Após Bolsonaro editar MP polêmica, Flávio Dino afirma que Brasil está no caminho errado

Nas redes sociais o presidente Jair Bolsonaro está sofrendo várias críticas por permitir que o trabalhador fique sem salário

O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória, publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite de domingo (22), que permite que contratos de trabalho e salários sejam suspensos por até quatro meses durante o período de calamidade pública. O governador do Maranhão, Flávio Dino, comentou a MP polêmica.

“Caminho certo: mobilizar crédito abundante dos bancos públicos para MANTER salários dos trabalhadores, sem quebrar empresas. Caminho errado: jogar trabalhadores à própria sorte sem nenhuma proteção. O caminho certo tem sido adotado em vários países. O caminho errado só no Brasil”, escreveu Flávio.

Como se trata de uma medida provisória, o texto passa a valer imediatamente, mas ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional no prazo de até 120 dias para não perder a validade. O governo federal defende a proposta como forma de evitar demissões em massa.

Nas redes sociais o presidente Jair Bolsonaro está sofrendo várias críticas por permitir que o trabalhador fique sem salário por até quatro meses em um momento de grave crise.

1 pensou em “Após Bolsonaro editar MP polêmica, Flávio Dino afirma que Brasil está no caminho errado

  1. ESSE GOVERNADOR FALA MUITO E FAZ POUCO, VEJAM COMO ESTÁ O NOSSO MARANHÃO TIRA DINHEIRO DE DIVERSAS SECRETÁRIAS PARA COLOCAR NA SECRETÁRIA DE COMUNICAÇÃO PARA FAZER PROPAGANDA PESSOAL EM OUTROS ESTADO DIZENDO QUE O MARANHÃO É UM PARAÍSO E QUE NÃO NA VERDADE NÃO É AS ESTRADAS QUE SÃO DE RECONCIABILIDADE DO ESTADO TODAS RUINS, SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *