Mudanças marcam período pós-carnaval na Câmara de São Luís

Muitas mudanças são previstas com o início da janela partidária

Muitas mudanças são previstas para os próximos dias na Câmara Municipal de São Luís.

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) deve retornar ao mandato de vereador, onde se afastou para exercer o cargo de secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento. Com a mudança, o vereador Paulo Victor, eleito pelo PROS e que filiou-se ao PCdoB recentemente, retorna à suplência.

Outro que deve fazer uma mudança com a abertura da janela partidária é o vice-presidente da Câmara, Astro de Ogum, que deve deixar o PL e entrar no PCdoB.

O vereador Chaguinhas, eleito pelo Progressistas, deve deixar a sigla e se filiar ao Podemos, do deputado federal e pré-candidato a prefeito Eduardo Braide.

Os vereadores Pereirinha (PSL) e Joãozinho Freitas (PTB) entraram em licença e abriram vaga paga os suplentes Dr. Ubirajara (PSL) e Pé no Chão (PTB), respectivamente.

Rubens tem intensa agenda em bairros e comunidades de São Luís

Rubens Júnior esteve com várias lideranças políticas em diversos cantos de São Luís, levando o diálogo e conhecendo cada vez mais as necessidades da população ludovicense.

Em um final de semana movimentado, o secretário das Cidades e pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Pereira Jr (PCdoB), reuniu com várias lideranças políticas em diversos cantos de São Luís, levando o diálogo e conhecendo cada vez mais as necessidades da população ludovicense.

Na tarde de sábado (29), Rubens, que é do mesmo partido do governador Flávio Dino, esteve ao lado da pré-candidata a vereadora Rejanny Braga em sua residência no bairro do Olho d’Água, aonde reuniu com lideranças comunitárias de toda São Luís. O evento contou também com a presença do vereador Astro de Ogum. “Agradeço a acolhida. Tem sido assim em todos os lugares que passamos e isso nos dá a certeza que estamos no caminho certo. Nossa cidade merece avançar e estamos aqui para isso”, destacou Rubens.

Ainda no sábado, Rubens encontrou com o amigo Romeo Amim, no bairro Santa Efigênia. Lá se reuniu com empresários da região. Na pauta da conversa estavam temas como: melhorias de infraestrutura no bairro, impulsionamento da economia para viabilizar melhor o comércio local e segurança. O evento contou com a presença dos empresários da região e do ex-deputado Julião Amim.

Para finalizar o dia, Rubens participou do carnaval de “lava-pratos” da Vila Lobão, promovido pela comunidade, com o apoio da vereadora Fátima Araújo. Junto com o povo animado do bairro, o pré-candidato e sua esposa se divertiram ao lado da vereadora e ao som do animado e tradicional grupo Bicho Terra.

O domingo (01) começou movimentado. Logo pela manhã, no bairro do Anil, Rubens esteve com o vereador Marcelo Poeta, grande liderança do bairro, para conhecer seu trabalho e seus projetos.

Ainda na manhã do domingo, já no bairro do São Raimundo, junto com o pré-candidato a vereador Paulo César, caminhou pelas ruas do residencial Canaã, conversou com a comunidade, falou de suas pretensões e convidou a conhecer melhor a sua história. Observou de perto a situação degradante das ruas daquele lugar.

Com entrevista ao SBT, Flávio Dino assume cada vez mais papel de destaque na política nacional

Para Dino, há momentos da luta política em que é possível superar divergências e buscar um consenso mínimo entre correntes distintas

Em entrevista ao programa Poder em Foco, exibida pelo SBT na primeira hora desta segunda-feira (2), o governador Flávio Dino (PCdoB-MA) afirmou que busca aliança com “várias correntes políticas” – inclusive as liberais – para fortalecer a oposição ao bolsonarismo e à extrema-direita. Segundo ele, sem esse diálogo, pode haver, nas eleições presidenciais de 2022, uma nova “frente ampla” contra a esquerda, como ocorreu na eleição 2018.

“Não podemos repetir em 2022 o que tivemos em 2018 – no segundo turno, a esquerda presente e uma frente ampla contra a esquerda. Nós perdemos a eleição”, sintetizou o governador. “Ou a frente ampla está ao nosso lado, ou ela está contra nós. Por isso, é importante dialogar com setores liberais e outras lideranças, empresários, como tenho feito. Eles têm um papel determinante para que a gente possa não só vencer as eleições – [mas] vencer e governar. Ninguém governa sozinho.”

Para Dino, há momentos da luta política em que é possível superar divergências e buscar um consenso mínimo entre correntes distintas. “O governo do Maranhão governa com 16 partidos. Não só venci a eleição com 16 partidos – eu governo meu estado com esses 16 partidos”, exemplifica. Na visão do governador, o maior desafio da esquerda é, além de ir ao segundo turno da disputa presidencial, ter “a capacidade de, estando lá, atrair apoios”.

