Othelino Neto destina emenda para investimentos na infraestrutura de Vargem Grande

A assinatura da emenda parlamentar foi feita nesta sexta-feira

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), destinou R$ 1 milhão de suas emendas parlamentares para o município de Vargem Grande. O recurso deve ser utilizado na execução de obras de infraestrutura na cidade. A assinatura do convênio aconteceu nesta sexta-feira (10), em reunião com o prefeito Carlinhos Barros, vereadores, secretários e lideranças políticas do município.

O deputado Othelino Neto frisou a satisfação em estar destinando a emenda para o município de Vargem Grande, que será aplicada na pavimentação de ruas da cidade, como uma forma de contribuir para a melhoria de vida das pessoas. O parlamentar também já havia colaborado com o município na aquisição de viaturas policiais, ambulância e ônibus escolar.

“Essa é a forma do Legislativo e do Poder Executivo ajudar. O governador Flávio Dino já disponibilizou, para vários municípios, equipamentos importantes. No caso específico de Vargem Grande, já recebeu ambulância, inclusive fruto de emenda parlamentar minha, nova viatura policial, ônibus escolar e oito quilômetros do Programa Mais Asfalto. Neste mês de novembro, será inaugurado o Restaurante Popular em Vargem Grande, que será o maior em todo o estado e, em dezembro, começará a mais importante de todas as obras, que é a ampliação do sistema de abastecimento de água, resolvendo um problema que muito incomoda a população, que é a falta d’água”, elencou.

O prefeito Carlinho Barros agradeceu o apoio do deputado Othelino Neto, que, segundo ele, tem contribuído fortemente para o desenvolvimento de Vargem Grande. “Nosso município já celebrou dois convênios e, nos dois, com participação integral do deputado Othelino Neto. Isso nos enriquece e nos dá força para que estejamos mais unidos, mostrando que não estamos brincando de prefeito e sim com responsabilidade com a sociedade de Vargem Grande”, assinalou.

O secretário de Infraestrutura de Vargem Grande, Barros Filho, classificou a obra de pavimentação como de extrema relevância, além de ser um marco para o município, que há muitos anos estava impedido de celebrar convênios. “Este ano conseguimos fazer com que o município saísse do Cauc para conseguir convênios. Ficamos muito felizes, pois o deputado Othelino tem sido bastante atuante e tem ajudado muito o município”, completou.

O presidente da Câmara de Vereadores, Germano Barros, também agradeceu o apoio do deputado Othelino Neto. “Vargem Grande agradece a todas as emendas parlamentares do deputado Othelino. A infraestrutura é o ponto maior da nossa administração. A Câmara, hoje, trabalha paralelamente ao governo na fiscalização e, também, aplaudindo o convênio que traz benefícios ao nosso município”, finalizou.

VARGEM GRANDE – Vereador e dois ex-prefeitos são acionados por improbidade administrativa

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) propôs Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o professor e atual vereador Jociedson de Aguiar e os ex-prefeitos do município de Vargem Grande, Miguel Rodrigues Fernandes e Edvaldo Nascimento dos Santos.

A manifestação ministerial foi ajuizada pelo promotor de justiça Benedito de Jesus Nascimento Neto (conhecido como Benedito Coroba). O motivo foi o acúmulo de cargos públicos, exercidos por Jociedson de Aguiar, durante o período de maio de 2012 a janeiro de 2017, quando possuiu três matrículas de professor, sendo duas municipais e uma estadual. A Constituição Federal não permite o acúmulo de três cargos de professor. Ao todo, durante o período, ele recebeu ilegalmente a quantia de R$ 102.110,67.

Ao se defender, Jociedson de Aguiar afirmou que, em 3 de maio de 2012, protocolou pedido de exoneração de uma das matrículas como professor do município. Mas não obteve resposta. Em 8 de fevereiro de 2017 efetuou novo pedido de desligamento, o que provocou o corte de um de seus salários, embora nunca tenha recebido qualquer documento oficializando sua exoneração.

