Tv Mirante, Comunismo e Flávio Dino…

VEJA AQUI A ENTREVISTA:

Repercute ainda muito a entrevista do candidato da coligação “Todos pelo Maranhão”, Flávio Dino, ao JMTV da Mirante, na última sexta-feira (22), sobretudo por alguns questionamentos apresentados. A princípio, eu não iria comentar as perguntas feitas, no jornal, pois respeito muito os meus colegas de profissão, mas refletindo, acredito que eles apenas cumpriram ordens e que a postura do sistema merece, sim, ser comentada.

Para começar, não acredito que a pergunta sobre se “Flávio Dino implantaria o Comunismo no Maranhão” tenha sido pensada pelo jornalista Sidney Pereira, um profissional com muitos anos de experiência e trabalho reconhecido que se destaca sempre por produções em nível nacional. Imagino que ele tenha apenas se voltado para o roteiro, para uma pauta de questionamentos, estabelecida segundo os interesses do sistema para o qual trabalha.

Como bem respondeu Flávio Dino, até perplexo com a pergunta e com razão, governador nenhum pode determinar um sistema, uma ideologia para um Estado que faz parte de um país que já tem tudo isso definido na Constituição Federal. Nenhuma unidade da Federação tem autonomia para mudar isso.

Mínimo de conhecimento

Qualquer pessoa, com um mínimo de conhecimento, sabe que o sistema econômico adotado pelo Brasil é o Capitalismo, apesar de ser governado pelo PT, um partido de esquerda, que tem o Socialismo como uma de suas bandeiras.

Nem por isso, os presidentes Lula e Dilma Rousseff, petistas e socialistas, rasgaram a Constituição para implantar no Brasil o Socialismo ou o Comunismo. Flávio Dino que haveria de ter esse poder para tirar o Maranhão do Capitalismo? Sistema de governo, forma de governo e sistema de economia são determinados e adotados por um país e não por unidade da Federação.

Outra coisa ridícula foi a tentativa de contrapor Comunismo com religião ou Cristianismo para tentar intimidar Flávio Dino. Sobre isso, concordo com o que disse, neste sábado (23), o socialista Marcos Silva. Segundo ele, “não existem contradições na sociedade entre o Cristianismo e o Comunismo. Pois o primeiro prega a comunhão entre as pessoas e o reino do céu, como espaço igualitário para todos que obtêm a salvação. E o segundo, a comunhão entre as pessoas no reino da terra com uma economia voltada para salvar as pessoas das necessidades econômicas e que só será possível caso exista uma concepção igualitária “.

Concluindo, as perguntas patéticas, relacionadas pelo Sistema Mirante, apenas deixaram Flávio Dino à vontade para deitar, rolar e dar um show de informação. O que foi elaborado com a intenção de expor, negativamente, o candidato, caiu-lhe como uma luva, ou melhor como um verdadeiro presente. VEJA O VÍDEO ACIMA.