Dino negou que sua prioridade atual seja viabilizar a própria candidatura à sucessão de Bolsonaro em 2022. “Estamos ainda no alvorecer de 2020, é muito precoce. Seria um enorme equívoco político colocar o carro adiante dos bois”, disse. “Seria um atropelo do principal – o diálogo, a abertura, o programa, conectar a esquerda com população, mostrar que temos a oferecer um mundo melhor. Aí vamos discutir mais adiante.”

Em 18 de janeiro, Flávio Dino se reuniu com Lula na sede da CUT (Central Única dos Trabalhadores), em São Paulo. Indagado a respeito do que foi discutido no encontro, o governador negou que tenha tratado sobre a possibilidade de se filiar ao PT. “Esse diálogo não ocorreu, como já foi esclarecido. Eu componho, inclusive, a Executiva Nacional, a direção nacional do meu partido. Seria uma atitude estranha se houvesse esse tipo de diálogo”, disse.

O governador deixou claro que, ao se encontrar Lula, defendeu a “frente ampla” para enfrentar a direita de Bolsonaro. “Argumentei muito fortemente nessa direção. A esquerda, sozinha, não dá conta da resistência ao bolsonarismo e à reconquista do comando central do País.”

A seu ver, é possível que os partidos de esquerda se unam já em 2020. “Temos muitas conversas entre as lideranças dos partidos e eu acredito, sim, que é um processo em curso de distensionamento – de construção de um novo programa, de uma nova identidade, de uma visão mais prospectiva, de uma visão que dialogue para o futuro a partir, claro, dos problemas reais da população. Acho que há uma alta possibilidade de isso ocorrer já em 2020 e também em 2022.”

O político do PCdoB defendeu que erros do passado balizem a construção de propostas “mais ajustadas” para o futuro. “Nossa agenda hoje tem que ser desemprego, segurança pública, saúde, educação, que o governo atual não está fazendo nada. Essa é a nossa agenda. Para acertar nela, temos que olhar para o passado e aprender com nossos erros”, afirmou. “Mas temos também que socializar os erros, senão fica essa narrativa ficcional, mitológica e equivocada que só a esquerda errou. Foi só a esquerda? Esses métodos de campanha, financiamento, etc., nasceu quando a esquerda chegou ao poder?”

Na visão de Dino, a sequência de fatos políticos, a crise econômica e, principalmente, o golpe contra Dilma resultaram na ascensão da direita e na eleição de Jair Bolsonaro à Presidência em 2018. “Se não tivesse ocorrido o impeachment, não existiria Bolsonaro. A vida é assim”, afirma. “O arranjo da nova República teria continuado de pé. O bolsonarismo é a corrente política da direita, que destrói o pacto político que foi feito, quando da Constituinte – aliás, quando das Diretas Já, antes. Ele rompe com esse pacto. Não teria ocorrido esta ruptura se não tivesse ocorrido a ruptura do impeachment.”

Questionado pelo entrevistador, o governador expressou a opinião de que se faz necessário atualizar identidade visual do PCdoB e admitiu debater o próprio do nome da legenda. Dino afirmou ser “comunista, graças a Deus” e contextualizou o termo. “Por conta dos ecos das ditaduras, difundiram-se muitos preconceitos contra a palavra ‘comunista’. É uma coisa meio curiosa, porque não há base etimológica”, disse.

“Comunista é comunhão, comum, comunidade. A origem etimológica da palavra remete só a coisas boas: comunhão, partilha, comunidade”, afirmou. “Mas, infelizmente, isso foi satanizado por certas atitudes ao longo da história, da ditadura militar e outras. E, infelizmente, atualizadas agora por esse extremismo.”

Famem passa a integrar Comitê Estadual do AgroNordeste

O AgroNordeste é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção

A Famem deverá ser oficializada como entidade convidada do Comitê Gestor Estadual do Programa AgroNordeste, plano de ação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MAPA, que objetiva impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da região.

A designação da Famem como integrante do Comitê será oficializada em Portaria da Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Maranhão e terá como titular a Engenheira Agrônoma Rita de Cássia Neiva Cunha, da equipe técnica da entidade. O comitê é formado pela SFA, Famem, Conab, Embrapa, Banco do Brasil, BNB, Senar, Sebrae, Organização das Cooperativas do Brasil-MA, Incra-MA e Sagrima.

O Comitê Estadual de Coordenação do AgroNordeste se reunirá no dia 5 de março, na Superintendência Regional da Conab, em São Luís. Na pauta da reunião serão debatidos os gargalos das cadeias produtivas selecionadas pelo AgroNordeste e respectivas propostas de soluções.

O programa será implantado no biênio 2019/2020 em 230 municípios dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais, divididos em 12 territórios, com uma população rural de 1,7 milhão de pessoas. No Maranhão o programa será implantado em 20 municípios da região do Médio Mearim.

