Com todas as decisões da Lava Jato anuladas, Lula volta a ser elegível para 2022

Nesta segunda-feira (8), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva relacionadas às investigações da Operação Lava Jato.

Ao decidir sobre pedido de habeas corpus da defesa de Lula, Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e das doações ao Instituto Lula. Segundo o ministro, a 13ª Vara Federal de Curitiba não era o “juiz natural” dos casos.

Com a decisão, o ex-presidente Lula recupera os direitos políticos e volta a ser elegível.

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *