Nordeste vai fazer versão regional do Mais Médicos

O programa dos governadores prevê parcerias com universidades estaduais

Os governadores dos Estados do Nordeste firmaram um acordo para lançar uma versão regional do programa Mais Médicos. O projeto tem como objetivo suprir a demanda por profissionais de medicina na Região desde o encerramento do programa federal, em novembro, após comentários do presidente Jair Bolsonaro a respeito da qualificação dos médicos cubanos do programa.

O Ministério da Saúde, no entanto, pretende lançar uma reformulação do Mais Médicos, que será batizada de “Médicos pelo Brasil”. O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que a iniciativa dos nove governadores não visa competir com o programa federal. “O nosso objetivo não é disputar com o governo federal, mas contribuir para que o plano nacional seja mais abrangente e o mais acolhedor das necessidades do Nordeste”, afirmou.

O programa dos governadores prevê parcerias com universidades estaduais para revalidação de diplomas de brasileiros que estudaram medicina no exterior, mas não inclui a retomada do acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para nova contratação de médicos cubanos. A medida é um dos primeiros efeitos práticos do Consórcio Nordeste, que tem como objetivo consolidar parcerias entre os governadores da Região.

Carreira de Gerson da Conceição será celebrada em show nesta Quinta do Reggae

No último dia 22 de abril, Gerson da Conceição foi vítima de um infarto fulminante, em São Paulo, onde morava

Formada em 1997, a banda maranhense de reggae Mano Bantu se preparava para gravação de um novo disco e uma turnê inédita na Europa quando, em abril deste ano, uma notícia inesperada atrapalhou os planos de retorno do grupo: o falecimento precoce de Gerson da Conceição, cantor, compositor, baixista e um dos fundadores do conjunto.

No último dia 22 de abril, Gerson da Conceição foi vítima de um infarto fulminante, em São Paulo, onde morava havia mais de 15 anos. A trajetória brilhante do artista será celebrada em um grande show na próxima quinta-feira, 1º de agosto, dentro da programação da Quinta do Reggae, evento promovido pelo Museu do Reggae.

O show será realizado na Praça do Reggae (ao lado do Museu), no Centro Histórico de São Luís, e vai contar com a participação dos músicos Fauzi Baydon, Célia Sampaio, Santa Cruz, Alê Muniz, Zé Lopes, Preto Nando, Aziz Júnior, e claro, com os remanescentes da Mano Bantu.

A homenagem contará ainda com a discotecagem de vinil da Rádio Zion e Radiola Reggae, com os DJs Joaquim Zion e Marcus Vinícius, além da participação nas pick-ups de Andrezinho Vibration, Neto Miller e de Ademar Danilo, que além de DJ e jornalista, é diretor do Museu do Reggae.

A ideia do tributo partiu de Aziz Júnior e do baterista Moisés Mota, idealizador da Mano Bantu ao lado Gerson da Conceição. Amigo de Gerson da Conceição desde a década de 1980, o baterista acredita que o músico foi fundamental para difusão do reggae maranhense em todo o país.

Bolsonaro cancela reunião com ministro da França para cortar o cabelo

A reunião teria como um dos temas o meio ambiente. O presidente transmitiu ao vivo pelo Facebook o corte de cabelo

Estadão

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), cancelou a reunião que teria com o ministro de Negócios Estrangeiros da França, Jean-Yves Le Drian, durante o dia de ontem (29). Segundo o chanceler brasileiro Ernesto Araújo, o cancelamento ocorreu por “uma questão de agenda do presidente”.

O porém é que logo na sequência do “ajuste de agenda”, o presidente fez uma transmissão ao vivo no Facebook cortando o cabelo e reforçando os ataques contra o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

A reunião teria como um dos temas o meio ambiente. Mais cedo, Bolsonaro havia afirmado que o ministro francês não iria querer “falar grosso comigo, ele vai ter que entender que mudou o governo do Brasil”, afirmou.

“Aquela subserviência que tínhamos no passado de outros chefes de Estado para com o primeiro mundo não existe mais”, afirmou Bolsonaro.

Em dia! Flávio Dino anuncia pagamentos aos servidores públicos

Desde 2015, o governo Flávio Dino não atrasa salários. Uma marca para comemorar em tempos de crise

Mostrando o bom momento em que o Maranhão encontra-se, o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou, na noite desta segunda-feira (29), em sua conta no Twitter, que o pagamento dos servidores públicos, referente ao mês de julho, será antecipado para o dia 31 deste mês.

“Pagamento dos servidores do Governo do Maranhão, relativo a julho de 2019, será no dia 31, quarta-feira”, escreveu Flávio Dino.

A exemplo do que ocorreu nos últimos quatro anos, a determinação do governador Flávio Dino é que, havendo viabilidade financeira, o pagamento seja sempre antecipado.

Flávio Dino mostra que o Estado continua honrando com seus compromissos e que vive uma situação tranquila, mesmo com toda a recessão vivida por todo o país.