Homem é acusado de usar indevidamente o nome da UDN no Maranhão

Na última semana, o advogado Marco Antônio Vicente, que usa o nome de Marco Vicenzo, esteve no Maranhão, percorreu vários veículos de comunicação e anunciou o Coronel Monteiro como presidente da UDN no Maranhão

Uma verdadeira confusão envolveu a União Democrática Nacional (UDN), partido que ainda nem saiu do papel, mas já está dando o que falar. O auto-declarado presidente nacional da legenda, Marcos Alves de Souza, denunciou que um outro político está se passando por líder nacional da legenda e fazendo acordos nos estados.

Na última semana, o advogado Marco Antônio Vicente, que usa o nome de Marco Vicenzo, esteve no Maranhão, percorreu vários veículos de comunicação e anunciou o Coronel Monteiro como presidente da UDN no Maranhão. Mas de acordo com Marcos Alves, no Maranhão, o partido encontra-se ainda na fase de recolhimento de assinaturas para o registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) e deve ser ligado ao grupo político de Maura Jorge.

A direção nacional da UDN informou que já foi feita uma denúncia no TSE contra Marco Vicenzo. Ao que tudo indica, o retorno da antiga UDN vem sendo disputado por dois grupos distintos e o problema deve ser resolvido na Justiça Eleitoral.

Pré-candidato a prefeito, Jeisael é demitido da Difusora


Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07)

O pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, não apresentará mais o programa “Na Hora D”, na TV Difusora, a partir de amanhã, 08. Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07).

Jeisael passou a dividir a agenda diária entre o trabalho de comunicador e as atividades de pré-candidato, desde o mês de fevereiro, saindo na frente de seus possíveis concorrentes. Em suas andanças por São Luís, ele chamou atenção.

Contactado por nossa redação, Jeisael preferiu não comentar a sua saída da TV Difusora, mas disse que já desconfiava que isso poderia acontecer nesta terça-feira, por isso encerrou o último programa na emissora com um “Até breve”.

Deputados destacam o consenso na eleição da nova Mesa Diretora da ALEMA

Eles afirmaram que a eleição se deu de forma coesa, por meio do diálogo com todos os líderes das bancadas

O consenso em torno da escolha dos nomes para compor a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa que atuará no segundo biênio da 19ª Legislatura, período de 1º de fevereiro de 2021 a 31 de janeiro de 2023, agradou os deputados, principalmente pelo fato de contar com a participação de todas as correntes que atuam no plenário da Casa. Eles afirmaram que a eleição se deu de forma coesa, por meio do diálogo com todos os líderes das bancadas.

O deputado Antônio Pereira (DEM) disse que foi um entendimento surgido a partir de muita discussão e maturidade, no sentido de dar tranquilidade e segurança ao povo do Maranhão. A deputada Andreia Rezende (DEM) afirmou ser uma honra seguir fortalecendo a sua relação com o Parlamento Estadual e com a sociedade. “Fico imensamente grata pelo voto de cada um dos meus amigos. Sei da responsabilidade que é compor a Mesa Diretora desta Casa, e o quanto essa união vai nos proporcionar estar sempre mais próximo dos anseios de nossa população”, destacou.

O deputado Marco Aurélio (PC do B) destacou a importância da união da Assembleia Legislativa na condução da eleição. “Esta eleição foi de consenso, pois foi a partir do diálogo que chegamos a essa reeleição. Momento de equilíbrio que esta Casa vive. Momento que a Oposição tem vez e dialoga com todos os poderes. Sem dúvida, essa Casa sai fortalecida com essa eleição”, destacou Marco Aurélio.

O deputado César Pires (PV) fez questão de ressaltar a postura do atual presidente da Assembleia, que exercerá o cargo por mais um biênio. “Othelino Neto construiu o consenso por tratar com igualdade todos os parlamentares, independente das divergências políticas e partidárias. Teve habilidade e maturidade para encaminhar a eleição em chapa única, eleita por unanimidade”.

Operação cumpre mandados de busca e apreensão em Paço do Lumiar

Segundo o MP, a operação foi montada após um período de investigações que apuram denúncias de irregularidades na contratação da empresa Araújo & Matos Serviços e Comércio LTDA. – MA (Liberty Serviços e Comércio) pelo Município de Paço do Lumiar

Uma operação foi realizada, na manhã desta terça-feira (7), pelos policiais da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) em conjunto com os promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em São Luís e em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana da capital.

Segundo o MP, a operação foi montada após um período de investigações que apuram denúncias de irregularidades na contratação da empresa Araújo & Matos Serviços e Comércio LTDA. – MA (Liberty Serviços e Comércio) pelo Município de Paço do Lumiar para a execução de serviços de limpeza e higienização diária, asseio e conservação internas e externas nas instalações físicas e mobiliárias, roçagem, com fornecimento de mão de obra, materiais e equipamentos. De acordo com a investigação, vários contratados pelo Instituto Bem Brasil, empresa anteriormente contratada para prestar serviços gerais à Prefeitura, permaneceram trabalhando mesmo depois da rescisão do contrato.

A investigação mostrou que os terceirizados estavam, sob o controle da então Secretária Municipal de Administração e Finanças, Neusilene Núbia Feitosa Dutra, que atualmente é Secretária Municipal de Planejamento, sendo que o vínculo deles às empresas contratadas, seja o Instituto Bem Brasil ou a Liberty, não era real. A polícia apreendeu durante a operação diversos documentos, computadores, aparelhos celulares e outras mídias eletrônicas, que serão analisados durante as investigações para tentar descobrir a concretização dessas irregularidades.

Marreca Filho assume presidência do Patriotas no Maranhão

O deputado assume no lugar do ex-deputado estadual Jota Pinto

O deputado federal Marreca Filho assumiu a direção estadual do Patriotas no Maranhão. Ele está no seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados e é filho do ex-deputado federal, Júnior Marreca.

O deputado assume no lugar do ex-deputado estadual Jota Pinto, que disputou uma vaga para a Assembleia Legislativa, mas não obteve êxito. Jota Pinto ficará com a vice-presidência do partido.

O Patriotas foi um dos partidos que não passaram pela Cláusula de Barreira, mas incorporou o PRP e garantiu representatividade na Câmara dos Deputados.