores maranhenses

As meninas do programa Jô Soares da Rede Globo, Ana Maria Tahan, Cristiana Lobo, Cristina Serra e Lillian Witte Fibe,  ao discutirem os últimos acontecimentos na política brasileira, na madrugada desta quinta-feira (08),  ironizaram os senadores maranhenses Edson Lobão (PMDB), João Alberto (PMDB), Epitácio Cafeteira (PTB) e José Sarney (PMDB-AP).

Lá para os 50 minutos do quadro, uma das comentaristas falou sobre como ficaria a relação entre o senador José Sarney e o presidenciável Eduardo Campos (PSB), caso o ex-governador de Pernambuco fosse eleito, e uma outra abordou a dificuldade que o ex-presidente do Senado terá para eleger o seu candidato a governador no Maranhão nas eleições de outubro.

Elas discutiam também a idade dos senadores e citaram Epitácio Cafeteira e João Alberto como dois dos mais velhos para abrir a CPI da Petrobras, sempre em tom de ironia.

Já quase no final da discussão, Jô Soares puxou o assunto dos apagões de energia no Brasil e ironizou até a cor do cabelo do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. “Pintar o cabelo daquele jeito só mesmo no escuro”, disse o apresentador ao arrancar gargalhadas das comentaristas e da plateia.  VEJA AQUI.