Os 12 territórios abrangem 410 mil estabelecimentos. Foram identificadas cadeias produtivas com potencial de crescimento, entre elas arroz, leite, mel, frutas, ovinos, crustáceos, caprinos, mandioca, feijão, tomate, cebola e cachaça. No Maranhão, três cadeias produtivas serão prioritárias no plano: Bovinocultura de corte, Bovinocultura de Leite e Psicultura.

O AgroNordeste é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem. Entre os objetivos do plano estão aumentar a cobertura da assistência técnica, ampliar o acesso e diversificar mercados, promover e fortalecer a organização dos produtores, garantir segurança hídrica e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado.

Domingos Dutra reassume a Prefeitura de Paço do Lumiar

Dutra sofreu um acidente vascular cerebral no dia 23 de julho de 2019 e passou os últimos meses em tratamento em São Luís e em São Paulo.

O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) reassumiu o comando da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar, na manhã desta segunda-feira (2).

Dutra sofreu um acidente vascular cerebral no dia 23 de julho de 2019 e passou os últimos meses em tratamento em São Luís e em São Paulo.

O município vinha sendo comandado pela vice-prefeita Paula da Pindoba, que teve seus indicados exonerados nos primeiros atos de Dutra na volta ao cargo de prefeito.

O prefeito está lúcido, mas seus movimentos ainda estão sendo recuperados com fisioterapias e com o tratamento.

Uma pré-candidatura à reeleição ainda será avaliada pelo grupo político de Dutra.

Flávio Dino implanta rede de policlínicas em São Luís

As Policlínicas vão ampliar o acesso da população às consultas médicas nas diversas especialidades

O Governador Flávio Dino implantou quatro policlínicas em São Luís, ampliando a oferta de exames e consultas especializadas na capital maranhense. A entrega do novo modelo de atendimento aconteceu na sexta-feira (28), em solenidade na Policlínica Diamante. Além do Diamante, as policlínicas funcionam no Vinhais, na Vila Luizão e na Cidade Operária, formando uma rede de assistência especializada. O governador Flávio Dino aproveitou a oportunidade para anunciar que novas policlínicas serão implantadas também no Cohatrac e no São Francisco.

“Estamos reorganizando de forma permanente a nossa rede de saúde, visando garantir os direitos dos cidadãos maranhenses. Com esses novos investimentos, estamos fazendo com que haja uma oferta maior de serviços nesses segmentos que são muito demandados. Estamos expandindo com o modelo das policlínicas, adotando a experiência de Matões do Norte e, com isso, vamos ter uma grande ampliação da oferta de consultas e exames e, consequentemente, a melhoria dos serviços de saúde para a população de São Luís e dos municípios vizinhos”, ressaltou o governador Flávio Dino.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou os benefícios das policlínicas à população. “A ideia é melhorar a qualidade dos serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde. Com as policlínicas, ampliamos o horário de atendimento, bem como a oferta de especialidades médicas. As policlínicas resultam de uma ideia do governador Flávio Dino e a proposta é, com essa rede de policlínicas, atender à demanda da população por serviços especializados, ampliando a assistência e os cuidados aos pacientes”, disse o secretário.

Além do Diamante, as policlínicas funcionam no Vinhais, na Vila Luizão e na Cidade Operária, formando uma rede de assistência especializada.

As Policlínicas vão ampliar o acesso da população às consultas médicas nas diversas especialidades que contemplem agravos crônicos, pacientes com diabetes e hipertensão. Entre as principais especialidades oferecidas pelas policlínicas estão Neurologia, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Endocrinologia, Ortopedia, Clínica Geral, Pediatria, Ginecologia, entre outras. Os serviços visam proporcionar o suporte diagnóstico e terapêutico, buscando atuar de maneira efetiva na linha de cuidados estabelecida. A proposta é também ampliar a resolutividade nas consultas da Atenção Básica e por meio da ampliação de oferta de exames de apoio diagnóstico.

Também entre as novidades que vão beneficiar os pacientes que buscarem o atendimento nas policlínicas está a ampliação do horário de atendimento. A Policlínica Diamante, por exemplo, funciona de domingo a domingo, sendo de segunda a sexta, das 8h às 21h; sábado das 8h às 18h; e domingo 8h às 12h. As demais policlínicas realizam atendimento de segunda a sexta, das 8h às 18h e sábado das 8h às 12h.

Para agendamento de consultas e exames em uma das quatro policlínicas, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) podem ligar para o Disque Saúde, no número 3190-9091, e a partir da próxima segunda-feira, no Procon/Viva da Beira-Mar, Pátio Norte Shopping, Shopping da Ilha e Golden Shopping Calhau, além do APP Procon, na aba Policlínicas, para sistemas Androids ou IOS.