Josimar de Maranhão emplaca aliado no Incra

A indicação do aliado de Josimar de Maranhãozinho é a demonstração que o governo Jair Bolsonaro começa a ceder a indicações políticas para formar sua base de apoio.

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) conseguiu, finalmente, emplacar um aliado no comando do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Maranhão.

O indicado é Mauro Rogério, conhecido como Mauro da Hidraele, e teve sua nomeação publicada no Diário Oficial da União na edição de hoje (6).

Mauro da Hidraele é empresário do ramo da construção civil, formado em Arquitetura pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e em Engenharia Ambiental pela Universidade do Rio de Janeiro.

A indicação do aliado de Josimar de Maranhãozinho é a demonstração que o governo Jair Bolsonaro começa a ceder a indicações políticas para formar sua base de apoio.

Atlas da Violência: São Luís é a capital brasileira que mais reduziu homicídios desde 2014

O estudo confirma outras pesquisas e levantamentos mostrando que o Maranhão se destaca na queda generalizada da criminalidade

O Atlas da Violência 2019 divulgado, nesta semana, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que São Luís é a capital brasileira que mais reduziu homicídios desde 2014. O estudo confirma outras pesquisas e levantamentos mostrando que o Maranhão se destaca na queda generalizada da criminalidade.

O estudo do Ipea, vinculado ao governo federal, traz dados atualizados até 2017. O início da série histórica é em 2007. De 2007 a 2014, a taxa de homicídios cresceu ano a ano em São Luís, sem parar. Em 2007, eram 34,8 homicídios a cada 100 mil habitantes. Em 2014, tinha subido para 82,9, mais do que o dobro. A partir de 2015, com a nova política de Segurança Pública no Maranhão, a taxa começa a cair ano a ano.

Em 2017 – o período com dados mais recentes -, a taxa caiu para 46,9 homicídios a cada 100 mil habitantes. Isso significa uma redução de 43,42% em apenas três anos. Nenhuma outra capital brasileira conseguiu tal queda, de acordo com o Atlas da Violência. A capital que mais chega perto de São Luís é Cuiabá, com queda de 41,46% entre 2014 e 2017. Em seguida, vêm João Pessoa (-34,29%), Brasília (-33,22%) e Vitória (-32,15%).

Entre os 26 Estados e Distrito Federal, 13 tiveram queda nos homicídios, 13 tiveram aumento e um continuou igual entre 2014 e 2017. Em 2018 e ao longo de 2019, São Luís também teve queda nos homicídios, de acordo com as estatísticas que ainda não foram tabeladas pelo Ipea, mas que são divulgadas mês a mês pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Caixa tenta aproximação com parlamentares do Nordeste

A tentativa de aproximação ocorre após revelação que a Caixa reduziu a concessão de novos empréstimos para a região

Estadão

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, convidou parlamentares da bancada do Nordeste para um café da manhã, que será realizado na próxima quarta-feira, 7. A tentativa de aproximação ocorre após o Estadão revelar que a Caixa reduziu a concessão de novos empréstimos para a região.

A repercussão negativa fez com que a Caixa acelerasse empréstimos a Estados e municípios do Nordeste. O porcentual então subiu de 2,2% para 3% nos últimos dias.

Segundo levantamento com base nos números do próprio banco e do sistema do Tesouro Nacional, em 2019, até julho, o Nordeste recebeu cerca de R$ 89 milhões em empréstimos concedidos pela Caixa. O valor equivalente a cerca de 2,2% do total distribuído para todo o País no mesmo período, R$ 4 bilhões. Em 2018, a região recebeu 21,6% dos R$ 6 bilhões concedidos pela Caixa em operações para governos regionais.

Othelino fala sobre eleições de 2020 e possível candidatura ao Senado

Othelino falou sobre o cenário político nacional e sobre seu futuro político

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, concedeu entrevista, na tarde de segunda-feira (5), ao programa ‘Ponto e Vírgula’ da Difusora FM, conduzido pelos jornalistas Leandro Miranda e Marcelo Minard. Ele falou sobre o cenário político nacional e sobre seu futuro político.

Othelino foi questionado sobre como vai trabalhar o grupo do governador Flávio Dino nas eleições de 2020, em São Luís. “Chegaremos a eleição com três ou quatro candidatos. No PCdoB, temos o Rubens Júnior, Julio Pinheiro e o Duarte Júnior, no PSB o Bira do Pindaré, no DEM o Neto Evangelista e no PDT o Osmar Filho. Quem chegar no segundo turno terá o apoio de todos ou, quem sabe, se tiver dois do nosso grupo será uma uma dor de cabeça boa”, disse Othelino.

O presidente da Alema reiterou que o deputado Marco Aurélio é o candidato do PCdoB em Imperatriz e torce para uma união com o deputado Rildo Amaral (Solidariedade). Já em Pinheiro, Othelino afirmou que ainda não tem posição definida sobre as candidaturas de Luciano Genésio (PP) e Dr. Leonardo Sá (PL).

Entrevista ao programa ‘Ponto e Vírgula’ da Difusora FM, conduzido pelos jornalistas Leandro Miranda e Marcelo Minard

Questionado sobre concorrer a um cargo majoritário em 2022, Othelino afirmou sobre seu interesse em oferecer seu nome para uma vaga no Senado Federal. “Vejo com simpatia, olho no horizonte a perspectiva mais palpável de disputar o senado”, afirmou.

Sobre o futuro politico do governador Flávio Dino, Othelino falou da empolgação sobre uma possível candidatura. “O Flávio está empolgado. Ele já tem o convite do PSB e acredito que ele consiga o apoio de mais dois ou três partidos”, disse.