Maranhão já registra mais de 34 mil pessoas recuperadas do coronavírus

Até o momento, o Maranhão já realizou 111.049 testes e 745 casos seguem suspeitos.

O novo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste domingo (14), mostra que o Maranhão chegou à marca de 59.850 infectados pelo coronavírus.

Nas últimas 24 horas, foram 991 novos casos confirmados. Na Grande São Luís foram 128 casos, as demais regiões registaram 863.

Desses, 34.210 pessoas já estão recuperadas e foram registrados ainda 1.467 óbitos.

Até o momento, o Maranhão já realizou 111.049 testes e 745 casos seguem suspeitos.

Brasil acumula 867,6 mil casos do novo coronavírus

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 17.110 novos casos e 612 mortes. 

O Ministério da Saúde divulgou hoje (14) novos números sobre a pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil acumula 867.624 casos confirmados da doença e 43.332 mortes foram registradas. Os casos recuperados somam 388.492. 

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 17.110 novos casos e 612 mortes. 

Entre a unidades da federação com o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia,  o estado de São Paulo registrou 178.020 casos confirmados e 10.694 óbitos. Rio de Janeiro aparece na segunda posição com 79.572 casos e 7.672 mortes. Em seguida estão Ceará ( 76.748 casos e  4.861 mortes) e Pará ( 69.179 casos e  4.191 mortes) .

De acordo com o Ministério da Saúde, 435.800 casos estão em acompanhamento e 3.981 mil óbitos, em investigação. 

São Luís é a quinta cidade do país com menor ritmo de contágio da Covid-19

O levantamento foi realizado pela plataforma Farol Covid, que analisou a situação das 124 cidades mais afetadas pela pandemia

O “ritmo de contágio” do novo coronavírus continua desacelerando na capital. A taxa atual de 1.12 elevou a posição de São Luís no ranking das cidades com a menor aceleração do ritmo de contágio da Covid-19, a capital agora ocupa a 5ª colocação. O levantamento foi realizado pela plataforma Farol Covid, que analisou a situação das 124 cidades mais afetadas pela pandemia no país entre o fim de maio e o começo de junho.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a taxa atual de São Luís significa que uma pessoa está transmitindo a doença para pouco mais de uma pessoa e o ritmo de contágio talvez seja o dado mais importante que se possa verificar para entender a mudança da doença.

“O ritmo de contágio significa saber se estamos num caminho de aumento ou diminuição do número de pessoas infectadas. Verificar que São Luís está entre as cidades do Brasil com o menor indicador de contágio, com o fator de transmissão diminuindo, nos dá esperança. Nossa meta é chegar próximo de zero e quanto mais próximo desse índice quer dizer que conseguimos ter o controle da doença”, explica.

Ocupando os primeiros lugares no ranking aparecem as cidades de Porto Alegre/RS (0.99), Fortaleza/CE (1.03), Duque de Caxias/RJ (1.06) e Manaus/AM (1.07). Nas últimas colocações estão São Vicente/SP (1.84), Benevides/PA (1.89), Abaetetuba/PA (1.97), Tucuruí/PA (2.05) e Curuçá/PA (2.07).