Após convenções, 10 candidaturas a prefeito são oficializadas em São Luís

Faltando apenas 1 dia para o fim das convenções, a disputa para a prefeitura de São Luís segue acirrada e com 10 candidatos já confirmados.

Em agosto, o Partido Verde (PV) oficializou a candidatura de Adriano Sarney, em evento realizado na sede do partido, no bairro Turu, em São Luís. A fisioterapeuta e atleta Vall Nascimento foi escolhida candidata a vice na chapa. Já em um espaço do Renascença, no último sábado (12), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) oficializou o nome de Bira do Pindaré como candidato a prefeito de São Luís. A candidata a vice é a jornalista e professora universitária, Letícia Cardoso. A chapa do PSB não possui coligação com outros partidos.

Em setembro, o Partido Republicano da Ordem Social (PROS) oficializou o nome de Yglésio Moyses como candidato à prefeitura de São Luís. O médico Mauro César será o candidato a vice-prefeito.

Em convenção partidária realizada no sábado (12), também foi oficializada a candidatura de Duarte Júnior à prefeitura de São Luís pelo Republicanos. A candidata a vice-prefeita será a advogada Fabiana Vilar e a coligação do Republicanos conta com o apoio do Partido Liberal (PL), Avante, Patriotas e do Partido Trabalhista Cristão (PTC).

No sábado, também foi a vez do Democratas de São Luís realizar a convenção da sigla, que oficializou os nomes de Neto Evangelista e Luzimar Lopes como candidatos a prefeito e vice-prefeito da capital, respectivamente. O evento reuniu representantes de todos os partidos da coligação – DEM, PDT, PTB, PSL e MDB.

Já no último domingo (13), o deputado federal Rubens Jr (PCdoB) oficializou sua candidatura a prefeito de São Luís, em convenção realizada no ginásio Costa Rodrigues, com a participação de aliados, militantes e eleitores. Rubens conta em sua chapa com o apoio de 6 partidos: o Partido Comunista do Brasil (PCdoB); o Partido dos Trabalhadores (PT); o Partido Progressistas (PP); o Cidadania; o Democracia Cristã (DC) e o Partido da Mulher Brasileira (PMB).

O deputado Eduardo Braide também oficializou sua candidatura a prefeito de São Luís pelo Podemos, em convenção realizada no Rio Poty Hotel. A professora e policial militar Esmênia Miranda será a candidata a vice-prefeita pela chapa. Além do Podemos, Braide conta com o apoio do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Social Cristão (PSC), Partido Social Democrático (PSD) e Partido da Mobilização Nacional (PMN).

Também foi oficializada no domingo (13) a candidatura de Franklin Douglas à prefeitura de São Luís pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). O candidato a vice-prefeito é José Ribamar Arouche, um dos fundadores do partido na capital. O PSOL não fez coligações para as eleições deste ano. Já o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) definiu a candidatura de Hertz Dias à prefeitura de São Luís. Jayro Mesquita será o candidato a vice-prefeito pelo partido. O PSTU também não fez coligações para as eleições deste ano.

O Rede Sustentabilidade anunciou, durante convenção no domingo (13), o nome de Jeisael Marx como candidato a prefeito de São Luís. A candidata a vice-prefeita é a ativista e porta-voz do Rede no Maranhão, Janicelma Fernandes. O partido não fez coligações. O evento aconteceu no Espaço Planalto Eventos, Planalto Anil III, seguindo os protocolos dos órgãos de saúde por conta do covid-19.

Juiz proíbe uso de foguetes em período eleitoral no Maranhão

O juiz da 100ª Zona Eleitoral de Maracaçumé, Raphael de Jesus Serra Ribeiro Amorim, proibiu o uso de foguetes e produtos similares no período de eleições municipais e campanha política em quatro cidades do Maranhão.

Na Portaria N° 1118/2020, o juiz resolve proibir a deflagração de foguetes e/ou produtos similares com finalidade eleitoral no período de 14 de setembro a 16 de novembro de 2020 no âmbito dos municípios pertencentes à Zona Eleitoral (Maracaçumé, Centro Novo do Maranhão, Junco do Maranhão e Boa Vista do Gurupi).

