Grupo Mateus emite nota de esclarecimento sobre acidente

Em nota de esclarecimento divulgada na noite desta sexta-feira (2), o Grupo Mateus lamentou o trágico acidente ocorrido no Mix Atacarejo da Curva do 90, no bairro do Vinhais em São Luís.

Segundo a nota, todas as autoridades de segurança pública do estado foram acionadas e prontamente iniciaram o trabalho de apoio e, neste momento, realizam o resgate e o socorro dos feridos.

O Grupo Mateus reforçou ainda que, neste momento, o que importa é o resgate dos envolvidas no acidente, o apoio às vítimas e seus familiares.

Grave acidente deixa feridos no Mateus da curva do 90 em São Luís

Na noite desta sexta-feira (2), um grave acidente aconteceu no Mix Mateus da curva do 90, em São Luís.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Célio Roberto, foram confirmados alguns feridos, entre clientes e funcionários.

Ele informou ainda que não pode dar maiores esclarecimentos pelo fato de a operação ainda estar em andamento.

Metade das prateleiras centrais do supermercado desabou.

Assembleia aprova projeto que desafeta imóveis pertencentes ao Fepa

A Assembleia Legislativa aprovou, na última sessão plenária, o Projeto de Lei 321/2020, de iniciativa do Poder Executivo, que dispõe sobre a desafetação de imóveis pertencentes ao Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria do Governo do Maranhão (Fepa).

A matéria aprovada foi encaminhada à sanção do governador Flávio Dino (PCdoB) pelo presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), que comandou a sessão.

De acordo com o projeto de lei, as áreas desafetadas de sua utilização pelo Fepa são o Complexo Hospitalar composto pelo Hospital Carlos Macieira, terreno destinado ao novo Hospital do Servidor e terreno destinado ao respectivo estacionamento, na Avenida Jerônimo de Albuquerque; área destinada à ampliação da Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Angelim, e o Edifício Governador Archer, na Avenida Magalhães de Almeida, Centro.

A proposição estabelece que o Governo do Estado fica obrigado a indenizar as áreas desafetadas para o Fepa, no valor de R$ 274.749.453, 91 (duzentos e setenta e quatro milhões, setecentos e quarenta e nove mil, quatrocentos e cinquenta e três reais e noventa e um centavos), inclusive compensando aportes já realizados pelo Tesouro Estadual.

O projeto dispõe, ainda, que o pagamento do remanescente será efetuado em 12 parcelas mensais, iguais e sucessivas, a partir de setembro de 2020, aplicada, por ocasião do pagamento, a taxa Selic.

Flávio Dino detalha medidas em cenário de pandemia e queda dos casos no Maranhão

Em coletiva à imprensa, na manhã desta sexta-feira (2), no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino fez um resumo das mais recentes ações do Governo do Estado, no combate à pandemia do novo coronavírus. Na ocasião, Flávio Dino enfatizou a redução no número de casos e a continuidade das testagens no sistema drive-thru. Ele enfatizou que cuidar da economia, unida a cuidar da dimensão social, é cuidar da saúde, e que a gestão tem caminhado nessa missão.

O êxito das ações do Governo do Estado é constatado com a redução gradativa dos casos de coronavírus. Dos mais de oito mil registros no mês de setembro, seguiram quedas consecutivas reduzindo para 4,8 mil casos, no primeiro dia de outubro. O Maranhão está a 105 dias consecutivos com tendência de queda da Covid-19. O índice é um recorde nacional. O Estado está ainda entre os 12 do país com situação de estabilidade dos casos da doença.

Com a iniciativa da vacinação em drive-thru, o Governo do Estado já realizou 14.418 testes, destes, 11.795 não detectaram o vírus. Ou seja, mais de 80% dos testes deram negativo. De 19 a 30 de outubro será realizada a segunda fase da testagem, que vai alcançar 5.100 maranhenses de 66 municípios. Paralelamente, no cenário de pandemia, o Governo do Estado executou 13 obras em 12 semanas, equipando e estruturando a área da saúde para continuar o combate à doença.

Com fins à maior valorização e reconhecimento dos profissionais da saúde, que atuaram diretamente no combate ao coronavírus, o governador Flávio Dino editou o Decreto 36.220, de 1º de outubro de 2020. O documento transforma essa experiência em titulação. Com isso, profissionais que concorrerem em concursos ou seletivos no Estado terão este serviço prestado na pandemia como pontuação. O decreto vale para quem atuou em hospitais da rede municipal, estadual, federal e privada do Maranhão.

Na educação, o governador destacou que, provavelmente, não haverá retorno das aulas presenciais no Estado. Porém, as iniciativas de aulas online e outras estratégias, como a distribuição de chips com internet e material de estudo aos alunos, serão intensificadas para que as aulas continuem. “Estamos cuidando do ensino não-presencial, respeitando o pedido da comunidade escolar, e avaliando com atenção o que pode se feito para 2021. Nesse momento, vamos intensificar o ensino não-presencial”, disse.

