Prsquisa Ibope/Mirante confirma segundo turno em São Luís

Disputa acirrada pelo segundo turno em São Luís

A TV Mirante divulgou, nesta sexta-feira (13), a última pesquisa Ibope contratada neste primeiro turno. A sondagem, registrada com o
número de identificação na Justiça Eleitoral MA-08294/2020, confirma institutos, como o DataM, que apontam uma disputa acirrada com vistas ao segundo turno.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 805 eleitores de São Luís, no período de 11 e 13 de novembro. A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante

Confira os números da pesquisa na estimulada:

Eduardo Braide (Podemos):41%

Duarte Júnior (Republicanos): 19%

Neto Evangelista (DEM): 19%

Rubens Júnior (PCdoB): 9%

Bira do Pindaré (PSB): 6%

Jeisael Marx (REDE): 2%

Silvio Antônio (PRTB): 2%

Yglésio Moyses (PROS): 1%

Professor Franklin (PSOL): 1%

Hertz Dias (PSTU): 0%

Rejeição

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes:

Bira do Pindaré (PSB): 26%

Rubens Júnior (PCdoB): 22%

Eduardo Braide (Podemos): 22%

Neto Evangelista (DEM): 20%

Silvio Antônio (PRTB): 19%

Professor Franklin (PSOL): 19%

Yglésio Moyses (PROS): 18%

Jeisael Marx (REDE): 16%

Duarte Júnior (Republicanos): 15%

Hertz Dias (PSTU): 14%

Poderia votar em todos: 3%

Não sabe/Não respondeu: 8%

Debate do Ponto e Vírgula marcado por “alfinetadas” e certidão do MPF contra Eduardo Braide

Debate do Ponto e Vírgula contou com cinco candidatos

O debate realizado, na quinta-feira (12), pelo programa Ponto e Vírgula da Rádio/TV Difusora foi a última oportunidade concreta, deste primeiro turno, para o eleitor de São Luís tirar suas dúvidas ou se decidir quanto ao voto no próximo domingo (15). Sem as presenças dos candidatos do  Republicanos, Duarte Júnior, que está com a Covid-19, e do Podemos, Eduardo Braide, que não justificou a ausência, o embate teve momentos em que a temperatura se elevou bastante com a apresentação, on line, inclusive, de documento do Ministério Público Federal.

Realizado por uma das resenhas políticas mais polêmicas do Maranhão na FM, o debate começou “quente” e “ferveu”  com o candidato do DEM, Neto Evangelista, mostrando e publicando, em suas redes sociais, documento, identificado como sendo do Ministério Público Federal, datado do dia 12 de novembro de 2020 (data do debate), onde, segundo o democrata, o deputado Eduardo Braide estaria respondendo a  investigação por supostas irregularidades, o que vem sendo negado, reiteradas vezes, pelo parlamentar em redes sociais e, inclusive, no horário eleitoral.

O clima ficou acirrado, por vários momentos, entre os candidatos Bira do Pindaré (PSB), Franklin Douglas (PSOL), Jeisael (Rede Sustentabilidade), Neto Evangelista, Rubens Jr (PCdoB) e Yglésio (PROS). Inicialmente, todos eles repudiaram a conduta de Braide que, apesar de estar em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de votos, demonstrou não ter interesse em apresentar, debater propostas e encarar os questionamentos dos concorrentes, na oportunidade, uma vez que o debate é um espaço democrático dedicado a isso para que o eleitor possa tirar suas dúvidas e avaliar sobre quem votar no dia da eleição.

Franklin “giratória”

Candidato do PSOL afrontou e foi afrontado

Se o clima foi de propostas, foi também de afrontas que partiram, sobretudo, do candidato do PSOL, Franklin Douglas, que, bem ao estilo do seu ídolo-inspirador, Guilherme Boulos, não poupou ataques diretos e provocações aos concorrentes, sempre em uma postura bastante irônica e procurando irritar os adversários.

No início do embate, o professor/ativista Franklin partiu para cima de Bira do Pindaré, questionando o fato de sua esposa ser nomeada na Prefeitura de São Luís. Foi também com gosto de gás para cima de Yglésio, ao tecer comentários sobre o presidente Jair Bolsonaro, mas o médico, já acostumado com as provocações, também não deixou barato, reagindo no mesmo tom.

