Othelino critica Luciano Genésio por tentar punir população de Presidente Sarney

O deputado lamentou, na tribuna, a atitude de Luciano Genésio e disse que os hospitais são pólos e remunerados para atender a população de Pinheiro e de outros municípios da região

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) repercutiu, na sessão desta segunda-feira (18), fato lamentável envolvendo o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, que, em represália à população de Presidente Sarney, por ter sido criticado por um radialista, ameaçou suspender atendimento dos hospitais a pacientes daquele município. Segundo o parlamentar, a crítica foi pontual à gestão e não se admite que isso sirva de pretexto para punir o povo, como se atender as pessoas fosse um favor à cidade vizinha.

Após ser criticado num programa de rádio, Luciano Genésio se zangou e mandou um áudio ao comunicador, informando que se o mesmo continuasse questionando a administração dele, a partir desta segunda-feira (18), os Hospitais Antenor Abreu e Materno Infantil estariam fechados para a população de Presidente Sarney como uma vingança à população. “Coisa de quem não sabe ouvir uma crítica e de gente que não tem equilíbrio para governar uma cidade do tamanho e da importância da cidade de Pinheiro”, frisou.

Othelino lamentou, na tribuna, a atitude de Luciano Genésio e disse que os hospitais são pólos e remunerados para atender a população de Pinheiro e de outros municípios da região, incluindo Presidente Sarney. “Creio que aquilo foi um rompante de raiva do prefeito, mas ficou muito feio, porque esse áudio, certamente, as pessoas ouviram e se envergonharam de ver um gestor dizer uma besteira daquelas em razão de uma simples crítica feita num veículo de comunicação, apenas porque a emissora tem ligação com o ex-deputado Penaldon Jorge, hoje superintendente estadual de Articulação Política da Baixada Maranhense. Perdeu a oportunidade de ficar calado. Deveria se concentrar mais em cuidar da cidade”, comentou.

Salários atrasados

O deputado disse  que  há informações de que setores da Prefeitura de Pinheiro já estão, há três meses, com os salários atrasados. “Ao invés de ficar dando chilique e mandando áudio para um radialista que o criticou, Luciano deve procurar se concentrar em cuidar mais da cidade, afinal de contas foi eleito para esta finalidade. A população deu um voto de confiança para que ele faça um bom trabalho, para que promova a mudança e não para que fique em confusões e com declarações agressivas com relação à população do município vizinho e nem atrasando salários”, disse.

Segundo Othelino Neto, a crítica feita por ele na tribuna se justifica porque a população de Presidente Sarney merece respeito. De acordo com ele, quando os profissionais dos hospitais Antenor e Materno Infantil atendem as pessoas, estão cumprindo com o seu dever, porque são servidores públicos remunerados para essa finalidade.

“O prefeito não é dono de hospital. Ele é apenas o gestor. E, aliás, é bom que pague o salário dos servidores em dia, porque todos merecem e precisam dos seus vencimentos para honrar as suas contas e prover o seu sustento e de seus familiares”, concluiu.

Em meio a articulações para barrar 2ª denúncia, Temer chama Sarney no Jaburu

Por Andrea Sadi

Sarney e Temer tramam para neutralizar segunda grave denúncia

O presidente Michel Temer chamou, no domingo (18), o ex-presidente José Sarney no Palácio do Jaburu para discutir o cenário político em meio à segunda denúncia do procurador Rodrigo Janot contra o presidente e a cúpula do PMDB.

A conversa ocorreu após Temer se reunir nos últimos dois dias com aliados e advogados, em São Paulo e em Brasília, para discutir a estratégia jurídica contra a nova denúncia por obstrução de justiça e organização criminosa.

Temer se aconselha com Sarney desde que assumiu a presidência e passou a enfrentar graves crises políticas.

Em agosto,  Sarney esteve com Temer para discutir cargos de indicação política no setor de energia, ameaçados com o plano de privatizações.

Peemedebistas do Senado – grupo de Sarney – se queixaram ao governo da possível perda de espaço com o plano de privatizações.

Procurada pelo blog, a assessoria do Palácio do Planalto confirmou o encontro com Sarney, mas disse que ele fez uma “visita de cortesia” e “pediu para o presidente levar um abraço ao ao seu amigo, o secretário-geral da ONU, António Guterres, com quem Temer encontrará na Assembleia Geral em NY. E contou da grande amizade que eles (Sarney e Guterres) têm de “longa data”.

Nesta segunda-feira (18), Temer irá à posse da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, onde deve discursar. Logo depois, embarca para os EUA, onde participa da Assembleia-Geral da ONU.

Início da pavimentação da MA-012 em Barra do Corda repercute na Assembleia

 

Inácio da obra foi destaque no plenário da Assembleia

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão desta segunda-feira (18), o início da pavimentação histórica do trecho da MA-012, entre Barra do Corda e São Raimundo Doca Bezerra, no povoado Centro dos Ramos. Ele acompanhou os primeiros serviços da obra do governo Flávio Dino (PCdoB), ao lado do prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, e dos secretários Márcio Jerry (Comunicação e Assuntos Políticos) e de Clayton Noleto (Infraestrutura).

“Essa obra era uma verdadeira lenda. Quando chegava perto de campanhas, o candidato a governador, ou candidata, prometia que ia fazer, pavimentar, mas passavam as eleições e o povo ficava esperando e não acontecia nada. É mais uma das muitas lendas que havia no Maranhão, tal qual a ponte sobre o rio Novo, no município de Paulino Neves, que, muitas vezes, foi prometida, mas só agora foi feita; como a ponte do Balandro, em Bequimão, que muitos prometeram, mas foi feita mesmo pelo governador Flávio Dino”, comentou Othelino.

Na tribuna, o deputado disse que foi muito bom ver a felicidade das pessoas e os depoimentos a respeito da MA-012. Ele reiterou que essa estrada vai ligar duas regiões importantes do Estado, uma obra de mais de R$ 30 milhões. “Hoje se iniciou a pavimentação dessa MA e foi muito bom ter estado lá, porque aquela foi uma promessa do governador Flávio Dino na campanha, que foi reforçada quando esteve algumas vezes em Barra do Corda”, lembrou.

Para Othelino Neto, o governador Flávio Dino  mostra que faz diferente de  outros que já passaram pelo governo e se trata de mais um compromisso de campanha que ele está cumprindo. “Repito e enfatizo,  apesar das grandes dificuldades financeiras que o país todo passa, o Maranhão hoje tem mais de 800 obras em andamento, só  do Programa Mais Asfalto. Então, isso é razão de muita alegria”, disse.

Investimentos

O governo também investe R$1,9 milhão na reforma e melhoria do sistema de abastecimento de água de localidades vizinhas, o que proporcionará 270 novas ligações. A pavimentação da estrada de Barra do Corda a São Raimundo do Doca Bezerra está ocorrendo em duas frentes, uma em cada município, e iniciando na passagem dos povoados para acabar com o problema da poeira nos locais habitados.

A rodovia está sendo pavimentada com o revestimento asfáltico TSD (Tratamento Superficial Duplo), que possibilita trânsito pesado e maior durabilidade da camada de asfalto. A obra vai beneficiar, além das duas cidades, 15 povoados da região no escoamento da produção e na melhoria da qualidade de vida da população.