Bolsonaro vai encarar governadores unidos no Nordeste

Bolsonaro e mais os nove governadores nordestinos participam da reunião do Conselho Deliberativo da Sudene

Estadão

Depois de quase cinco meses de governo, na sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro desembarca em Recife, Pernambuco, para sua primeira viagem ao Nordeste. Na mala, deve anunciar um pacote de medidas para a região. Ele e mais os nove governadores nordestinos participam da reunião do Conselho Deliberativo da Sudene. Os governadores de Minas Gerais e Espírito Santo também estarão no encontro.

Um grupo de trabalho do conselho se reúne há mais de 12 meses para elaborar o primeiro plano de desenvolvimento para a região. Segundo o superintendente da Sudene, Mário Gordilho, os governadores foram “extremamente receptivos” ao diálogo com o grupo de trabalho. “Eles sabem que não têm verba para suprir, sozinhos, as necessidades”, disse.

Para tentar se contrapor ao que veem como isolamento da região junto ao governo federal, os nove governadores falam em criar uma aliança política. O primeiro passo nessa direção foi o Consórcio Nordeste, criado em março com objetivo de gerar cooperação e atrair investimentos.

Na avaliação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), a Sudene é o espaço para a voz dos Estados ser ouvida. “O Brasil não pode mais ficar parado. Espero que haja uma agenda de investimentos e de geração de empregos”, afirmou. O governador se diz otimista com a reunião da próxima sexta. “Espero que o plano Nordeste avance”, disse. Na manhã desta quarta-feira, 22, Bolsonaro está reunido em um café da manhã com a bancada do Nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *