Pesquisa Exata/TV Guará: Edivaldo cresce e tem 57%; Braide despenca e está com 43%

John Cutrim

guara2810

Pesquisa Exata contratada pela TV Guará e divulgada nesta sexta-feira (28) mostra uma vantagem de quatorze pontos percentuais de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sobre Eduardo Braide (PMN).

De acordo com o levantamento, Edivaldo tem 57% dos votos válidos, contra 43% de Braide.

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 25 e 27 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número nº MA-04457/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Rejeição

A pesquisa Exata/TV Guará apontou o candidato Eduardo Braide como o mais rejeitado pelo eleitor. 42% dos entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum em Braide. Já 34% declararam não votar em Edivaldo Holanda Júnior.

Aprovação

Ainda de acordo com a Exata/TV Guará, o governo Flávio Dino continua bem avaliado em São Luís, sendo aprovado por 60% da população.

Pesquisa Exata/TV Guará confirma crescimento de Edivaldo e queda de Braide que tem maior rejeição

pesquisa-guara2710 pesquisa-guaradois2710

Contratada pela TV Guará, a pesquisa do Instituto Exata  mostra o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PDT) com uma liderança de  dez pontos de vantagem. Assim como em outros levantamentos, feitos no segundo turno, a amostragem confirmou a tendência de crescimento do prefeito e queda de Eduardo Braide (PMN) que tem a maior rejeição neste segundo turno.

Se considerados os votos válidos, Edivaldo tem 55% contra 45% de Eduardo Braide. A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-08089/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Rejeição de Braide aumenta bastante

rejeicao2710

Braide também já é o mais rejeitado na pesquisa Exata e atinge patamares que impossibilitam o avanço para ser eleito. O candidato do PMN é rejeitado por 51%, enquanto Edivaldo é rejeitado por 35%. Poderiam votar nos dois 19% e 5% não votam em nenhum.

Aprovação do governo Flávio

A aprovação do governo Flávio Dino alcance ótimo patamar, de acordo com a Exata. O governo do comunista é aprovado por 62% dos ludovicenses, enquanto 33% não aprovam.

“Tio Fábio” “alifineta” candidato WC em sabatina…

Sabatinado pela TV Guará e pelo Jornal Pequeno, o candidato do PMDB a prefeito de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB), mais conhecido agora como “Tio Fábio”, com a campanha eleitoral, fez duras críticas ao candidato do PP, deputado estadual Wellington do Curso (WC), por ter omitido a propriedade do curso, que fundou, ao Exército.

Para Fábio Câmara, WC enganou o Exército. O vereador questionou o perfil do deputado para administrar São Luís. Veja no vídeo.

“Medidas que governo petista tem tomado são impopulares”, diz Zé Carlos da Caixa

Zé Carlos diz que tem se colocado algumas vezes contrário ao governo, o que lhe tem causado desconforto no partido

Zé Carlos diz que tem se colocado algumas vezes contrário ao governo Dilma Rousseff, o que lhe tem causado desconforto no partido

Único representante do PT do Maranhão na Câmara Federal, o deputado Zé Carlos da Caixa fez uma análise profunda do momento pelo que passa o Partido dos Trabalhadores, em entrevista ao jornalista Américo Azevedo no programa Avesso da TV Guará esta semana. Ele reconhece que as medidas que o governo petista de Dilma Rousseff tem adotado são impopulares e arrocham o trabalhador. “E isso traz uma relação contraditória com algumas de nossas bandeiras de luta”, afirma.

Zé Carlos diz que tem se colocado algumas vezes contrário ao governo, o que lhe tem causado desconforto no partido. Também fala do impacto que sofreu com a ida para Brasília. Ele foi superintendente da Caixa Econômica Federal, no Maranhão, cargo do qual saiu para uma campanha exitosa rumo á Assembleia Legislativa. O deputado maranhense mostra-se contrariado com a experiência na câmara baixa, por outro lado demonstra um espírito otimista e conciliador com relação ao partido dele, a situação econômica e política do Brasil.

Governo Flávio Dino

Na última sexta-feira, o governador Flavio Dino recebeu uma comissão do PT no Palácio dos Leões, incluindo o deputado Zé Carlos. Está havendo um movimento no sentido de reaproximação do partido com o governo Dino, relação que vinha abalada pelos últimos acontecimentos da relação entre PT e PC do B.

Segundo Zé Carlos, uma aproximação do PT com o PC do B é muito mais coerente, uma vez que são partidos de ideologias semelhantes e contrárias ao PMDB, que vinha seduzindo o PT nos últimos anos.

As relações internas do PT maranhense, que vêm sendo pauta nacional, são analisadas por Zé Carlos, que afirma haver um movimento em curso para a conciliação dentro do partido, entre as várias correntes. Sinal disso é que na reunião com o governador todas as correntes estavam representadas.

Com uma análise tranquila e otimista, Zé Carlos enfrentou todos os temas apresentados por Américo Azevedo.

O Programa Avesso vai ao ar toda terça, às 22:30h, e é reapresentado aos domingos às 20:45, na TV Guará.

Edivaldo e Eliziane empatados na pesquisa estimulada Exata; Na espontânea, prefeito já ultrapassa deputada

Roberto Rocha aparece com 1% na espontânea. Já em cenário estimulado, pouco provável, o senador surge com 8%

exata0909 exatadois0909

exatatres0909

A TV Guará divulgou, nesta quarta-feira (9), mais uma pesquisa de intenção de votos para prefeito de São Luís. O levantamento foi feito pelo Instituto Exata entre os dias 2 e 4 de setembro com 800 pessoas.

A margem de erro é de 4 pontos percentuais – para mais ou para menos – e 95% de confiabilidade.

A Exata criou cenários representativos do palco onde se desenrola a sucessão municipal na capital maranhense. Os principais nomes foram confrontados uns com os outros para tentar obter um resultado real dentro dos cenários possíveis.

Na pesquisa espontânea, não foram apresentados nenhum nome, apenas a pergunta “em quem o eleitor votaria para prefeito de São Luís”.

Foram citados 14 nomes e o  atual prefeito, Edivaldo Holanda Jr, lidera com 15% das intenções de voto. Eliziane Gama vem na segunda colocação com 7%, seguida por João Castelo com 4%.

Na estimulada é apresentada uma lista ao eleitor com nomes de possíveis candidatos. Foram apresentados seis cenários diferentes, três deles,com seis nomes,de políticos que já demonstraram a vontade de concorrer ao cargo e outros três  com apenas dois candidatos.

No primeiro cenário da estimulada com seis candidatos, o resultado foi o seguinte:

Eliziane Gama (PPS) venceria por 3 pontos percentuais o atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), no que seria um empate técnico. João Castelo (PSDB) aparece em terceiro com 14%, seguido de Roseana Sarney (PMDB) com 10% das intenções de votos do eleitorado da capital.

Roseana tem a maior rejeição

rejeicao0909

Perguntamos ao eleitorado de São Luís em qual desses candidatos ele não votaria de jeito nenhum, lembrando que pela quantidade de nomes a rejeição precisa ser múltipla e ultrapassa os 100% normais da estimulada e espontânea, veja os números.

Reportagem da Guará mostra esquema de lavagem de dinheiro na Saúde

Reportagem da TV Guará mostra superfaturamento de contrato para locação de helicópteros ocorrido na gestão de Ricardo Murad na Secretaria de Saúde. O dinheiro desviado nos contratos serviu para financiar a campanha dos familiares do ex-secretário. A forma como era realizado o desvio revela um esquema de lavagem de dinheiro.

No programa Avesso, Othelino analisa cenário político e a CPI da Saúde

Sobre as recentes movimentações visando à sucessão municipal, Othelino foi cauteloso e defendeu coerência política em torno das alianças e/ou candidaturas

Sobre as recentes movimentações visando à sucessão municipal, Othelino foi cauteloso e defendeu coerência política em torno das alianças e/ou candidaturas

O entrevistado do programa Avesso, da TV Guará,  de terça-feira (14) foi o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB). Ele falou sobre as movimentações em torno da CPI da Saúde e analisou o cenário político com vistas às eleições municipais, sobretudo, em São Luís, onde garantiu que estará em sintonia com o PCdoB e com as alianças firmadas pela manutenção da coerência política.

Às vésperas do recesso do legislativo, os deputados cumprem os trâmites para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que visa investigar a administração anterior da Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Maranhão.

Na entrevista ao jornalista Américo Azevedo, Othelino disse que a iniciativa dos deputados Rafael Leitoa (PDT) e Fernando Furtado (PCdoB) é uma mobilização de grande aceitação pelos colegas, uma vez que 29 assinaram de pronto a solicitação de CPI. “Isso demonstra um desejo da Casa de saber o que aconteceu nestes quatro anos, na gestão da Saúde. Auditorias e relatórios acabaram gerando esta curiosidade da Assembleia”, comentou.

Segundo Othelino, os membros da CPI chamarão todos aqueles que julgarem necessário convocar e se, em algum momento avaliar que seja preciso trazer o ex-secretário Ricardo Murad, ele será convocado. “O ex-deputado tem um estilo muito agressivo. Por vezes, passou do limite em inúmeros casos, inclusive com a hoje aliada, a ex-governadora Roseana Sarney, cunhada dele, com quem, inclusive, chegou a ser deselegante”, disse.

Othelino afirmou, durante a entrevista, que a Assembleia Legislativa é uma instituição política e a CPI é feita por políticos, o que não quer dizer que o trabalho de investigação vá desvirtuar valores e critérios técnicos por conta da política.

Eram necessárias apenas 14 assinaturas para instalar a CPI, mas 29 assinaram e mais dois ausentes afirmaram que, caso estivessem no plenário, manifestariam apoio. Agora o requerimento foi lido em plenário, nesta quarta-feira (15), e os líderes vão definir os sete titulares e os sete suplentes da Comissão, além do presidente e do relator. Os deputados têm 120 dias para apresentar o relatório final da investigação.

