Josimar de Maranhãozinho aproxima-se de Duarte

A pauta principal do encontro foi a composição do PL com o Republicanos na eleição de São Luís.

O pré-candidato a prefeito Duarte Júnior, agora no Republicanos, esteve reunido nesta quinta-feira (13), em Brasília, com o deputado federal Josimar Maranhãozinho.

A pauta principal do encontro foi a composição do PL com o Republicanos na eleição de São Luís. Além do PL, o apoio do Avante também estaria na negociação.

O interesse de Josimar, como já é de conhecimento de todos, é indicar seu sobrinho, o vereador Aldir Júnior, para a a vaga de vice de algum pré-candidato a prefeito.

Zé Inácio visita Maricá no Rio de Janeiro e conhece programas sociais

Durante as três gestões municipais do PT, o município tornou-se referência em qualidade de vida e políticas públicas

O deputado Zé Inácio esteve no último domingo (09) na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro, conhecendo de perto o modo petista de governar que revolucionou a cidade.

Durante as três gestões municipais do PT, o município tornou-se referência em qualidade de vida e políticas públicas para o povo, sendo o “Tarifa Zero” um dos principais programas de governo, com os seus populares ônibus vermelhinhos da Empresa Pública de Transportes (EPT), que se tornou referência por ser um modelo onde não há relação com eventuais concessionárias, havendo disponibilização de transporte coletivo com tarifa zero por toda extensão da cidade.

Outro programa de sucesso é o Banco Comunitário Popular, responsável pela Moeda Social Mumbuca, a primeira moeda social eletrônica do país. Diferente de outras moedas já existentes no Brasil, a “mumbuca” faz parte de uma política da prefeitura para complementação de renda de famílias carentes.

Atualmente o Cartão Mumbuca é aceito em 1300 estabelecimentos comerciais da cidade de Maricá e cada beneficiário recebe 130 reais em créditos. Uma iniciativa que estimula o comercio, além de, gerar mais empregos.

Estiveram presentes na ocasião o ex-prefeito de Maricá, Quaquá, a Deputada Zeidan (PT/RJ), Paula Ravanelli, pré-candidata a prefeita de Cubatão/SP pelo PT e Márcio Macedo, pré-candidato a prefeito de Aracaju/SE pelo PT.

Othelino inicia agenda em Imperatriz com visita à Câmara Municipal e reforça convite para o “Assembleia em Ação”

Os parlamentares foram recebidos pelo presidente da Casa, vereador José Carlos Soares, que agradeceu a presença dos deputados na principal cidade da Região Tocantina.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado por uma comitiva de deputados, fez uma visita de cortesia à Câmara Municipal de Imperatriz, nesta quinta-feira (13). Os parlamentares foram recebidos pelo presidente da Casa, vereador José Carlos Soares, que agradeceu a presença dos deputados na principal cidade da Região Tocantina.

Na ocasião, Othelino Neto, acompanhado de sua esposa, Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), reforçou o convite para que os vereadores participem da quarta edição do programa “Assembleia em Ação”, que acontece nesta sexta-feira (14), no Hotel Imperial, a partir das 9h.

O chefe do Legislativo Estadual destacou a importância da relação do Parlamento maranhense com as Câmaras Municipais, uma vez que são os vereadores que conhecem a realidade local e têm um contato mais direto com a população.

“Os vereadores conhecem bem as realidades regionais, as dificuldades pelas quais passam a população e, por isso, valorizamos sempre esses momentos. No ‘Assembleia em Ação’, sempre que podemos, visitamos as Câmaras, conversamos com os presidentes e os vereadores, para estreitarmos mais essa relação e, assim, termos mais informações do que acontece no nosso estado”, ressaltou.

O vereador José Carlos Soares elogiou a iniciativa da Assembleia Legislativa em andar pelas cidades para conhecer a realidade de cada região e, assim, construir uma legislação estadual mais justa.

“Quando se ouve o povo, da forma como a Assembleia está fazendo, naturalmente a legislação do estado melhora e a vida da população do povo maranhense também vai melhorar”, assinalou José Carlos.

Guedes diz que dólar alto é bom: ‘empregada doméstica estava indo para Disney, uma festa danada’

A frase do ministro Paulo Guedes gerou polêmica nas redes sociais

O ministro da Economia, Paulo Guedes , disse nesta quarta-feira que o dólar mais alto é “bom para todo mundo”. Ele afirmou que, com o dólar mais baixo, “todo mundo” estava indo para a Disney , nos Estados Unidos, inclusive “ empregada doméstica ”. E recomendou que os brasileiros viajem pelo Brasil.

“O câmbio não está nervoso, (o câmbio) mudou. Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí. Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita. Vai para Cachoeiro do Itapemirim, vai conhecer onde o Roberto Carlos nasceu, vai passear no Brasil, vai conhecer o Brasil. Está cheio de coisa bonita para ver”, disse o ministro, durante um evento em Brasília.

Nesta quarta-feira, o dólar bateu o quarto recorde consecutivo em relação ao real. A moeda americana encerrou o dia vendida a R$ 4,3505, em alta de 0,55%. Para Guedes, o mix de juros baixos e câmbio alto é bom, porque aumenta as exportações e substitui importações, inclusive no turismo.

Antes que falem: “Ministro diz que empregada doméstica estava indo para Disneylândia”. Não, o ministro está dizendo que o câmbio estava tão barato que todo mundo está indo para a Disneylândia, até as classes sociais mais”, completou.

Na sequência, o ministro da Economia recomendou outros pontos turísticos para serem visitados no Brasil.

‘Não é bom para democracia’, diz Flávio Dino sobre exclusão de governadores do Conselho da Amazônia

Segundo o governador é importante que o diálogo se estabeleça em relação ao conselho

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou a retirada dos chefes de Executivos estaduais do Conselho Nacional da Amazônia Legal. De acordo com Dino, “é um método geral do governo Bolsonaro, infelizmente”. “Uma visão extremista, belicista, de afastamento de setores sociais, políticos e econômicos e isso não é bom para a democracia brasileira”, disse ele à TV Mirante.

“A presença dos estados ajudaria com sugestões e ideias. Por isso, acho que quem perde é o próprio governo federal ao não promover essa aproximação dos estados em relação ao nosso conselho”, continuou.

Segundo o governador, “é importante que esse diálogo se estabeleça em relação ao conselho e a outros temas que nós temos colocado sobre a mesa já há algum tempo, a exemplo do fundo da Amazônia”. 

“Esperamos que essa seja uma prioridade no novo conselho, ou seja, que o diálogo seja em busca de resultados concretos, efetivos. E a retomada do Fundo da Amazônia é muito importante. Existe um dinheiro disponível e, infelizmente, até agora há congelamento por parte do governo federal”, complementou.

Na entrevista, Flávio Dino afirmou, ainda, que o Conselho da Amazônia é uma resposta às queimadas, mas é insuficiente. É preciso, diz ele, complementar com outras medidas e “corrigir” a composição do Conselho da Amazônia, o tornando mais democrático.