Te cuida, Waldir! Zé Reinaldo volta atrás e declara que estará com Roberto Rocha

José Reinaldo corre para não ter seu nome substituído pelo também pré-candidato ao Senado, Waldir Maranhão

O deputado federal e pré-candidato ao Senado, José Reinaldo (PSDB), voltou a flertar com o senador e pré-candidato ao Governo do Estado pelo PSDB, Roberto Rocha. Em entrevista ao Jornal Pequeno, ele refirmou sua pré-candidatura e a intenção de apoiar o senador.

“Não existe lógica em não apoiar um membro do meu próprio partido. Se estou filiado ao PSDB, onde destaco que fui muito bem recebido, é óbvio que apoio Roberto Rocha ao Governo do Maranhão”, afirmou José Reinaldo.

Leia mais: Dois partidos não participarão das eleições de 2018 no Maranhão

Sobre a sua não participação em eventos ao lado de Roberto Rocha, Reinaldo fala que, pelo acidente sofrido no início do mês, interrompeu suas viagens. Na primeira viagem do PSDB, ele já havia marcado alguns compromissos antes e explicou que não poderia ir com os pré-candidatos liderados pelo Roberto. Em seguida, não foi mais comunicado oficialmente de nenhuma das viagens.

Pelas declarações, José Reinaldo corre para não ter seu nome substituído pelo também pré-candidato ao Senado, Waldir Maranhão. Um realinhamento com Roberto Rocha e o ex-prefeito Sebastião Madeira seria a única forma de garantir sua candidatura pelo PSDB.

 

Leia mais: Waldir Maranhão, Zé Reinaldo e a disputa interna pelo Senado no PSDB

Leia mais: Convenção do PSDB já tem data marcada

Waldir Maranhão, Zé Reinaldo e a disputa interna pelo Senado no PSDB

Waldir Maranhão atropela Zé Reinaldo de todo jeito na briga interna no PSDB

A Coluna Expresso, da Revista Época, chamou o deputado federal Waldir Maranhão de “cicerone especial” do pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. Segundo o veículo, durante a passagem de Alckmin pelo Maranhão, o neotucano não “desgrudou” do presidenciável.

Para Época, Maranhão ainda sonha em disputar uma vaga ao Senado e “adoraria receber a bênção de Alckmin para se candidatar”.

O problema é que a insistência de Waldir Maranhão pode acentuar, ainda mais, a crise no ninho tucano.

A convenção do PSDB maranhense está marcada para o dia 4 de agosto, quando serão oficializadas as candidaturas do partido. Até lá, Waldir Maranhão vai ter que derrubar os correligionários, deoudeput Alexandre Almeida e Zé Reinaldo, e provar que tem alguma chance na disputa.

Convenção do PSDB já tem data marcada

Na Convenção, será oficializada a candidatura do senador Roberto Rocha para o Governo do Estado. Os dois candidatos para o Senado Federal e a vaga de vice-governador também serão definidos

O diretório do Partido da Social Democracia Brasileira, no Estado do Maranhão, já tem data marcada para sua Convenção. A data escolhida pela executiva estadual é o dia 04 de agosto.

Na Convenção, será oficializada a candidatura do senador Roberto Rocha para o Governo do Estado. Os dois candidatos para o Senado Federal e a vaga de vice-governador também serão definidos.

Três pré-candidatos disputam a indicação do PSDB para o Senado: Alexandre Almeida, José Reinaldo e Waldir Maranhão.

A vaga de candidato a vice-governador na chapa de Roberto Rocha ainda não foi definida. Tudo indica que será um nome do próprio partido. Ou seja, sem reais possibilidades de alianças relevantes, o caminho é sair “puro sangue”.

Roberto Rocha é o segundo pré-candidato a definir a data da oficialização de seu nome. O primeiro foi o governador Flávio Dino (PCdoB) que terá no dia 28 de julho seu nome oficializado para a disputa ao Governo do Estado.

Waldir Maranhão cola em Roberto Rocha e Geraldo Alckmin para garantir vaga ao Senado

Para se mostrar fiel ao projeto nacional do PSDB, Waldir também colou em Geraldo Alckmin. E sempre se faz presente nos eventos da executiva nacional e nas passagens de Alckmin pelo Maranhão

O deputado federal Waldir Maranhão (PSDB), esteve com o pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin, em sua passagem pela cidade de Imperatriz.

