Após reunião com líderes partidários, Bolsonaro diz: ‘Tudo ocorreu em alto nível’

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o presidente Jair Bolsonaro, e o prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, em encontro para debater a reforma da Previdência.

Estadão

O presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter nesta quinta-feira, 4, para dizer que “tudo ocorreu em alto nível” e “nada se falou sobre cargos” nas reuniões que realizou com presidentes e líderes de partidos políticos. Para ele, as primeiras conversas demonstram que Executivo e Legislativo estão unidos pela reforma da Previdência.

“Pela manhã me reuni com vários presidentes e líderes de partidos. Tudo ocorreu em alto nível. Ao contrário do que propalado por alguns, nada se falou sobre cargos. Executivo e Legislativo unidos, por uma causa que representa o futuro de nossos filhos e netos: a Nova Previdência”, postou Bolsonaro.

Criticado pela falta de articulação política, principalmente no Congresso, Bolsonaro resolveu dar início a um movimento de aproximação das lideranças partidárias nesta quinta-feira, depois de três meses de governo. Pela manhã, o presidente recebeu PSD, PP, PSDB, DEM e PRB. No final da tarde, reuniu-se com líderes do MDB. Participaram do encontro o presidente da sigla, Romero Jucá, e os líderes do partido na Câmara, Baleia Rossi (SP), e no Senado, Eduardo Braga (AM).

Jornal Valor Econômico destaca crescimento de Porto do Itaqui


Desde 2015, o Porto do Itaqui tem quebrado recordes de produtividade graças aos bilionários investimentos públicos e privados. São 16 mil empregos direitos e indiretos

O jornal Valor Econômico destacou, nesta quinta-feira (4), como os portos do Norte e do Nordeste têm ganhado cada vez mais importância no país – entre eles, o Porto do Itaqui, no Maranhão. A reportagem diz que as exportações de soja e milho que passam pelo chamado Arco Norte tiveram bastante impulso no primeiro trimestre. O Arco Norte é formado pelos portos de Itaqui, São Luís e Ponta da Madeira (Maranhão), Itacoatiara (Amazonas), Santarém e Barcarena (Pará) e Aratu (Bahia).

De acordo com a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), os embarques por essas rotas somaram 5,7 milhões de toneladas entre janeiro em março, 31,8% mais que no primeiro trimestre de 2018. Esse volume corresponde a cerca de 30% do total de soja exportado pelo Brasil no mesmo período. No ano passado, eram 24%. Já as exportações de milho pelo Arco Norte cresceram ainda mais: 87,3%.

Desde 2015, o Porto do Itaqui tem quebrado recordes de produtividade graças aos bilionários investimentos públicos e privados. São 16 mil empregos direitos e indiretos.

Prefeito de Imperatriz anuncia filiação ao DEM


MDB perde o prefeito da segunda maior cidade do Maranhão

Assis Ramos, prefeito de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, anunciou, por meio das redes sociais, sua filiação ao Democratas. O anúncio aconteceu na presença do deputado federal e presidente do DEM no Maranhão, Juscelino Filho; da ministra da Agricultura, Tereza Cristina; do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente nacional da legenda.

“O DEM busca fortalecer-se nacionalmente, reposicionando-se estrategicamente em todas as grandes cidades brasileiras. Ontem foi a vez da filiação do prefeito de Curitiba, em Brasília. Na segunda semana do mês de maio deverá ser o ingresso oficial de Assis Ramos, em Imperatriz, em acontecimento que poderá contar com as presenças de ACM Neto, prefeito de Salvador, além das lideranças estaduais, capitaneadas pelo deputado federal Juscelino Filho, presidente estadual da sigla”, escreveu Assis.

Com a saída de Assis Ramos, o MDB perde seu prefeito com maior papel de destaque no estado.

Destaques da nova esquerda brasileira, Flávio Dino e Tábata Amaral trocam elogios na internet

Flávio Dino, governador reeleito pelo Maranhão e a deputada federal por São Paulo, Tábata Amaral

Admirados e seguidos por milhares de pessoas nas redes sociais, o governador Flávio Dino (PCdoB) e a deputada federal por São Paulo, Tábata Amaral (PDT), trocaram cumprimentos nas redes sociais.

“Quando a deputada Tábata Amaral fez seu 1º discurso na Câmara, telefonei para parabenizá-la por sua história e pelo seu compromisso com a causa da Educação. Decorridos 2 meses, consolidei minha admiração por essa jovem líder progressista. Que siga em frente”, escreveu Flávio Dino.

Sexta candidata mais votada no estado de São Paulo com 264 450 votos, Tábata respondeu ao elogio do governador Flávio Dino: “Obrigada pelo apoio! #VamosJuntos”.

Othelino Neto discute aplicabilidade de lei que garante cuidados paliativos a pacientes terminais

O secretário Carlos Lula garantiu que pretende executar o projeto proposto pela equipe médica, com o amparo da lei dos cuidados paliativos. “Othelino coloca o Maranhão à frente de outros estados brasileiros no que diz respeito ao tratamento paliativo, ainda com a possibilidade de ser realizado em casa. O custo do paciente é muito maior no hospital”, ressaltou

Ao lado do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, e da subsecretária Karla Trindade, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PC do B), discutiu, com os médios anestesiologistas João Batista Garcia e Vanise Motta, a aplicabilidade da Lei 10.584, de sua autoria, aprovada em 2017, que trata da garantia de direitos dos usuários dos serviços de saúde do estado, os chamados cuidados paliativos.

“Nossa lei dá dignidade às pessoas que utilizam o sistema e não têm mais perspectiva de cura, durante o atendimento hospitalar. Elas, agora, têm o direito de optar pelo tipo de tratamento, se quer ficar ou não na UTI, e até mesmo de estar ciente do medicamento que está sendo aplicado e, de aceitá-lo ou não. Enfim, estamos garantindo qualidade de vida melhor para pacientes com necessidade de acompanhamento médico prolongado, podendo evoluir ou não”, explicou Othelino.

Por conta da grande demanda, os médicos, referências em cuidados paliativos, apresentaram a ideia de estender o trabalho para o atendimento a domicílio, instituindo o Núcleo de Educação e Alteração em Cuidados Paliativos, com o objetivo de capacitar profissionais da saúde para acompanhar pacientes, que tenham escolhido dar continuidade ao tratamento em casa, ao lado de familiares.