Número de cidades com mais eleitores que habitantes cresce em 60%

Em comparação ao cenário nas eleições de 2018, aumentou o número de municípios com mais eleitores que habitantes.


Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), desta vez são 493, 8,8% das cidades brasileiras. Em 2018, quando 308 cidades do Brasil registraram essa inversão, o aumento foi de 60%.

O estudo foi feito a partir do cruzamento de dados da base de eleitores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a população oficial calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estado com o maior número em termos percentuais é Goiás (22,76%), seguido do Rio Grande do Norte (17,9%) e da Paraíba (14,8%).

Outro ponto que deve ser levado em conta é a defasagem nos dados sobre a população brasileira. O Brasil adota uma das seis fórmulas utilizadas no mundo para estimar a população. A equação, que projeta o número de habitantes a partir de dados do Censo Demográfico, tem eficiência por quatro anos. No quinto ano, é preciso recontar a população para ajustar a fórmula. 


Nos casos em que há muita discrepância entre eleitores e habitantes ou que há um aumento da transferência de domicílios, a Resolução 22.586/2007, do TSE, determina que seja feita uma revisão do eleitorado sempre que for constatado que o número de eleitores é maior que 80% da população, que o número de transferências de domicílio eleitoral for 10% maior que no ano anterior, e que o eleitorado for superior ao dobro da população entre 10 e 15 anos, somada à maior de 70 anos no município.

100 drones serão usados pela Polícia Federal no dia das eleições para fiscalizar crimes

Mais de 100 drones serão usados pela Polícia Federal para sobrevoar as principais zonas eleitorais do Brasil e identificar crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores nestas eleições.

Equipes de diferentes Estados testam os dispositivos nesta semana, sendo que estes serão alocados em municípios estratégicos nas datas do pleito.

Segundo a corporação, os drones possuem câmeras com mecanismo de aproximação para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez.

De acordo com nota divulgada pela PF, “as imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da Polícia Federal que estará preparada para monitorar as eleições e adotar as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas. Assim, diante de algum flagrante de crime eleitoral, policiais se deslocarão, imediatamente, para o local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a delegacia, onde serão tomadas as providências pertinentes”.

Movimento de jovens realizará sabatinas com candidatos a prefeito de São Luís

A partir desta terça-feira (27), o Movimento Mapa Educação, organização nacional sem fins lucrativos e suprapartidária, fundada por jovens, realizará uma série de sabatinas com candidatos à prefeitura de São Luís, a partir das 8 horas, no canal da organização no YouTube, com foco na educação básica.

O objetivo do “Mapa nas Eleições” é encaminhar demandas aos candidatos a partir de diagnóstico da educação pública municipal e avaliar propostas, metas e planejamento dos mesmos para a educação. Segundo Arão Motta – coordenador regional que também já atuou em Brasília no Parlamento Jovem Brasileiro e representou o Maranhão em debate nacional sobre educação, mediado por Mário Cortella, no Caldeirão do Huck, “os jovens são diretamente afetados pelas decisões políticas, mas não estão à frente das discussões educacionais. Estamos tentando mudar isto. O núcleo no Maranhão existe desde 2018 formando jovens capazes de transformar suas comunidades”, disse o jovem coordenador.

As sabatinas acontecerão de 27 de outubro a 6 de novembro, sempre no canal Mapa Educação no YouTube. Os internautas também poderão participar com perguntas por meio das redes sociais.

Coronavirus: São Luís registra menos de uma morte por dia, segundo levantamento da Veja

Nesta segunda-feira (26), a revista Veja mostrou que o número de mortes por coronavirus em São Luís é quase zero, situação que se repete em quatro outras capitais brasileiras. Com base em dados do Ministério da Saúde, a revista indica que em Vitória (ES), Fortaleza (CE), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e São Luís (MA) houve valor inferior a um óbito no último sábado (24).

De acordo com a reportagem, São Luís não registrou nenhum óbito por Covid-19 desde o último dia 11.

Em relação aos estados, a revista indicou que Alagoas é o estado que tem o menor número de novas notificações por 100.000 habitantes (2,9). Em seguida, estão Pernambuco (5,0), Maranhão (5,8), Rio de Janeiro (7,0) e Ceará (8,1).