A Promotoria de Justiça de Vargem Grande apontou que o ex-prefeito Miguel Rodrigues Fernandes, que estava à frente da administração municipal no período de maio a dezembro de 2012, mesmo tendo sido certificado sobre a situação de Jociedson de Aguiar, não assinou a sua exoneração, mantendo-o no cargo e permitindo o enriquecimento ilícito.

Na mesma situação se enquadra o também ex-prefeito Edivaldo Nascimento dos Santos, cujo mandato foi exercido de 2013 a 2016, que igualmente permitiu o enriquecimento ilegal do professor. Inclusive, quando exerceu a chefia do Executivo Municipal, a equipe da Secretaria de Educação era a mesma da gestão anterior, tendo conhecimento da situação irregular do professor.

Segundo o promotor de justiça Benedito Coroba, o demandado estava obrigado a informar sobre a situação irregular em que se manteve durante cinco anos, mesmo já tendo pedido exoneração. “A má-fé do representado é nítida e pode ser comprovada pelo seu recadastramento em duas matrículas municipais em janeiro de 2017, sem ter comunicado o seu anterior pedido de exoneração”, frisou.

PEDIDOS

Como medida liminar, foi pedida a indisponibilidade dos bens dos réus.

Nas solicitações finais, o MPMA pediu a condenação de Jociedson Aguiar ao ressarcimento do dano causado ao município, no valor de R$ 102.110,67, correspondente ao valor total mais acréscimos. Também à perda do cargo público que esteja ocupando, à suspensão dos direitos políticos por 10 anos, ao pagamento de multa civil no valor de R$ 306.332,01, correspondente a três vezes o valor do dano causado ao patrimônio público, além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber incentivos, fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

Em relação a Miguel Rodrigues Fernandes e a Edvaldo Nascimento dos Santos, foi requerida a condenação deles à perda de eventual cargo público que estejam ocupando, à suspensão dos direitos políticos por oito anos, ao pagamento de multa civil no valor de R$ 204.221,34, correspondente a duas vezes o valor do dano causado ao patrimônio público, além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber incentivos, fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

MP pede indisponibilidade de bens de ex-prefeito por fraude previdenciária…

ex-prefeito de Presidente Vargas, Luiz Gonzaga Coqueiro Sobrinho

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) requereu, em Ação Civil Pública, a indisponibilidade liminar dos bens do ex-prefeito de Presidente Vargas, Luiz Gonzaga Coqueiro Sobrinho, devido à falta de recolhimento de contribuições de R$ 1,4 milhão ao Fundo de Previdência dos Servidores Públicos do município (Funpresv), de dezembro de 2011 a dezembro de 2012.

O valor não recolhido – relativo a contribuições patronais de R$ 719,4 mil e à parte descontada dos servidores públicos, no valor de R$ 680 mil -, foi constatado em auditoria da Secretaria de Políticas de Previdência Social, do Ministério da Fazenda.

Na mesma data, o promotor de justiça de Vargem Grande, Benedito Coroba, também ofereceu Denúncia em desfavor do ex-gestor, que administrou o município de 2009 a 2012. Presidente Vargas é termo judiciário de Vargem Grande.

AÇÃO

Na Ação Civil Pública, o MPMA solicita que o ex-prefeito seja condenado a devolver o valor do dano causado; à perda de eventual função pública, à suspensão de seus direitos políticos por oito anos e ao pagamento de multa de R$ 2,79 milhões.

Pede, ainda, que Luiz Gonzaga Coqueiro Sobrinho seja proibido, por cinco anos, de firmar contratos com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e/ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário.

DENÚNCIA

Na Denúncia, o Ministério Público requer a condenação do ex-gestor por apropriação indébita previdenciária, conduta caracterizada no art. 168-A, do Código Penal (deixar de repassar à previdência social as contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e forma legal ou convencional). A pena estabelecida é de reclusão, de dois a cinco anos, além de pagamento de multa.

Vargem Grande abre Festejos de São Raimundo Nonato dos Mulundus com apoio de Othelino  

Festejos foram abertos neste terça-feira e seguem até o dia 31 de agosto

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) – ao lado do prefeito Carlinhos Barros, do secretário estadual de Articulação Política, Márcio Jerry, e do titular da Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes – acompanhou a abertura dos Festejos de São Raimundo Nonato dos Mulundus em Vargem Grande, a 178 Km de São Luís. Este ano, o evento religioso conta também com o apoio do parlamentar por meio de emenda, além de uma parceria conjunta que envolve governo do Estado, prefeitura e entidades engajadas pelas homenagens ao conhecido santo dos vaqueiros.