Será lançado o pré-vestibular Gonçalves Dias, para atender aos estudantes que vão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O cronograma inclui 45 vídeos semanais, roteiros de estudo disponível para download, mais de 3,5 mil questões comentadas, aulas com os componentes exigidos no Enem e lives no YouTube. O pré-vestibular terá aulas ministradas por professores do Maranhão e convidados de outros estados, iniciando em 10 de outubro até 7 de fevereiro de 2021.

Na geração de emprego e renda, seguem ações diversas do Plano Emergencial de Emprego Celso Furtado. Por meio do plano, já foram investidos R$ 221 milhões em medidas de empregabilidade e renda aos maranhenses. O plano prevê recursos de R$ 558 milhões a serem aplicados no Estado. “O plano Celso Furtado é a resposta maranhense para as dificuldades que se apresentam”, enfatizou o governador.

O Governo do Estado disponibiliza ainda diversos editais abertos, com oportunidades para várias áreas. Entre estes, Mutirão Rua Digna e compras de produtos da economia solidária (até 20/10); compras de produtos de povos indígenas e agricultura familiar (13/10) e Lei Aldir Blanc, que apoia projetos na área da cultura (até 23/10).

Ao finalizar a coletiva, Flávio Dino fez pontuações na Segurança Pública, ressaltando que “as ações continuam com fins a mostrar que não houve e não há nenhum descontrole na área da Segurança Pública. O que houve foram eventos em razão da disputa do próprio mundo do crime e trabalhamos para que esses sejam lamentáveis episódios e não rotina”. O governador reforçou que o sistema de Segurança age e continua a agir.

Comércio funcionará no feriado em São Luís

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) informou que o comércio lojista de São Luís tem autorização para funcionar no dia 12 de outubro, feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida  padroeira do Brasil.

Segundo a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), negociada e assinada pela Fecomércio-MA juntamente com o Sindicato dos Empregados no Comércio de São Luís (Sindcomerciários), os estabelecimentos comerciais situados em ruas, avenidas, galerias e centros comerciais poderão abrir as portas nesse dia das 08h às 18h, enquanto as lojas situadas nos Shopping Centers poderão funcionar das 10h às 22h.

Para o funcionamento, conforme prevê a cláusula nona da Convenção Coletiva, as empresas deverão realizar o pagamento das horas trabalhadas com acréscimo de 100% sobre o valor da hora normal, uma vez que o trabalho nesse dia é considerado extraordinário. Além disso, deverá ser pago uma gratificação no valor de R$ 60 (sessenta reais) aos empregados convocados para o trabalho. Destaca-se, ainda, que as horas trabalhadas nesse feriado não podem ser compensadas com folgas.

As empresas que desejarem funcionar no dia 12 de outubro deverão enviar, com antecedência, a lista dos empregados convocados para o trabalho ao conhecimento do Sindcomerciários, por meio do endereço eletrônico: [email protected], além de promover o recolhimento no valor de R$ 10 para a entidade que representa os empregados do comércio.

 Dia do Comerciário
Já no dia 19 de outubro (segunda-feira), o comércio lojista não abrirá as portas em função das comemorações do Dia do Comerciário, conforme prevê a cláusula 51ª da Convenção Coletiva de Trabalho assinada pela Fecomércio e o Sindicomerciários.

Tradicionalmente comemorado na penúltima segunda-feira do mês de outubro, o Dia do Comerciário é determinado como um dia de descanso remunerado para os trabalhadores do comércio de São Luís, ficando vetada a abertura das lojas nesse dia.

A Convenção Coletiva de Trabalho contendo todas as regras para o funcionamento do comércio da capital maranhense está disponível na íntegra no site da Fecomércio-MA: www.fecomercio-ma.com.br.

Camila do Participa se destaca entre candidaturas jovens a vereador de São Luís

A jovem Camila Pedrosa, mais conhecida por “Camila do Participa” nestas eleições, é candidata a vereadora de São Luís pelo PT e é um dos destaques do partido no pleito de 2020.

Com apenas 19 anos, Camila tem forte atuação no movimento estudantil maranhense, tendo sido Diretora Nacional da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) na gestão 2017-2019.

Juntamente com Arthur Mendes, Ester Lopes e Bruno Cacau, a jovem Camila integra a candidatura coletiva do Movimento Participa, que pretende renovar o quadro de vereadores de São Luís e ocupar a política da cidade.

Camila também é liderança de bairro, e tem incomodado os tradicionais políticos da sua comunidade, realizando visitas, debates e se colocando à disposição do Cruzeiro do Anil para representar a população do bairro na Câmara.

Além disso, Camila e todo o Movimento Participa têm protagonismo entre os estudantes ludovicenses, já que são lideranças que constroem grêmios, centros acadêmicos e a política estudantil nas escolas e universidades da capital.

É sem dúvida um dos principais nomes do PT nestas eleições 2020, uma alternativa de renovação política na Câmara de Vereadores de São Luís.