Bira sobre Braide: “Ele que se dizia o bonzão dos debates. Hoje, não está aqui”

Bira do Pindaré foi confrontado sobre cargo de sua esposa na Prefeitura

O candidato do PSB também não poupou críticas a Eduardo Braide por ter “escapado” do debate do Ponto e Vírgula. “Ele que se dizia o bonzão dos debates. Hoje, não está aqui. Isso vai ter peso muito grande”, disparou.

Bira do Pindaré, por sua vez, defendeu-se dos ataques de Franklin Douglas, minimizou as provocações e reagiu depois apresentando propostas sociais, a exemplo da criação de uma Secretaria de Igualdade Racial, e enfatizou a discussão sobre políticas voltadas aos direitos humanos.

Jeisael cresceu e apareceu

Jeisael confrontou e defendeu propostas

Já o candidato da Rede, Jeisael Marx, que, nos debates anteriores, evitou alfinetar e entrar em confronto direto com adversários, travou, na edição do Ponto e Vírgula, um embate caloroso com Yglésio, destacou o seu compromisso em construir um mandato com sustentabilidade e participação do cidadão. O comunicador, mais à vontade do que nas outras oportunidades, também confrontou ideias com Rubens Jr

Bom de debates, Yglésio, também no debate do Ponto e Vírgula, mostrou firmeza, durante confronto de ideias com Franklin Douglas, e afirmou que seu programa de governo contém informações importantes sobre de onde sairá o dinheiro, especificando quais as suas metas, de onde vai reduzir investimentos e disse ter estudado muito para isso, dando, no momento, até valores que poderiam ser redirecionados.

Neto Evangelista, “candidato macho”, “cabra da peste”

Neto Evangelista levou certidão do MPF para tentar desmentir Braide

Neto Evangelista foi, segundo avaliações populares, o “candidato mais macho” do debate do Ponto e Vírgula, ou seja, corajoso, o “cabra da peste” nordestino no embate. Trouxe documento do MPF para confrontar e tentar desmentir Braide, publicando a certidão, inclusive, em redes sociais sem temer a nada.

Ironizando a fala de Yglésio, Neto Evangelista criticou o médico por, segundo ele, “achar que sabe mais que todo mundo” e mostrou ser um candidato com propostas realistas, entre elas a construção de novas moradias e a implantação do Centro de Reabilitação Pós-Covid 19.

Rubens Jr: “Braide fugiu porque foi denunciado”

Rubens Jr disse que Braide “fugiu” porque foi denunciado

Já Rubens Jr vem se destacando, nos debates e não foi diferente no do Ponto e Vírgula, por uma postura firme e coerente, sempre linkando sua imagem à do governador Flávio Dino e à do ex-presidente Lula. O comunista demonstrou ter um plano de governo completo, passando pelos direitos das minorias e alcançando o desenvolvimento econômico de São Luís. Entre suas propostas, há a renda básica da primeira infância e a construção de mais creches, evidenciando que educação seria uma das prioridades em sua gestão, caso eleito.

Sempre crítico, o comunista não poupou Eduardo Braide por, segundo ele, ter “fugido” do debate. De acordo com Rubens Jr,  o candidato do Podemos “fugiu” do debate por medo e despreparo, sobretudo depois que denunciaram que ele é investigado.

Debate do Ponto e Vírgula deixa marca

Candidatos foram testados para a covid-19 antes do debate

No quesito “medidas sanitárias”, o debate do Ponto e Vírgula venceu todos os outros. Candidatos, assessores, funcionários do Sistema Difusora e jornalistas convidados foram todos testados para o coronavírus ou Covid-19.

A titular do blog foi convidada, marcou presença, foi testada também e parabenizou o jornalista Leandro Miranda e demais profissionais do programa pela realização do evento democrático voltado ao eleitor de São Luís.

“Lei Seca” começa a vigorar a partir de zero horas de domingo no Maranhão

A partir de zero horas deste domingo, está proibida a comercialização de bebidas no Maranhão

Locais públicos, como bares e restaurantes, estão proibidos de comercializar bebida alcoólica a partir das zero horas de domingo (15), véspera das eleições municipais, no Maranhão, de acordo com decreto editado pelo governo do Estado.

