Mais uma suplente assume mandato na Assembleia Legislativa

Durante a sessão desta quarta-feira (23), a ex-prefeita e suplente de deputada estadual Maria Ducilene Pontes, “Belezinha” (PL), tomou posse na Assembleia Legislativa em substituição à titular da vaga, deputada Detinha (PL), que saiu de licença.

Em seu pronunciamento, Belezinha disse que pretende pautar a sua conduta parlamentar em ações e posições que estejam em sintonia com a confiança depositada pelo povo. Afirmou ainda que espera somar com os demais parlamentares para, juntos, construírem um Maranhão melhor.

O presidente Othelino Neto saudou a deputada recém-empossada ressaltando que a Casa a recebia com o mesmo respeito dispensado a todos os parlamentares. “Que o mandato que a senhora passa a exercer a partir de hoje sirva para o povo do Maranhão, em especial à região do Baixo Parnaíba e à cidade de Chapadinha, onde construiu sua história na política maranhense”, disse.

Bolsonaro virá ao Maranhão no próximo mês

Nesta quarta-feira (23), o senador Roberto Rocha (PSDB) anunciou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estará visitando Imperatriz. O anúncio faz parte de uma estratégia para tentar ajudar o ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB) na disputa pela prefeitura da segunda maior cidade do Maranhão.

Em 2018, em Imperatriz, Bolsonaro obteve 48% dos votos no primeiro turno e no segundo turno 55%, mostrando uma ampla preferência do eleitorado.

Assembleia aprova PL que proíbe a comercialização de cigarros eletrônicos no MA

Na sessão plenária desta terça-feira (22), a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei  656/2019, de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), que prevê a proibição da comercialização de cigarros eletrônicos no Maranhão, também conhecidos como e-cigarretes, e-ciggy, e-cigar e demais dispositivos utilizados em substituição ao fumo tradicional.

O PL é um reforço a uma decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), emitida em 2009, que proibiu a comercialização e, consequentemente, a utilização desses produtos no Brasil. No entanto, essa proibição ficava a cargo de cada um dos estados.

Segundo o deputado, não se trata apenas de proibir, mas de evitar que as pessoas sofram com doenças respiratórias no futuro.

A medida que ainda aguarda sanção do Governo do Estado, evidencia os perigos do uso de cigarros eletrônicos, como doenças cardiovasculares e respiratórias no geral, enfisema pulmonar (perda da elasticidade do pulmão), dermatite e câncer, muito comum entre os fumantes.

Famem e Sebrae orientam candidatos a incluirem empreendedorismo nos planos de governo

Em parceria com o Sebrae, a Famem vai disponibilizar a todos os participantes do pleito municipal deste ano o Guia do Candidato Empreendedor, um trabalho sobre oportunidade de crescimento e desenvolvimento ancorado nos pequenos negócios locais. O assunto foi tema de conversa do diretor Superintendente do Sebrae, Albertino Leal, com o secretário geral da Federação, Marcelo Freitas, durante encontro na sede do órgão municipalista do estado, nesta terça-feira (22).

O material, elaborado pelo Sebrae Nacional e a Confederação Nacional de Municípios (CNM), estará disponível em duas versões: uma, sintetizado com 10 dicas, e uma versão mais detalhada.

Segundo o diretor superintendente do Sebrae, a intenção é democratizar para o máximo de candidatos o conteúdo do material para que o empreendedorismo seja incluído na pauta dos pleiteantes a prefeito ou vereador. Albertino Leal enxerga como fundamental a visão do empreendedorismo para a geração de emprego e renda nos municípios.

A ideia é fazer com que os candidatos apresentem um programa de governo que reflita esta visão para que a gestão pública deixe de ser refém das urgências e passe a ser protagonista do avanço. As ações se relacionam a setores fundamentais das gestões como saúde, educação, infraestrutura e segurança, entre outras, voltadas para o desenvolvimento dos municípios.

As 10 dicas da cartilha reduzida estão relacionadas a propostas que gerem emprego, mobilize lideranças, desburocratize e simplifique procedimentos, apoie o empreendedor, promova a compra local, inclua o empreendedorismo entre as disciplinas escolares, qualifique quem mais precisa, fortaleça a identidade do municípios, incentive a cooperação e promova inovação e sustentabilidade.

Participaram da reunião na sede da Federação a diretora do departamento de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural da Famem, Rita de Cássia Neiva, e a gerente de políticas públicas e desenvolvimento territorial do Sebrae, Cristiane Corrêa, e a gerente de marketing e Comunicação do Sebrae, Raquel Araújo.