Já totalmente alinhado ao projeto do pré-candidato ao Governo do Maranhão, o senador Roberto Rocha, Waldir garantiu todas as chances de ter seu nome escolhido para a segunda vaga na chapa tucana.

Leia mais: Roberto Rocha manda recado para José Reinaldo

Para se mostrar fiel ao projeto nacional do PSDB, Waldir também colou em Geraldo Alckmin. E sempre se faz presente nos eventos da executiva nacional e nas passagens de Alckmin pelo Maranhão.

Observando a briga interna entre o deputado federal José Reinaldo (PSDB) e a ala de Roberto Rocha e do ex-prefeito Sebastião Madeira, Waldir mostrou-se um articulador e vem viabilizando sua pré-candidatura desde então, podendo deixar José Reinaldo fora da chapa majoritária tucana.

 

Leia mais: Geraldo Alckmin no centro da confusão do PSDB maranhense

Roberto Rocha manda recado para José Reinaldo

Com a aproximação da Convenção Estadual do PSDB, José Reinaldo pode ver sua vaga para o senado ser destinada ao ex-deputado Waldir Maranhão, caso ele “não caminhe com a família 45”

Em vídeo que circula nas redes sociais, o senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Roberto Rocha (PSDB), dá uma clara mensagem ao deputado federal José Reinaldo (PSDB).

Em seu novo momento, o PSDB tenta superar as crises internas e iniciou há duas semanas uma caravana de visitas às cidades maranhenses. Todas as reuniões sem a presença de José Reinaldo, que também é pré-candidato ao Senado Federal.

“Nós temos uma família. A família 45 tem candidato a presidente, governador, a senador, deputados federais e estaduais. Quem quer mostrar que faz parte da família 45 está andando conosco”, disse Roberto em uma mensagem encaminhada ao deputado federal.

Leia mais: Geraldo Alckmin no centro da confusão do PSDB maranhense

José Reinaldo deu fortes declarações evidenciando suas articulações para levar o PSDB a apoiar a pré-candidatura do deputado estadual Eduardo Braide (PMN), o que provocou ira em dirigentes tucanos, como o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.

Nesse novo momento, vemos a adesão do também pré-candidato ao Senado, o deputado federal Waldir Maranhão, ao projeto oficial do PSDB.

Com a aproximação da Convenção Estadual do PSDB, José Reinaldo pode ver sua vaga para o senado ser destinada ao ex-deputado Waldir Maranhão, caso ele “não caminhe com a família 45”.

Leia mais: Os dois lados do PSDB no Maranhão

Leia mais: Roberto Rocha ganha força e dificulta articulações de José Reinaldo

Geraldo Alckmin no centro da confusão do PSDB maranhense

Se já não bastasse ter de viabilizar sua campanha, o pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, ainda terá de gerenciar uma crise no partido no Maranhão. Foto: Karlos Geromy

A Revista Época noticiou, nesta segunda-feira (18), a briga interna que vive o PSDB no Maranhão, tendo o senador Roberto Rocha de um lado e o deputado federal José Reinaldo na outra ponta.

“Se já não bastasse ter de viabilizar sua campanha, o pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, ainda terá de gerenciar uma crise no partido no Maranhão. O senador Roberto Rocha, candidato ao governo do estado, e o deputado federal José Reinaldo, candidato ao Senado, estão se bicando. Reinaldo estimula a candidatura do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) ao governo estadual, o que irrita Rocha”, escreveu a colunista Murilo Ramos.

A matéria destaca outra disputa que envolve a escolha do segundo nome da chapa tucana para o Senado Federal. “Quem acompanha tudo com atenção é o ex-presidente da Câmara Waldir Maranhão, recém-filiado ao PSDB e interessado em disputar uma vaga no Senado. O ex-reitor torce para que Reinaldo fique fora do páreo”.

Em meio à crise e disputa interna, Roberto Rocha faz pouco caso de Zé Reinaldo e já está se movimentando e realizando reuniões em cidades do interior e tem carregado Waldir Maranhão em suas andanças.

A aproximação de Rocha e Waldir mostra a manobra de Rocha em tirar José Reinaldo da disputa para o Senado.

