Assembleia Legislativa faz homenagem aos 70 anos do TCE…

Sessão solene foi bastante prestigiada na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão realizou, nesta quinta-feira (05), no plenário Nagib Haickel, uma sessão solene em comemoração aos 70 anos do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. A homenagem foi proposta pelo deputado Othelino Neto (PCdoB), e aprovada por unanimidade pelo plenário da Casa.

A sessão que foi bastante prestigiada contou com as presenças dos deputados Glaubert Cutrim (PDT), Max Barros (PRP), Rogério Cafeteira (PSB), Marcos Caldas (PSDB), Levi Pontes (PCdoB), César Pires (PEN), Francisca Primo (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Eduardo Braide (PMN); o historiados Benedito Buzar; o secretário de Estado da Transparência e Controle, Rodrigo Lago; a defensora pública do Estado, Flávia Leite; o defensor público geral do Estado Weverton Lima;  o presidente do TCE, conselheiro José Ribamar Caldas Furtado e os demais conselheiros Raimundo Nonato de Carvalho Lago Júnior, Alvaro César de França Ferreira, Joaquim Washington Luiz Oliveira, Raimundo Oliveira Filho, João Jorge Jinking Pavão e Edmar Serra Cutrim, além dos suplentes e demais membros do tribunal.

Durante o seu pronunciamento, Othelino Neto agradeceu a presença das autoridades e convidados e ressaltou que aquela homenagem  era importante por ser uma reverência a uma instituição importantíssima que tem por finalidade  constitucional fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, seja pelos municípios, seja pelos Estados , zelando dessa forma, pelo patrimônio público. “Nesse sentido, homenageio o TCE que completa 70 anos e que vem a cada ano se aperfeiçoando mais, vem ganhando mais força, investindo em tecnologia, na informação e fazendo a sua tarefa de controle externo cada vez mais uma arma no sentido de fazer com que o recursos públicos  sejam aplicados com eficiência e chegue à sociedade que é o objetivo de todas as polícias públicas”, afirmou.

O deputado Max Barros afirmou que aquela era homenagem muito justa quando o Tribunal de Contas completa 70 anos e tem um serviço de relevância prestado à sociedade. “Cabe a ele o acompanhamento das contas públicas e isso é muito importante, a fiscalização da correta aplicação dos recursos.  Ao longo dos anos o tribunal tem aperfeiçoado o seu trabalho com novas normas, novas tecnologias, capacitando os seus servidores e tem avançado bastante e, sem dúvida alguma, a atuação do Tribunal de Contas tem coibido muito a malversação dos bens públicos. Então, nós temos hoje que comemorar o aniversário do tribunal que tem uma história muito bonita de serviços prestados ao Estado do Maranhão”, afirmou.

Aproximação

O presidente do TCE-Ma, conselheiro José Ribamar Caldas Furtado disse que recebeu a homenagem com muita alegria. “É com muita honra e alegria a que a gente vê essa aproximação necessária entre as instituições. O Tribunal de Contas e o parlamento estão intimamente relacionados, não só organizacionalmente, mas do ponto de vista do funcionamento. Não é por acaso que o tribunal tem entre as suas funções decorrentes das atribuições várias atuações de prestar auxílio ao parlamento. Então, essa aproximação, esse reconhecimento muito recíproco, respeitoso é da maior importância”, garantiu.

“Para mim é uma satisfação muito grande voltar a esta Casa onde passei por um período de 10 anos.  Aqui só aprendi e fiz grandes amizades. Aqui que é a Casa do Povo; é aqui que se aprende a conviver melhor com as pessoas de uma forma geral. Eu me dei muito bem como deputado e sai daqui para o Tribunal de Contas  que é uma instituição valorosa referente ao zelo pelos recursos públicos. E hoje, é uma felicidade dupla, por ter sido deputado desta Casa  durante dez anos e vindo aqui sendo homenageado pela minha instituição, o TCE do Maranhão, como uma instituição que representa muito a sociedade maranhense. Por tanto, nós só temos que agradecer a todos os deputados que apoiaram o requerimento do deputado Othelino Neto autor dessa homenagem”, afirmou o conselheiro Edmar Serra Cutrim.

“Eu recebo com muita satisfação essa homenagem e ao mesmo tempo com muita emoção tendo em vista que sou conselheiro oriundo aqui desta Casa, onde deixei aqui muitos amigos e também já fiz muitos amigos durante esses 17 anos que estou no Tribunal de Contas do Estado. Essa homenagem  é um congraçamento que eu vejo essa minha ida  para o tribunal  que tem prestado estimados serviços ao povo do Maranhão”, afirmou o conselheiro Jorge Pavão.

Sessão solene vai lembrar os 14 anos do Bolsa Família…

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, por unanimidade, um requerimento, de autoria do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), que solicita a realização de uma sessão solene em comemoração aos 14 anos da criação do programa Bolsa Família, que contemplou e contempla cerca de 14 milhões de famílias que estão em condições de extrema pobreza. “Alguns criticam iniciativas como essa, alegando que faria mal à economia do país, mas imaginemos nós como estariam as vidas dessas pessoas sem o benefício”, disse.

Othelino justificou que esse benefício de pequeno valor permitiu que milhões de brasileiros pudessem ter acesso à compra de um eletrodoméstico, uma geladeira, uma televisão, por exemplo. “Isso pode parecer estranho, alguém pode dizer que o Bolsa Família não dá dignidade. É fato que esses programas, com esse caráter mais assistencial, não resolvem de todo o problema, mas amenizam a situação de quem não tem nada. E quem não tem nada, e o Maranhão ainda tem milhões de maranhenses que precisam desse tipo de assistência, valoriza muito essas iniciativas”, comentou.

