Futuro da Base de Alcântara é debatido em seminário com a presença de Marcos Pontes


A Base de Alcântara fica na zona rural do município de Alcântara, a cerca de 30 quilômetros da capital, São Luís

Impactos, desafios e perspectivas da intensificação do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), a partir de sua utilização comercial, foram os nortes dos debates durante o seminário Base de Alcântara: Próximos Passos. O evento, organizado pelo Governo do Estado, foi realizado, nesta segunda-feira (15), no auditório Terezinha Jansen, no Multicenter Sebrae, em São Luís. O seminário teve participação do governador Flávio Dino e do ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. Na programação, foi apresentado o Acordo de Salvaguardas firmado com os Estados Unidos para uso da base maranhense, além de debates e exposições de painéis.

O uso comercial agrega, basicamente, a utilização do espaço para lançamento de foguetes e satélites de outros países. O ministro Marcos Pontes afirmou que esse uso estará ligado ao desenvolvimento social da região e que não há necessidade de expansão do território do CLA. “Nós temos uma preocupação total com as pessoas, afinal, isso tudo é para a população. Queremos pensar qual o resultado disso na qualidade de vida das pessoas. A área que nós temos é suficiente para começar a operação comercial da Base. E vamos fazer isso respeitando a cultura e a tradição das pessoas, sempre em contato com todo mundo”, explicou.

O governador Flávio Dino declarou que há todo interesse do Maranhão em tornar possível a exploração comercial com resultados positivos para a população maranhense, em especial, Alcântara. “Acompanhamos a assinatura do acordo, que cria as condições para a possível exploração da base e acreditamos que mediante este diálogo interfederativo, podemos encontrar melhores termos para que esse investimento do povo brasileiro possa produzir resultados positivos”, pontuou Flávio Dino.

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano


Hoje, o salário mínimo está em R$ 998,00

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,2% em relação ao atual (R$ 998). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (15) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

Hoje, o salário mínimo está em R$ 998. Com o valor proposto, o mínimo fica sem aumento real, corrigido apenas pela inflação. A matéria depende agora de aprovação do Legislativo.

Maura Jorge falta com a verdade nas redes sociais…

Maura Jorge culpa Flávio Dino por problemas em rodovia federal

A ex-prefeito de Lago da Pedra e ex-candidata ao Governo do Maranhão, Maura Jorge (PSL), faltou com a verdade com seus seguidores nas redes sociais ao compartilhar um vídeo de uma rodovia federal intragável e afirmando que o causador do problema seria o governador Flávio Dino (PCdoB).

Não se sabe se, por apenas no intuito de criticar, Maura Jorge esqueceu que BR é de responsabilidade do Governo Federal e toda a situação recaiu para seu aliado, o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Maura Jorge, como uma pessoa pública, deve se atentar para não correr o risco de ser novamente propagadora de notícias falsas, pois tal ato cai negativamente até mesmo com seus eleitores.

Novos cais de São Luís e Alcântara garantirão viagens 24 horas por dia

Futuro Cais de São Luís vai garantir viagens 24 horas por dia

O projeto aprovado pelo governador Flávio Dino para a construção de dois Terminais Portuários ligando São Luís à cidade de Alcântara vai mudar radicalmente o transporte entre as duas regiões. Aguardada há mais de duas décadas pela população alcantarense, a obra vai garantir o transporte de passageiros e de cargas 24 horas por dia.

O Cais da Praia Grande é o único terminal hidroviário que oferece viagens para Alcântara na capital maranhense. Atualmente, são duas viagens por dia. Com a implantação dos Terminais Portuário na Ponta d’Areia, em São Luís e do Terminal Independência, em Alcântara, estima-se a realização de 24 viagens por dia.

Futuro Cais de Alcântara vai garantir viagens 24 horas por dia

Os terminais contarão com urbanização das regiões do entorno, estacionamento, jardim, passeio, espaços para comercialização de artesanato, lanchonetes, banheiros, área de retroporto, píer e rampas de acesso móveis. Em São Luís, o Terminal da Ponta d’Areia será construído em uma área próximo ao Espigão Costeiro e contará com área de 6.954,46 m² com capacidade para sete embarcações grandes e 16 pequenas. Já o Terminal Independência construído em Alcântara será na localidade Sítio da Independência, com área construída de 4.177,52 m².

Pela reforma da Previdência, Maia quer ouvir governadores do Nordeste

Antes de embarcar aos Estados Unidos, o presidente da Câmara jantou com Wellington Dias (PT), do Piauí

Estadão

Após a troca de sopapos com Jair Bolsonaro em que chegou de abdicar da articulação da reforma da Previdência, parece que Rodrigo Maia retornou ao trabalho pela proposta. Antes de embarcar aos Estados Unidos, o presidente da Câmara jantou com Wellington Dias (PT), do Piauí, segundo o Painel da Folha.

Ele convenceu o petista a conversar com os outros governadores da região, a maioria de partidos de oposição, para a formulação de uma pauta mínima. Uma tarefa ingrata, já que apesar de “haver pontos palatáveis”, a reforma teria de ser bem mais magra: sem mudanças no BPC e na aposentadoria rural, sem a tão querida capitalização proposta por Paulo Guedes e sem a desconstitucionalização.