Gabriel Diniz teria pelo menos duas apresentações agora em junho no Maranhão

Gabriel Diniz tinha 28 anos e nasceu em Campo Grande (MS). Ele foi criado em João Pessoa (PB), onde morava, e teve uma banda com amigos da escola

O cantor Gabriel Diniz, que morreu tragicamente nesta segunda-feira (27), tinha pelo menos duas apresentações marcadas para o Maranhão. Ele era uma das atrações anunciadas para o “Arraial Pertinho de Você” e faria seu show no dia 6 de junho.

O cantor também era um dos nomes confirmados para a micareta Bacabal Folia, marcada para os dias 19, 20 e 21 de julho. As artes dos dois eventos já tinham sido divulgadas e as vendas já iniciadas.

Gabriel Diniz tinha 28 anos e nasceu em Campo Grande (MS). Ele foi criado em João Pessoa (PB), onde morava, e teve uma banda com amigos da escola. GD, como era conhecido, era um astro do forró, mas transitava bem no sertanejo.

O estouro veio no segundo semestre do ano passado, com “Jenifer”, o grande hit do último verão. A música divertida sobre uma mulher encontrada no Tinder foi a primeira de Diniz a chegar aos topos das paradas de todo o Brasil.

Presidente interino recebe visita de membros do Movimento Estudantil Independente

Após visita ao presidente interino, os estudantes acompanharam, pela primeira vez, uma sessão plenária da Assembleia Legislativa

O presidente interino da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Glalbert Cutrim (PDT), recebeu, na tarde desta segunda-feira (27), membros do Movimento Estudantil Independente (MEI), composto por estudantes de escolas públicas e universitários.

Na visita, o grupo apresentou demandas e se inteirou um pouco sobre a rotina da Casa Legislativa. “É muito importante termos jovens envolvidos na política e eu fico muito feliz em poder recebê-los. Eles estão sempre por dentro do cenário político nacional e local, nos dando mais fundamento e conteúdo para buscarmos melhorias para o Maranhão. Esperamos dialogar com eles com mais frequência”, disse o presidente interino.

O vice-presidente do MEI, Walace Franklin, avaliou o encontro com o presidente e falou sobre o trabalho da entidade. “Tivemos um diálogo positivo e interessante, onde pudemos apresentar ao deputado Glalbert o trabalho que desenvolvemos há 15 anos em São Luís, servindo como base de apoio para estudantes do ensino médio, fundamental e de faculdades das redes estadual e federal de ensino”, explicou.

Após visita ao presidente interino, os estudantes acompanharam, pela primeira vez, uma sessão plenária da Assembleia Legislativa. 

Cantor Gabriel Diniz, do hit ‘Jenifer’, morre em acidente de avião

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Sergipe, estão confirmados três mortos no acidente

O cantor Gabriel Diniz morreu na manhã desta segunda-feira (27), num acidente de avião no povoado chamado Porto do Mato, em Estância, no sul do estado de Sergipe. A aeronave de pequeno porte caiu em um mangue. Pelo menos outras duas pessoas morreram.

Gabriel Diniz, de 28 anos, ficou famoso nacionalmente com o hit “Jenifer”, que estourou no último carnaval. No fim de semana, o cantor se apresentou em Feira de Santana, na Bahia. Segundo documentos encontrados no local do acidente, que fica numa área de mata fechada, a aeronave é um bimotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro ocupantes e registrado no Aeroclube de Alagoas. A queda do avião será investigada pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, com sede no Recife e que abrange o estado de Sergipe.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Sergipe, estão confirmados três mortos no acidente. As vítimas ainda não foram identificadas. O Corpo de Bombeiros também não confirmou quantas pessoas estariam a bordo da aeronave.

Cidadania 23 promove encontro em Barreirinhas

O encontro contou com a presença de membros e lideranças partidárias da Região dos Lençóis Maranhenses e Região do Munin.

A líder do Cidadania 23 no Senado Federal, Eliziane Gama participou, na noite de sábado, dia 25 de maio, de Ato Público realizado pelo Diretório Estadual do Cidadania na cidade de Barreirinhas e que contou com a presença de membros e lideranças partidárias da Região dos Lençóis Maranhenses e Região do Munin.

A abertura do evento foi com a apresentação musical das crianças do Instituto Sopro Mágico da cidade de Barreirinhas e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Barreirinhas, Carlos Dutra; o vereador do Cidadania Ribinha da Palmeira; o secretário de organização partidária, Eliel Gama; o presidente do Cidadania da cidade de Humberto de Campos, Israel Ribeiro; o presidente do Cidadania em Paulino Neves, Raimundinho e da ex-secretaria de Saúde de Barrerinhas, Socorro Itapary

Durante o ato, o professor Ronildo Calisto foi empossado como coordenador regional do Cidadania na região dos Lençóis Maranhenses e também foi realizada novas filiações ao partido.

‘Eu exagerei’, diz Bolsonaro sobre ‘idiotas úteis’

Mas ele manteve a avaliação de que estudantes foram instrumentalizados por “professores inescrupulosos”

O Globo

Na entrevista que concedeu à TV Record, Jair Bolsonaro tentou recuar da expressão “idiotas úteis”, mas acabou chamando professores de “inescrupulosos”. “Eu exagerei”, disse o presidente, sobre a expressão que empregou para se referir aos manifestantes que foram às ruas no dia 15 protestar contra o contingenciamento de recursos da Educação. “O correto seria inocentes úteis”, amenizou.

Mas ele manteve a avaliação de que estudantes foram instrumentalizados por “professores inescrupulosos” para se manifestar contra cortes na Educação que, segundo ele, não ocorreram.

Ele afirmou que os jovens devem ter “cuidado” para não serem influenciados por esses professores – que só nesse momento disse serem uma “minoria”.

Flávio Dino comenta manifestação pró-Bolsonaro

A Polícia Militar não divulgou o número do público presente, mas estimasse que 1.500 mil pessoas participaram do ato

Em suas redes sociais, o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) comentou a manifestação a favor do governo Jair Bolsonaro. Em São Luís, os manifestantes fizeram um ato na Praça dos Pescadores, na Avenida Litorânea e em seguida, fizeram um pequeno percurso pelo bairro Ponta D’areia.

“Respeito o direito de manifestação de todos. Desde pequenos grupos até grandes multidões. O Brasil pertence a todos nós. A única coisa com a qual não concordo: a agenda de pequenos grupos contra a democracia e as instituições. Repudio pedidos de fechamento do Parlamento e do Supremo, bem como aqueles que querem acabar com direitos sociais e com a educação pública”, escreveu.

A Polícia Militar não divulgou o número do público presente, mas estimasse que 1.500 mil pessoas participaram do ato.