Corpo de Cafeteira é velado no plenário da Assembleia Legislativa…

Corpo deve sair da Assembleia antes das 9h para sepultamento

O corpo do ex-governador Epitácio Cafeteria chegou ao Plenário da Assembleia Legislativa por volta das 16h30 para ser velado, com honras de chefe de Estado, por deputados, amigos, familiares e autoridades. Comoção e homenagens marcaram o cortejo do corpo do aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado até a sede do Parlamento Estadual, onde permanecerá até amanhã (15). O sepultamento acontecerá no Cemitério do Gavião, na Madre Deus, às 9h.

Familiares, amigos e ex-auxiliares de Epitácio Cafeteira foram ao aeroporto. Um deles foi o deputado estadual e sobrinho do ex-senador, deputado Rogério Cafeteira (DEM), que, ao lado da viúva Isabel e da filha Janaína, acompanhou o translado, conduzido pelo Corpo de Bombeiros.

“O senador sempre esteve presente na minha vida e ficará marcado pela sua história de trabalho vitoriosa na política. Ele deixa um importante legado para o Maranhão. . Agradeço as mensagens de carinho e conforto de todos”, afirmou.

Entre os ex-auxiliares, estavam o ex-secretário de Comunicação da gestão do governo de Cafeteira, o jornalista Ademário Cavalcanti, acompanhado da filha, a promotora Lítia Cavalcanti. O jornalista fez questão de ir prestar a última homenagem ao amigo.

No plenário da Assembleia, o padre Eduardo Carneiro Barbosa conduziu a celebração das santas exéquias. O velório estará aberto a todos que quiserem prestar as últimas homenagens ao ex-governador.

Morre Epitácio Cafeteira; Velório acontecerá na Assembleia

Epitácio Cafeteria enfrentava problemas de saúde

O ex-senador Epitácio Cafeteira faleceu, neste domingo (13), em Brasília, aos 93 anos. Ele exerceu os cargos de governador, senador, deputado federal e prefeito de São Luís. A morte dele comoveu populares e a classe política do Maranhão.

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão informou, em nota, que o corpo do ex-governador Epitácio Cafeteira será velado em São Luís, na sede do Poder Legislativo Estadua, no Cohafuma.

O horário da cerimônia ainda será confirmado pela família.

Em razão do falecimento do ex-governador Epitácio Cafeteira, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), decretou luto oficial de três dia no parlamento estadual.

Em nota, presidente da Assembleia lamentou morte de Cafeteira

É com grande pesar que a Assembleia Legislativa do Maranhão recebeu a notícia da morte do ex-senador Epitácio Cafeteira, tio do deputado estadual Rogério Cafeteira. Ele tinha 93 anos, residia em Brasília, e estava em uma UTI residencial, devido a seu delicado estado de saúde.

Epitácio Cafeteira era natural da Paraíba, mas veio ainda pequeno para o Maranhão e se destacou na política, ocupando todos os cargos que um político pode desempenhar em seu estado.

Deixou seu legado na história do Maranhão, tendo exercido os cargos de governador, senador, deputado federal e prefeito da capital São Luís.

Aqui constituiu família. Deixa viúva a senhora Isabel Cafeteira; a filha Janaína Cafeteira Afonso Pereira e os netos Epitácio Cafeteira Neto e Afrânio Cafeteira Nava.

Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão se solidariza com o deputado Rogério Cafeteira, com toda a família, amigos e admiradores do ex-senador Epitácio Cafeteira, rogando a Deus que conforte a todos.

Pela inestimável perda e toda a trajetória do ex-senador Epitácio Cafeteira, decreto luto oficial de três dias, a contar de hoje.

São Luís, 13 de maio de 2018

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

Últimas homenagens – Maranhenses se despedem de João Castelo…

Centenas de pessoas foram ao velório de Castelo

Imagem do velório na Assembleia Legislativa

Os maranhenses se despedem do líder político, João Castelo (PSDB), nesta segunda-feira (12). Centenas de pessoas foram ao velório na Assembleia Legislativa e seguiram para o enterro no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.

Quando foi governador, principalmente, Castelo conquistou o carinho de muitos maranhenses que empregou e efetivou na década de 80. Suas obras, como o estádio Castelão, a Cidade Operária, o Italuís e o Maiobão, por exemplo, marcaram o período em  que foi governador do Maranhão.

O deputado federal maranhense João Castelo Ribeiro Gonçalves  faleceu, na manhã de domingo (11), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

João Castelo encontrava-se com estado de saúde delicado e estava internado desde o dia 31 de outubro. Ele ficou em coma permanente desde o dia 10 de novembro, quando realizou uma cirurgia no miocárdio.

Castelo nasceu em Caxias, em 19 de outubro de 1937. Era graduado em Direito pela CEUB (Brasília) e Técnico em Administração, pelo CFTA (Rio de Janeiro). Estava no quinto mandato de deputado federal e também exerceu os cargos de governador, senador, prefeito da capital maranhense e presidente da EMAP.