Já José Reinaldo tenta levar o PSDB para apoiar a pré-candidatura do deputado estadual, Eduardo Braide (PMN), o que também irrita outra figura do PSDB, o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. A briga interna vai tomando proporções cada vez maiores, o que deixa o PSDB com um destino incerto no Maranhão

Os dois lados do PSDB no Maranhão

Após vários anos de crescimento do PSDB no comando do vice-governador Carlos Brandão, hoje no PRB, o partido encontra-se dividido

O PSDB no Maranhão passa uma situação um tanto quanto inusitada. Após vários anos de crescimento no comando do vice-governador Carlos Brandão, hoje no PRB, o partido encontra-se dividido.

Às vésperas de uma eleição, o PSDB está dividido em apoiar uma candidatura própria, encabeçada pelo senador Roberto Rocha, ou apoiar a candidatura do deputado Eduardo Braide, projeto capitaneado pelo deputado federal e pré-candidato ao Senado, José Reinaldo.

Na última quinta-feira (14), em uma reunião realizada na sede estadual do PSDB, pré-candidatos reuniram-se para discutir questões eleitorais como tempo de televisão e coligações. O alinhamento ao projeto do partido como a pré-candidatura do senador Roberto Rocha ao governo do estado, também foi debatido.

Na reunião que foi comandada por Sebastião Madeira, Clodomir Paz, Waldir Maranhão e Alexandre Almeida foram recolhidas assinaturas dos pré-candidatos presentes em apoio à candidatura de Roberto Rocha e repudiando outro posicionamento que não seja o projeto próprio do PSDB.

Na outra ponta, José Reinaldo continua articulando levar o apoio do PSDB à pré-candidatura de Eduardo Braide. O ex-governador considera Roberto Rocha fraco para a disputa ao governo.

No início do mês José Reinaldo anunciou o nome do primeiro suplente de sua candidatura, o advogado Catulé Júnior, de Caxias. A indicação não teve o conhecimento de membros do PSDB maranhense.

José Reinaldo também faz questão de não participar dos eventos promovidos por Roberto Rocha, evidenciando o clima de disputa da legenda.

Waldir Maranhão desafia PSDB e continua com sua pré-candidatura ao Senado

Mesmo com a decisão do PSDB, Waldir Maranhão continua tocando sua pré-candidatura de olho no Senado Federal

O deputado federal, Waldir Maranhão (PSDB), parece desafiar seu partido, o senador Roberto Rocha, o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, e o pré-candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin.

Apesar de todos se pronunciarem sobre a formação oficial da chapa majoritária do PSDB no Maranhão, tendo o deputado estadual, Alexandre Almeida, e o deputado federal, José Reinaldo, como pré-candidatos a senador, Waldir Maranhão continua tocando sua pré-candidatura de olho no Senado Federal.

Em recente visita ao município de Balsas, Waldir Maranhão reuniu lideranças políticas e reafirmou sua candidatura. O deputado continua com a mesma tática, de quando pertencia ao grupo governista.

Basta saber se o pré-candidato ao governo, o senador Roberto Rocha, vai aceitar Waldir Maranhão, ao invés do jovem Alexandre Almeida. A disputa interna está acirrada no PSDB, já que Alexandre retirou sua candidatura à reeleição como deputado estadual.

Ainda de olho na disputa pelo Senado, Waldir Maranhão pode gerar crise interna no PSDB maranhense…

Waldir foi para o PSDB, mas sem chance de sair candidato ao Senado

Apesar de ter sido descartado por vários partidos e acabar se filiando às pressas no isolado PSDB maranhense, o deputado federal Waldir Maranhão ainda não desistiu de uma possível candidatura ao Senado, nem que para isso tenha que atropelar o seu atual correligionário, o deputado estadual Alexandre Almeida.

O PSDB do Maranhão já fechou a chapa majoritária da legenda da seguinte forma: o senador Roberto Rocha será o candidato ao governo, e para o Senado pretende lançar as candidaturas de Alexandre Almeida e do deputado federal Zé Reinaldo Tavares.

Em sua passagem por São Luís, até mesmo o presidenciável Geraldo Alckmin deixou claro que esta é a chapa fechada no Maranhão.

Apesar da decisão firme da legenda, após entrevista a uma rádio de São Luís, Waldir Maranhão disse em uma rede social que “coloca seu nome à disposição da população maranhense para disputar uma vaga ao Senado Federal”.