Casais homossexuais maranhenses comemoram resolução do CNJ

Cartórios já podem celebrar casamento civil de pessoas do mesmo sexo. Casal que fez a primeira união estável do Nordeste está junto há 13 anos.

Casamentos gays já podem ser feitos nos cartórios


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou uma resolução que obriga os cartórios de todo o país a celebrar o casamento civil de pessoas do mesmo sexo. O casal de maranhenses Celise Azevedo e Lêda Costa, que fez a primeira união estável do Nordeste e está junto há 13 anos, comemorou a decisão.

Agora, para converter o estado civil para casadas, basta elas se dirigirem a um cartório com a certidão da união estável. Veja a matéria completa no vídeo.

Em 13 capitais brasileiras, pelo menos 1.300 casais do mesmo sexo já registraram uniões. Agora, os cartórios não podem mais recusar os pedidos, como já aconteceu em algumas situações. Para passar a valer, a resolução precisa ser publicada no Diário Oficial da União. A decisão do CNJ ainda pode ser questionada pelo STF.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.