Zé Inácio comenta atentado contra índios Guajajaras no Maranhão

Morreram no ataque os indígenas Firmino Silvino Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara

O deputado estadual Zé Inácio (PT) comentou sobre o novo atentado aos índios Guajajaras, no sábado, na cidade de Jenipapo dos Vieiras, interior do Maranhão. Dois índios foram mortos e dois ficaram feridos no atentado.

“Mais uma vez, indígenas maranhenses são alvos de ação criminosa daqueles que não respeitam seus territórios. As autoridades devem urgentemente investigar esses crimes, em especial a Polícia Federal e o Ministério da Justiça. Recentemente, defendi na tribuna da Assembleia Legislativa, por ocasião dos ataques à T.I Araribóia, a presença da Força Nacional no Maranhão não só para atuar preventivamente nas terras indígenas, mas também para agir de maneira repressiva, porque o que está levando à morte de indígenas no nosso Estado é a exploração ilegal de terras, principalmente a exploração de madeira. Nossa solidariedade aos povos tradicionais!”, escreveu Inácio.

Morreram no ataque os indígenas Firmino Silvino Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara. Os dois índios atingidos foram socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Jenipapo dos Vieiras e estão sob proteção policial.

Há um mês, o líder indígena Paulo Paulino Guajajara foi morto durante uma emboscada na Terra Indígena Araribóia, na região de Bom Jesus das Selvas no Maranhão. O conflito também causou a morte do madeireiro Márcio Greykue Moreira Pereira e deixou ferido o primo de Paulo Guajajara, Laércio Guajajara.

Dois índios Guajajaras morrem e dois ficam feridos em atentado no Maranhão

Por meio de nota, a Polícia Federal disse que foi informada dos fatos e enviou uma equipe ao local para iniciar as investigações sobre o crime

Dois índios da etnia Guajajara morreram e outros dois ficaram feridos durante um atentado registrado sábado (7) na BR-226, entre as aldeias Boa Vista e El Betel, no município de Jenipapo dos Vieiras, localizado a 506 km de São Luís. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular e pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

Morreram no ataque os indígenas Firmino Silvino Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara. Os dois índios atingidos foram socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Jenipapo dos Vieiras e estão sob proteção policial.

O secretário de Estado de Direitos Humanos em exercício, Jonata Galvão, informou que os nomes dos feridos não serão divulgados por questões de segurança. Equipes das polícias Militar, Civil e a Fundação Nacional do Índio (Funai) foram acionadas e estão no local.

Por meio de nota, a Polícia Federal disse que foi informada dos fatos e enviou uma equipe ao local para iniciar as investigações sobre o crime.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, um indígena identificado como ‘Nelsi’ contou que foi surpreendido por um veículo de cor branca que disparou diversas vezes contra a motocicleta onde ele e o índio Firmino Guajajara estavam.