Segundo o deputado Othelino Neto, é importante que o parlamentar possa usar suas emendas também para estimular eventos religiosos como esses, com a participação de milhares de pessoas. “É um momento muito marcante, onde milhares de pessoas manifestam fé e devoção. Quero destacar a organização dos festejos. Todos estão de parabéns”, disse o vice-presidente da Assembleia.

O prefeito lembrou que as homenagens a São Raimundo Nonato dos Mulundus se tratam de um dos maiores festejos religiosos do Nordeste e do Brasil, de caráter acolhedor e de identificação forte. Vargem Grande é conhecida, no país, pela grandiosidade desse evento.

Carlinhos Barros (PCdoB) destacou ainda que os festejos desse ano acontecem em ruas e avenidas pavimentadas, graças a uma parceria com o governo do Estado por meio do programa Mais Asfalto. “Vamos asfaltar todas as ruas com a ajuda do governador Flávio Dino. A cidade vai ganhar, nos próximos dias, o restaurante popular, uma escola técnica, o Iema, e vamos intensificar os esforços para resolvermos o problema da água no município”, garantiu.

Márcio Jerry também prestigiou a abertura dos Festejos de São Raimundo Nonato dos Mulundus, representando o governador Flávio Dino (PCdoB). “Vim trazer o abraço do governador que estará presente no encerramento do evento no próximo dia 31 de agosto”, disse.

Márcio Jerry também destacou a execução do programa Mais Asfalto em Vargem Grande que deixou ruas e avenidas pavimentadas também para os Festejos de São Raimundo. “Podemos notar a presença muito forte do governo, em Vargem Grande, também nesta área da infraestrutura em parceria com a prefeitura”, frisou o secretário estadual de Articulação Política.

A tradicional romaria partiu às 06h da Igreja Matriz, em Vargem Grande, até o povoado de Paulica, onde foi realizada uma missa campal, nesta terça-feira (22). Os festejos seguem até o próximo dia 31 de agosto e reúnem milhares de fiéis, entre pecuaristas e vaqueiros, que percorreram, nesta terça-feira (22), o percurso de cinco km em cavalos, mantendo uma histórica tradição.

A tradicional romaria

A romaria, que é um momento de oração e de reflexão de toda a comunidade católica e de fiéis de todos os cantos do país, reúne, anualmente, pagadores de promessa, políticos e curiosos que acompanham o movimento.

Nesses dias, o vaqueiro deixa a lida no campo mais cedo. Se veste com todo o capricho e vence as distâncias do sertão para rezar ao padroeiro. Na abertura dos festejos, eles se juntam a milhares de romeiros ainda na madrugada, unidos pela devoção a São Raimundo Nonato dos Mulundus. Um vaqueiro que morreu há 200 anos, durante a lida com o gado, ganhou fama de milagreiro e se tornou santo na região.

A missa campal e o canto emocionado diante da cruz são gestos de adoração ao santo vaqueiro. São Raimundo Nonato dos Mulundus não é reconhecido pela Igreja Católica. Por isso, a imagem atrelada a outro Raimundo Nonato, o santo espanhol. Mas, isso não faz diferença na vida dos romeiros. Ele viveu nas redondezas, há mais de 200 anos, e foi santificado pela fé popular.

Conta a história local que Raimundo Nonato era um vaqueiro do povoado de Mulundus e teria morrido na lida para pegar o gado na caatinga. Com o passar dos tempos, levou fama de milagreiro na região.

A romaria marca a abertura dos Festejos de São Raimundo. Depois de três horas de caminhada, os romeiros, movidos pela fé, chegaram ao destino.