Othelino participa de convenções em Arame e Araguanã

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta segunda-feira (14), da convenção partidária que oficializou a candidatura do ex-deputado federal e suplente de senador, Pedro Fernandes (PTB), a prefeito de Arame. À tarde, o chefe do Legislativo maranhense também esteve em Araguanã, onde reiterou seu apoio a William Pinheiro (PCdoB) e ao seu companheiro de chapa, Neném Lira (PSC), na convenção que confirmou as candidaturas a prefeito e vice-prefeito da cidade, respectivamente.

Othelino iniciou sua agenda pelo município de Arame, acompanhado do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), e do deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB). Na ocasião, o parlamentar destacou a admiração por Pedro Fernandes e a sua trajetória na vida pública, que o credenciam para disputar o mandato de gestor do município.

“Sempre ouvi o meu pai falar muito bem da sua história e competência. Depois, vi Pedro Fernandes virar vereador em São Luís, fazendo um excelente mandato. Também foi secretário municipal e, em seguida, deputado federal. É um nome forte, experiente e que representa uma nova alternativa à população aramense com um bom projeto de reconstrução do município”, declarou.

À tarde, Othelino Neto seguiu para o município de Araguanã, onde reafirmou seu apoio à candidatura de William Pinheiro a prefeito pelo PCdoB e do seu companheiro de chapa, Neném Lira (PSC), a vice-prefeito.

“É um prazer participar dessa bela convenção. Essa união, com base em muito diálogo, deu certo e representa, neste palanque, a oposição em Araguanã”, afirmou o parlamentar.

Nesta terça-feira (15), está programada a presença de Othelino também nos municípios de Peri Mirim, na convenção partidária que confirmará a candidatura a prefeito do líder popular, Eliézer do Povo (PCdoB); e em Olho d’Água das Cunhãs, na homologação da candidatura de Glauber Azevedo (PCdoB), também a prefeito da cidade.

Zé Inácio participa de convenção em Itinga do Maranhão

No último domingo (13), o deputado estadual Zé Inácio (PT) participou da Grande Convenção Municipal dos partidos PT, Podemos, PCdoB e PTC em Itinga do Maranhão, que definiu o nome de Vete Botelho como candidata a Prefeita e Paulo Birita como candidato a vice-prefeito. Também foram apresentados os candidatos a vereadores.

“A Convenção marca o início de uma caminhada que será vitoriosa para o povo de Itinga do Maranhão, pois Vete Botelho e Paulo Birita têm experiência e compromisso com a população itinguense, que clama por dias melhores para o município”, disse Zé Inácio.

Vete Botelho é ex-vereadora, ex-prefeita do município de Itinga, por dois mandatos, foi vice-prefeita e é ex-deputada estadual, tendo ao longo desses anos construído uma forte liderança política na região. 

O evento contou com a participação de eleitores, correligionários e lideranças políticas da região.

De acordo com as últimas pesquisas eleitorais, Vete e Paulo aparecem na primeira posição.

Concessionárias de água e energia elétrica são notificadas para impedir suspensão de serviços durante pandemia

Em notificação às empresas Equatorial Energia, BRK e Caema, fornecedoras de serviços públicos de água e energia elétrica não deverão efetuar cortes por inadimplência durante a pandemia no estado. A determinação legal foi reforçada pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA).

A previsão foi estabelecida na Lei Estadual n° 11.280, de 15 de junho de 2020, que dispõe que concessionárias de serviços públicos não poderem interromper os serviços essenciais por falta de pagamento de faturas, durante o Plano de Contingência do Novo Coronavírus.

A determinação do Procon foi expedida após denúncias de consumidores que relataram cortes de alguns serviços, mesmo com a existência da lei.

Além disso, após o fim das restrições, as concessionárias de serviços públicos, antes de suspenderem o fornecimento do serviço em razão da inadimplência anterior a março de 2020, devem possibilitar o parcelamento do débito pelo consumidor.

Além de determinar que as concessionárias cumpram a Lei Estadual n° 11.280/2020, o documento expedido pelo Procon/MA exigiu que as fornecedoras apresentem, por amostragem, as faturas vencidas entre os meses de abril e setembro de 2020 de contas-contrato relativas a consumidores em situação de inadimplência, comprovando a isenção dos juros e multas. Caso tenha ocorrido a cobrança indevida, elas deverão realizar a devolução dos valores através de crédito na fatura seguinte. Se a determinação for descumprida, as concessionárias estão sujeitas às sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor.