ANTES TARDE DO QUE NUNCA: Maranhão cobra investimentos já que ficou fora da Copa do Mundo

Chiquinho Escórcio: Ação tardia, porém salutar
O deputado federal maranhense Francisco Escórcio (PMDB) resolveu, apenas agora, puxar, em Brasília, um debate sobre a situação dos estados que não participam diretamente das “fatias do bolo” da Copa do Mundo de 2014, entre eles o Maranhão. Com esse propósito, a Comissão de Turismo e Desporto realiza, nesta terça-feira (11), às 14h30, uma reunião para discutir a questão  dos que ficaram de fora dos preciosos investimentos.

Apesar de tardio, o debate puxado por Chiquinho Escórcio é salutar, já que o Maranhão está excluído do processo e assistindo apenas à passagem da carruagem, sem lutar por nenhuma “fatia do bolo” que já vem sendo comido há muito tempo por outros estados.

Com tantos representantes em diversas esferas do poder (presidente do Senado maranhense, ministros, etc), relevante potencial turístico, estádio novo e prestígio com a presidente Dilma Rouseff, o Maranhão não conseguiu se articular nem para ser uma subsede da Copa de 2014. Ou seja, vai apenas ver, com “água na boca”, estados e cidades faturarem alto com os jogos, além dos investimentos feitos. Lamentável!

Mas, segundo o deputado, esses estados “não podem ser esquecidos pelo governo federal”, no quesito investimentos, apesar de não sediarem os jogos da Copa. Ele lembrou que os envolvidos com a Copa estão recebendo uma série de incentivos do governo, que vão desde construção e reforma nos estádios até melhorias na área de mobilidade urbana.

Enquanto que os estados que ficaram de fora, como o Maranhão,  estão vendo esses investimentos passarem de longe. Ou seja, ficou “chupando o dedo”, enquanto os outros se divertem com um bolo grande.

Foram convidados para a audiência os ministros da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho; do Esporte, Aldo Rebelo; do Turismo, Gastão Vieira; o presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo e Presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin; e o secretário-adjunto de Esporte e Lazer do Maranhão, Clineu César Coelho Filho; entre outras autoridades.

Aqui vale aquele velho ditado: Antes tarde do que nunca.

Com informações da Agência Câmara Notícias

Postagens relacionadas

2 thoughts on “ANTES TARDE DO QUE NUNCA: Maranhão cobra investimentos já que ficou fora da Copa do Mundo

  1. Só mesmo rindo para não chorar, mais aquele sorriso amarelo mesmo, ora, ora, quem fala, o deputado “cara de juelho”,… nem pra ser uma subsede da Copa de 2014… veja, é muito pouco, nem isso conseguiram!, para um Estado que tem um ex de tudo, (o SARNA) Ministro disso e daquilo, e ainda tem um Vice da CBF, e o Maranhão continua na meeerda, era melhor nem falarem… da raiva…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.