História do santo de Vargem Grande

Um jovem vaqueiro da fazenda Santa Maria, onde se localiza o povoado de Mulundus, a 30 km da sede do município de Vargem Grande, quebrou o pescoço quando campeava o gado e o cavalo chocou-se com uma palmeira de babaçu. Três dias depois, o corpo de Raimundo Nonato foi encontrado intacto e um inexplicável perfume recendia no ar.

O vaqueiro foi transformado em santo e venerado pelos escravos e moradores, após o milagre que salvou a vida do dono da fazenda. Mas o corpo desapareceu, surgindo hipóteses apontadas pelo escritor vargem-grandense Jether Joran Martins: “a Igreja o teria levado para Roma; subiu ao céu; o povo o carregou etc.” (Histórias & Estórias da Minha Cidade, 2002).

A imagem do vaqueiro doada pela sinhazinha para a capela erguida no local “também desapareceu”, diz o escritor. Porém, dona Luíza Nina Rodrigues (mãe do etnólogo maranhense Nina Rodrigues) mandou vir outra de Portugal. Mas, “para a surpresa dela e do povo, veio a de São Raimundo Nonato da Espanha, libertador dos escravos da Ordem dos Mercedários”.

Com emendas de Othelino, Santa Helena e Vargem Grande recebem ambulâncias…

Ambulâncias foram entregues, nesta sexta-feira, aos prefeitos de Santa Helena e Vargem Grande

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), entregaram, nesta sexta-feira (07), ambulâncias aos municípios de Santa Helena e Vargem Grande, adquiridas com emendas do parlamentar. Durante a solenidade, os respectivos prefeitos Zezildo Almeida e Carlinhos Barros receberam as chaves dos veículos.

No mês passado, o município de Pinheiro também foi contemplado com uma ambulância adquirida por meio de emenda, também de autoria do deputado Othelino Neto, assim também como São Bento, Barra do Corda e outros. “É uma forma de colaborar, concretamente, para melhorar a vida das pessoas”, assinalou o vice-presidente da AL.

Nesta etapa, foram contemplados os municípios de Santa Helena, Vargem Grande, Governador Eugênio Barros e Nina Rodrigues, dando continuidade ao programa de fortalecimento do transporte sanitário no Maranhão e reforço da rede de saúde pública do estado.

“Nós temos apoiado medidas adotadas pelos municípios, no que diz respeito à reestruturação dos seus sistemas próprios de saúde. Não devemos legalmente assumir a gestão desses sistemas, mas temos ajudado e essa entrega de ambulâncias é a prova disso”, afirmou o governador Flávio Dino.

Os municípios serão responsáveis pelo custeio e manutenção das unidades. O prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros, disse que a unidade vai beneficiar não só o município, mas toda a região. “Nós tínhamos uma ambulância muito ruim, que recentemente ficou no prego socorrendo um paciente da cidade vizinha, Nina Rodrigues, onde trabalhamos em parceria. Agora, essa ambulância vai nos ajudar muito”, declarou.

O prefeito de Santa Helena, Zezildo Almeida, também destacou os benefícios que a ambulância trará para o município e agradeceu a entrega da unidade. “A saúde de Santa Helena estava completamente abandonada e, logo que assumimos o governo, começamos a reestruturar a saúde do município. Agradeço ao governador Flávio Dino e ao deputado Othelino Neto, que estão juntos nessa caminhada conosco pela melhoria do sistema de saúde do nosso município”, frisou.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, disse que a entrega dessas quatro ambulâncias encerram a primeira fase do programa, que já contemplou mais de 100 municípios e deve atender todos os 217 até o fim do ano. “Com esse programa revolucionamos o sistema de transporte sanitário do estado, melhoramos a rede de saúde e trazemos uma segurança a todos”, finalizou.

Deputado destaca entrega de ônibus escolares e emendas para aquisição de ambulâncias

Othelino destaca entrega de ônibus escolares  e emendas para aquisição de ambulâncias

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) repercutiu, na sessão desta quinta-feira (06), a entrega, pelo governador Flávio Dino (PCdoB), de vários ônibus escolares para serem usados na rede pública municipal. Segundo o parlamentar, mais uma vez, o governo do Estado colabora com uma área que não é a sua obrigação, que é o ensino fundamental.