Segundo o deputado,  o Bolsa Família é reconhecido mundialmente como um dos programas que mais avançou no sentido de combater a pobreza extrema. É reconhecido por organismos como a Organização das Nações Unidas (ONU), que fez com que o Brasil se adiantasse, em quase dez anos, nas metas mundiais de combate à pobreza.

Othelino afirmou que, por essas razões, os 14 anos do Programa Bolsa Família, criado no primeiro governo do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), merecem esta sessão solene para que possamos olhar para trás e percebermos quanto o Brasil avançou. Segundo ele, neste momento agora, torna-se mais importante ainda, porque o Brasil passa por um período difícil, onde avanços conquistados a duras penas estão sob sério risco de serem revogados.

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa comentou ainda que, no atual governo, programas como o Bolsa Família são vistos como um estorvo. Para o deputado, o presidente da República, Michel Temer (PMDB), sonha, todos os dias, em extinguir benefícios como esse, porque este governo nasceu, justamente, da ideia de revogar os avanços sociais conquistados pelo povo brasileiro.

Na tribuna, o deputado disse que a Assembleia ainda irá marcar a data da sessão solene em comemoração aos 14 anos do programa Bolsa Família, e que, certamente, ela será memorável. “Veremos o quanto nós conseguimos avançar e vamos olhar para frente com uma dosagem elevada de esperança de que este momento sombrio, pelo qual o Brasil passa, em breve, nós conseguiremos sair disso e fazer com que o governo retome o seu caminho de construir um país melhor para todos”, concluiu.

Câmara vai realizar sessão solene in memoriam de Brunno Matos

Vereador Roberto Júnior

Vereador Roberto Júnior

A Câmara Municipal de São Luís aprovou, nesta quarta-feira (16), requerimento do vereador Roberto  Júnior (PSB), solicitando que seja realizada, no dia seis de outubro, uma sessão solene in memoriam ao advogado Brunno Matos, assassinado de forma brutal há, mais ou menos, um ano.

De acordo com o autor da proposta, o objetivo é homenagear um jovem que morreu de forma prematura e que, além de amigo, filho e irmão exemplar, foi um profissional com muitas qualidades e muito respeitado por todos. Roberto Júnior ressaltou ainda que Brunno Matos contribuiu de maneira relevante na gestão administrativa do Partido Socialista Brasileiro (PSB), onde exercia a função de secretário geral da legenda municipal desde 2012.

 

Brunno Matos tinha 29 anos de idade. Era advogado e secretário geral da executiva municipal do PSB. Na madrugada do dia seis de outubro do ano passado, foi morto a facadas, após sair de um evento político, no bairro Olho D´Água.

PCdoB comemora 93 anos de lutas históricas

Sessão solene na Assembleia marcou os 93 anos do PCdoB

Sessão solene na Assembleia marcou os 93 anos do PCdoB

Com uma sessão solene, proposta pelo deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), a Assembleia Legislativa comemorou, na manhã desta segunda-feira (23), o aniversário dos 93 anos de fundação do Partido Comunista do Brasil. A solenidade, realizada no Plenário Deputado Nagib Haickel, contou com a presença do governador Flávio Dino (PCdoB), do presidente nacional da sigla, Renato Rabelo, do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), de diversos parlamentares, representantes de vários movimentos sociais e de lideranças nacionais do PCdoB.

A sessão solene foi aberta pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho (PDT), que fez saudação a todos os presentes, dentre os quais o presidente nacional do partido, Renato Rabelo, os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Orlando Silva (PCdoB-SP) e Wadson Ribeiro (PCdoB-MG), a presidente da União Nacional dos Estudantes, Vick Barros, e o prefeito de Contagem (MG), Carlim Moura, dentre outros convidados especiais.

Othelino Neto disse que tomou a iniciativa de propor a realização da sessão solene, em São Luís, pelo fato histórico de o primeiro governador do PCdoB ter sido eleito no Maranhão. “O PCdoB é um partido de lutas históricas, sempre ligadas às boas causas do Brasil e do mundo, daí a importância de se celebrar esta data no Maranhão, em homenagem à democracia e à liberdade em nosso País”, declarou.

Durante a solenidade, Flávio Dino fez referência a diversos episódios que marcaram a história do PCdoB e frisou que a mudança ocorrida no Maranhão não terá retrocesso. “A vitória eleitoral de 5 de outubro passado foi só um passo. Agora, estamos diante do maior desafio das nossas vidas. Estamos diante, acima de tudo, do maior desafio da História do nosso Estado. E reafirmo: este é um governo que busca ao máximo a eficiência e é por isso que este é um governo que trabalha muito”, ressaltou.

Em seu discurso, o presidente nacional do Partido Comunista do Brasil, Renato Rabelo, fez um relato de lances marcantes da história do PCdoB e acentuou a importância de Flávio Dino ter sido eleito governador pelo povo maranhense. “Foi além do Maranhão esta vitória”, ressaltou ele.

No mesmo tom, a deputada Jandira Feghali, líder do PCdoB na Câmara Federal, frisou em seu pronunciamento que a eleição de Flávio Dino para o Governo do Estado “foi uma vitória do Maranhão e foi, também, uma vitória do Brasil”.

A sessão solene, realizada com o Plenário completamente lotado, contou também com a presença do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), do senador Roberto Rocha (PSB), e dos deputados federais do Maranhão Rubens Júnior (PCdoB), Weverton Rocha (PDT) e Waldir Maranhão (PP), vice-presidente da Câmara dos Deputados.