Sobre eleições municipais

Sobre as recentes movimentações visando à sucessão municipal, Othelino foi cauteloso e defendeu uma coerência política em torno das alianças e/ou candidaturas que surgirem do grupo político do qual faz parte. Durante a entrevista, o deputado reiterou que a tendência do PCdoB é de se manter na coligação do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, que é natural pré-candidato à reeleição, e, desta forma, acompanhará o seu partido.

Por diversas vezes, Othelino foi questionado na entrevista sobre uma possível candidatura do senador Roberto Rocha (PSB) à Prefeitura de São Luís. Em todas as respostas, o parlamentar frisou que o respeita muito, que o mesmo tem o direito de pleitear isso, que o ex vice-prefeito tem qualificações, mas que acredita que ele será fiel aos seus aliados. Porém, o deputado disse que, se por ventura, o pessebista for mesmo para a disputa, desta vez, infelizmente, não contará com o seu apoio, frisando que já votou no aliado por diversas vezes, mas que, em 2016, acompanhará a decisão de seu partido e grupo político.

“O senador Roberto Rocha tem que cumprir um compromisso com o povo do Maranhão que é exercer bem o mandato de senador; é isso que nós que votamos nele esperamos: que ele faça um bom mandato de senador”, comentou em um momento da entrevista.

Othelino disse acreditar que o senador Roberto Rocha vai ser fiel àquilo que se propôs e, principalmente, naquilo que o povo do Maranhão acreditou. “O senador Roberto Rocha foi eleito numa ampla coligação; o governador Flávio Dino foi decisivo na eleição dele. No final da campanha, passou a se dedicar mais à eleição de senador do que à dele próprio”, lembrou.

Sobre o Governo Roseana

“Eu preciso admitir que por mais que nós fizéssemos uma oposição combativa e responsável, não imaginávamos que eles fizeram tão mal ao Maranhão, como nós percebemos quando passamos a estar no governo. A gente já sabia que eles tinham feito muito mal, mas do governo a gente percebeu que eles saquearam o Maranhão”, disse Othelino.

O programa Avesso vai ao ar toda terça-feira às 22:45, na TV Guará.

TV Guará lança nova programação em festa concorrida…

E a TV Guará, canal 23, lançou em grande estilo, na noite de quarta-feira (14), a nova grade de programação da emissora para este ano de 2015, em evento pra lá de concorrido na Dalcar BMW. A diretora geral da emissora, Janaína de Albuquerque Oliveira, demais gerentes, familiares e funcionários receberam autoridades como o governador Flávio Dino (PCdoB) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, que não pôde comparecer, foi representado pelo secretário municipal de Comunicação, Batista Matos.

Entre as novidades da TV Guará estão a volta do Zumzum Noturno, o Mandou Legal, um programa com o jornalista Linhares Jr, além de outras atrações. O comando do VDR ficará agora com o apresentador Sérgio Murilo.

Durante a festa da Guará, a jornalista, escritora e apresentadora Mônica Moreira Lima, que comanda o programa quente e de repercussão nacional “Sem Vergonha”, lançou o seu novo livro: “Pirocadas Avulsas”. As edições levadas para o evento, literalmente, voaram (risos). A primeira obra: “Proibido para menores de 18 cm” também foi sucesso de público.

Convidada, eu prestigiei o evento da TV Guará e registrei alguns momento. Confira no slide acima! #vempro23

Mônica lança livro “Pirocadas Avulsas” na quarta-feira

pirocadas

A jornalista e apresentadora do programa “Sem Vergonha” da TV Guará, Mônica Moreira Lima, lança, na próxima quarta-feira (14), o livro “Pirocadas Avulsas”, durante a festa de apresentação da programação 2015 da emissora que acontece, com show da banda Tribo de Jah, na BMW  Dalcar, na Cohama, a partir das 19h.

“Pirocadas Avulsas”, título pra lá de quente e sugestivo, é o segundo livro de Mônica. O primeiro foi sucesso de público e de vendas com o tema: “Proibido para menores de 18 centímetros”.

Nas noites/madrugadas de sexta-feira, Mônica comanda um programa pra lá de quente, na TV Guará, onde fala abertamente e espontaneamente sobre temas sexuais sem vergonha, sem pudores e sem censura, mostra entrevistas picantes, etc. Por diversas vezes, as tiradas da jornalista no “Sem vergonha” já foram parar no Top Five do CQC. Já foi matéria de destaque também na revista Veja.

O livro “Pirocadas Avulsas” é proibido para menores de 18 anos. Fala de sexo, descreve cenas picantes, inusitadas e promete mexer com a imaginação dos leitores. Durante o lançamento, Mônica ainda sorteará cortesias para o Motel Le Baron. Vale prestigiar! (risos).

Sérgio Murilo vai estrear na TV Guará 

O evento principal será o lançamento da programação da TV Guará 2015. A emissora, que caiu no gosto popular, vem trazendo inovações em sua grade. Uma delas é a chegada do apresentador Sérgio Murilo, que deixa a TV Cidade, para apresentar, na emissora, o VDR, programa de linha bem popular.

Para comemorar a nova programação, a TV Guará brindará os convidados com show da banda Tribo de Jah e DJ Choary. A festa promete. Eu agradeço o convite e marcarei presença!