“O governador, ao justificar a doação dos ônibus para os municípios, foi sob um argumento muito forte, pois não tem como se fortalecer a educação, o ensino médio, se o ensino fundamental também não tiver bem alicerçado, por isso os ônibus, as escolas dignas e os outros suportes que o governo do Estado vem dando”, ressaltou.

Othelino Neto fez uma referência, em especial, à entrega dos ônibus para os municípios de São Bento e de Vargem Grande. Segundo ele,  os prefeitos Luizinho Barros (PCdoB) e Carlinhos Barros (PCdoB),   quando estiveram com o governador e, dentre as reivindicações que apresentaram, entre os pedidos que foram feitos no sentido de fortalecer a parceria entre o Estado e o município, falaram da necessidade de aumentar a quantidade de ônibus escolares. E Flávio Dino atendeu a solicitação e entregou os ônibus.

O prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros, com sua comitiva, recebeu o ônibus e, prontamente, já agradeceu e disse que será muito útil para o município, até pelas dimensões territoriais. Da mesma forma, Luisinho Barros, de São Bento, agradeceu e disse que a cidade precisava muito desse veículo. “Então, foi realmente um momento marcante, onde, mais uma vez, o governador Flávio Dino mostra que este é o governo da educação”, disse.

Ambulâncias

Na tribuna, Othelino fez questão de ressaltar ainda que, nesta sexta-feira (06), haverá mais uma solenidade de entrega de ambulâncias. O governo do Estado estará disponibizando um equipamento importante para atender os municípios, entre elas duas foram adquiridas por meio de emenda do parlamentar: a de Santa Helena e a de Vargem Grande. “O prefeito Zezildo Almeida já inclusive vinha, repetidas vezes, pedindo que viabilizássemos uma ambulância para Santa Helena, que estava e está enfrentando muitas dificuldades com veículos que tem, por serem antigos e agora foi possível e, por meio desta emenda, que apresentei ainda no final do ano passado”, disse.

Othelino disse que o anúncio da entrega da ambulância causou grande repercussão em Santa Helena. “Várias pessoas, não só nas redes sociais comentando e agradecendo ao governador, como também por meio de ligações e de mensagens enaltecendo este cuidado com a população da cidade”, disse.

O deputado também citou a destinação de emenda, no final do ano passado, para aquisição de uma ambulância para o município de Vargem Grande, a pedido do prefeito Carlinhos Barros. O veículo também será entregue nesta sexta-feira (06) para que possa atender melhor a população. “E assim vão se cumprindo os compromissos de melhorar a vida das pessoas”, frisou.

No final do pronunciamento, Othelino Neto fez um reconhecimento aos avanços que vêm sendo alcançados pelo governo Flávio Dino. “Nós, em breve, chegaremos ao ponto no Maranhão de não mais vermos estudantes frequentando escola de taipa, não mais vermos pessoas sendo transferidas para hospitais em carrocerias de carro. No ritmo que vamos, com este processo acelerado de mudança para melhor que o Maranhão vem passando e, em breve, esses indicadores, que até outro dia envergonhavam o Estado, serão, se Deus quiser, coisa do passado e nós poderemos dizer que nós ajudamos a mudar esta terra para melhor”, concluiu.

MP estoura fraude em licitação e responsabiliza suspeitos em Presidente Vargas…

A ex-prefeita de Presidente Vargas (termo judiciário da comarca), Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes, Walterlino de Jesus Uchôa Costa (ex-secretário municipal de Administração, Planejamento, Arrecadação e Finanças), Benedito de Jesus Bezerra Freitas (presidente da Comissão Permanente de Licitação), a empresa Esmeralda Locações Construções e Serviços Ltda. e seu representante legal, Oswaldo Bertulino Soares Júnior, vão ter que responder por crime de fraude em licitação pública.

A Promotoria de Justiça de Vargem Grande ingressou com uma Ação Civil Pública contra o grupo. A peça baseia-se em irregularidades na Tomada de Preços n° 05/2014, que teve como objeto a “execução de serviços de construção de Unidades Básicas de Saúde, em apoio às atividades do município de Presidente Vargas-MA”. O valor global do contrato foi de R$ 814.398,08.

A Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça apontou diversas irregularidades no procedimento licitatório, como a falta de documentos delegando ao secretário de Administração a tarefa de autorizar licitações e à secretária municipal de Saúde o poder de assinar contratos. Foram apontados, ainda, documentos sem assinaturas, falhas no parecer jurídico e falta de publicidade, entre outros problemas.

“Vê-se que o comportamento dos réus é desonesto, pois, em comunhão de vontades, frustraram o processo licitatório, o que causou dano ao Município de Presidente Vargas, ante a prova clara de direcionamento da licitação, haja vista que a empresa Esmeralda Locações Construções e Serviços Ltda. foi a única a apresentar proposta e, consequentemente, a vencedora. Isso demonstra o objetivo claro de frustrar o procedimento licitatório, restringindo a competitividade, impedindo outras empresas de participarem do processo licitatório apresentando propostas e preços mais vantajosos aos cofres públicos”, observou o promotor de justiça, Benedito Coroba, autor da ação.

O Ministério Público do Maranhão pede, em medida liminar, que a Justiça determine a indisponibilidade dos bens dos réus.

Além disso, se condenados por improbidade administrativa, Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes, Walterlino de Jesus Uchôa Costa, Benedito de Jesus Bezerra Freitas, Oswaldo Bertulino Soares Júnior e a empresa Esmeralda Locações Construções e Serviços Ltda. estarão sujeitos ao ressarcimento de R$ 162.879,61 (cada um), suspensão dos direitos políticos por até oito anos, pagamento de multa de R$ 1.628.796,16 (valor individual) e proibição de contratar ou receber qualquer benefício do Poder Público pelo prazo de cinco anos.

DENÚNCIA

Além de improbidade administrativa, a conduta dos acusados também configura crime previsto na Lei de Licitações (8666/93), o que levou o Ministério Público a ingressar, também, com uma denúncia, em 25 de abril.

Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes, Walterlino de Jesus Uchôa Costa, Benedito de Jesus Bezerra Freitas, Oswaldo Bertulino Soares Júnior são acusados de “frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação”. A pena prevista é de detenção de dois a quatro anos, além de multa.

Deputado e secretário de Saúde discutem ampliação de hospital em Vargem Grande

Durante a visita, Othelino Neto destacou que Vargem Grande vai receber, nos próximos dias, uma ambulância, fruto de emenda parlamentar de sua autoria

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), acompanhou, nesta segunda-feira (20), ao lado do prefeito Carlinhos Barros (PCdoB), o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, a uma visita a equipamentos de saúde no município de Vargem Grande.  Eles foram ao Hospital Municipal Benito Mussoline de Sousa, ao Centro Santa Maria Bertilla, coordenado pelas Irmãs Doroteias, Filhas dos Sagrados Corações e, ainda, à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no qual funciona o Centro de Reabilitação “Maria Delzuita Viana”.

Segundo Othelino Neto, a visita foi importante para que o secretário Carlos Lula conhecesse a realidade da Saúde de Vargem Grande. “Fomos ao Hospital Municipal, que hoje está funcionando melhor do que no mês de dezembro do ano passado. Após reunirmos com o prefeito, discutimos parcerias entre Estado e município para melhorarmos o atendimento às pessoas”, disse o deputado.

Durante a visita, Othelino Neto destacou que Vargem Grande vai receber, nos próximos dias, uma ambulância, fruto de emenda parlamentar de sua autoria.

Nos próximos dias, acontecerá uma reunião em São Luís para definir se o Estado, junto com a Prefeitura de Vargem Grande, vai ampliar o hospital já existente, inclusive adquirindo novos equipamentos, ou se o caminho seria construir um novo hospital numa área indicada pelo prefeito Carlinhos Barros.

O Hospital Municipal Benito Mussoline de Sousa, da rede de urgência e emergência, tem capacidade para atender o público adulto e infantil da região.

“A gente veio conhecer o sistema de saúde municipal, identificamos que, em poucos meses, o município já avançou e pode avançar mais e, para isso, ele precisa da parceria com o governo do Estado. Por isso, conhecemos o Hospital Municipal e algumas das estruturas que servem à Saúde do município, para que a gente possa equipá-las e dotá-las do que há de mais moderno em Saúde Pública, como o governo Flávio Dino tem feito em várias cidades do Maranhão”, disse o secretário Carlos Lula.