De acordo com o decreto, o descumprimento da norma caracteriza a prática de crime de desobediência, além de sanções administrativas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, a venda de bebidas alcoólicas ou de substâncias de efeitos semelhantes fica proibida entre 0h e 22h de domingo (15).

A portaria destina-se somente ao consumo em locais públicos, tais como bares, casas de eventos, estabelecimentos públicos e ruas. O consumo dentro das residências do eleitorado não foi proibido.

O objetivo da medida é ajudar a preservar a ordem pública no dia da votação. Esse tipo de restrição é comumente adotada em outros estados também. 

Decisão da Justiça mantém inelegibilidade de candidato a prefeito em Magalhães de Almeida

Nonato Carvalho foi tornado inelegível em nova decisão do TJ

O Tribunal de Justiça do Estado cassou liminar que favorecia o ex-secretário municipal de Magalhães de Almeida, Raimundo Nonato Carvalho (MDB), mantendo as determinações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que o deixou inelegível. A decisão foi proferida pelo desembargador Jorge Rachid Mubarack Maluf.

Com a decisão do TJ/MA, Nonato Carvalho está inelegível e os votos, que forem dados a ele, na eleição do próximo domingo (dia 15), poderão ser considerados nulos, caso o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) resolva cassar o registro.

A inelegibilidade de Nonato Carvalho ocorreu em razão da existência de diversas contas do candidato rejeitadas pelo TCE.

“Trata-se de Agravo de Instrumento interposto pelo Estado do
Maranhão contra decisão proferida pela juíza de Direito da 7ª Vara da
Fazenda Pública da Capital, Alessandra Ferraz Lopez, que deferiu o pedido
liminar nos autos da ação anulatória de acórdão do Tribunal de Contas proposta
pelo agravado contra o Estado do Maranhão”, explicou o desembargador no despacho.

Nonato Carvalho está em campanha eleitoral, tendo como adversários Costa Júnior (PCdoB), Doy (Patriota) e Antônio Tunico (Solidariedade).

Ação judicial

A ação judicial contra o candidato Nonato Carvalho foi ajuizada na Justiça pela Procuradoria Geral do Maranhão (PGE/MA), que firmou parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para compartilhamento de dados, a fim de dinamizar a atuação da defesa do Estado em casos de liminares que suspendam efeitos de decisões do TCE.

No período eleitoral, é comum que pretensos candidatos com contas reprovadas junto ao TCE, e, por consequência, impedidos pela Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº. 135 de 2010) de homologarem seus registros de candidatura, ingressem com ações com pedidos de liminares na Justiça estadual visando à suspensão da eficácia de acórdãos do Tribunal de Contas.

Em São Bento, Othelino fortalece campanha pela reeleição de Luizinho Barros

Grande comício marcou encerramento da campanha de Luizinho em São Bento

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na quinta-feira (12), do último evento de campanha em apoio ao prefeito Luizinho Barros (PCdoB), candidato à reeleição em São Bento, e Galvão Muniz (PROS), candidato a vice. A ‘Passeata Gigante da Vitória’, que culminou em um comício na Praça de Eventos, arrastou uma multidão de apoiadores pelas ruas da cidade, reforçando a liderança de Luizinho Barros para mais um mandato.

O parlamentar marcou presença acompanhado do atual prefeito de Pinheiro e também candidato à reeleição, Luciano Genésio (PP), e de Ana Paula Lobato (PDT), sua esposa e candidata a vice naquele município.

No comício, o chefe do Legislativo Estadual falou do compromisso de Luizinho Barros com o desenvolvimento de São Bento, que tem trabalhado incansavelmente para levar, cada vez mais, melhorias para a cidade.

“O Luizinho conhece cada canto de São Bento. Tenho certeza de que o seu próximo mandato será o melhor de todos. Ele faz uma campanha limpa, propositiva, mostrando o que fez pela cidade. São Bento merece um homem do povo, uma pessoa do bem como Luizinho. Ele já tem o principal, que é o carinho do povo de São Bento, confiança refletida nesta praça lotada de vermelho”, declarou o parlamentar.

Retribuição

Luizinho Barros agradeceu o apoio de Othelino e disse que ele sempre teve um carinho especial pela cidade de São Bento, que retribuiu lhe dando a maior votação para deputado estadual no município.