Em visita ao hospital, o secretário avaliou a possibilidade de ampliar a capacidade de atendimento da unidade. “Montando a estrutura para, por exemplo, receber parto normal, onde receberia por mês do Sistema Único de Saúde algo em torno de R$ 80 mil a R$ 100 mil, mas, além disso, dotando a unidade de uma estrutura mais moderna”, pontuou.

O Centro Santa Maria Bertilla, que realiza mensalmente mais de 700 consultas médicas por mês, além de cerca de 180 consultas de enfermagem e 140 exames de ultrassom, assim como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no qual funciona o Centro de Reabilitação ¨Maria Delzuita Viana”, também foram visitados.

Para o prefeito Carlinhos Barros, o governo vem identificando melhor as necessidades de cada região. “É importante o secretário Carlos Lula visitar o município e conhecer de perto a realidade da saúde pública municipal”, ressaltou.

A cidade de Vargem Grande tem cerca de 57.710 habitantes. De acordo com a Prefeitura, a gestão municipal também atende  os municípios de Nina Rodrigues, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto e Belágua.

Othelino destina emenda para o Sistema de Abastecimento de Água de Vargem Grande

Foto-legenda - O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado

O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado

vargem-grandedois2510

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), garantiu, nesta terça-feira (25), a obra de ampliação e recuperação do Sistema de Abastecimento de Água e construção de nova adutora  para o município de Vargem Grande. Ele fez o anúncio durante reunião com o prefeito eleito Carlinhos Barros (PCdoB), acompanhado de comitiva, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) e o secretário estadual de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, no Palácio dos Leões.

A obra do governo do Estado contará com emenda parlamentar, no valor de R$ 1 milhão, destinada ao município por Othelino Neto. Na próxima semana, uma equipe da Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (Caema) já irá a Vargem Grande para as primeiras providências.

Durante a reunião, o prefeito e Othelino fizeram uma exposição de motivos sobre o grave problema de falta de água em Vargem Grande. Sensível à causa, o governador autorizou a obra e discutiu com a comitiva outras necessidades da população de Vargem Grande.

“O problema número um de Vargem Grande é, justamente, a falta de água que prejudica a população do município. É com muita satisfação que estou destinando R$ 1 milhão de emenda parlamentar para essa obra de ampliação do sistema de abastecimento de água, ajudando a acabar com esse sofrimento”, disse.

Participaram da reunião, além do governador, do prefeito, de Othelino e de Márcio Jerry, o vice-prefeito eleito, Jorge Fortes, o vereador Germano Barros (PSD) e a equipe de transição da nova administração. O encontro marcou o início do diálogo entre a próxima gestão e o governo do Estado para a construção de parcerias, sobretudo nas áreas de abastecimento de água, saúde e infraestrutura.

Reunião proveitosa

De acordo com Carlinhos Barros, a conversa foi bastante proveitosa e, com certeza, levará muitos benefícios para uma cidade que está há mais de 30 anos atrasada em relação às outras circunvizinhas.

“Trouxe um relato da situação em que se encontra a nossa cidade e vim pedir ajuda para que a gente faça as parcerias necessárias. E o governador se comprometeu a nos ajudar. Espero para que a gente dê passos bem largos”, ressaltou o prefeito eleito.

Eleito com 65% dos votos em Vargem Grande, Carlinhos Barros listou algumas prioridades durante a conversa com o governador e disse que a maior delas será ampliar o sistema de abastecimento de água no município, que supre também Nina Rodrigues e só tem capacidade para atender dez mil pessoas quando a cidade já tem uma população de mais de 60 mil habitantes.

O encontro com o  prefeito eleito de Vargem Grande é mais uma das dezenas de reuniões que o governador Flávio Dino está tendo com os prefeitos eleitos no pleito de 2016 para iniciar a discussão das parcerias que visam à elaboração de políticas públicas e à melhoria da qualidade de vida dos maranhenses.