Conmed São Luís entra em crise e deixa usuários na mão

Em ritmo de falência, Conmed suspende atendimento de emergência pelo São Domingos e Português

São Domingos suspendeu atendimentos para a Conmed
Como se não bastasse a Unimed, o plano de saúde Conmed também está deixando milhares de usuários sem cobertura de hospitais e médicos em São Luís. Há três meses, o São Domingos não presta mais atendimento de urgência e emergência para os associados da Conmed por falta de pagamento. O mesmo acontece com o Português e o Aliança.


A suspensão do atendimento no São Domingos lesa o usuário consumidor da Conmed. Quem assinou o contrato do plano “Premiê Plus”, por exemplo, paga muito mais caro por ter optado pela cobertura do hospital. E se não recebe os serviços, paga por algo que não está sendo mais oferecido. O caso precisa ser acompanhado de perto pelo Ministério Público.


“Tive um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e fui direto para o São Domingos com a carteira da Conmed Premiê Plus. Quando chegamos lá, meus familiares foram informados na recepção de que o atendimento estava suspenso por falta de pagamento há um mês (naquela época em outubro). Tivemos que sair rapidamente para o Centro Médico. Graças a Deus, o pior não aconteceu”, contou a professora Aldagisa Costa, associada da Conmed, que está revoltada e disposta a ingressar na Justiça contra o plano de saúde.


Da lista de urgência e emergência da Conmed só há, no momento, o Centro Médico Maranhense (Monte Castelo) e o Hospital Ibirapuera (Cohatrac), este último com precárias instalações. O mesmo acontece com determinados médicos. Uma das especialidades mais atingidas é a endocrinologia, com descredenciamentos constantes de médicos.


A suspensão de atendimentos está superlotando o Centro Médico que, daqui a pouco, terá problemas com disposição de leitos, por exemplo.


Procurada por este blog, a Conmed confirmou que os atendimentos para os associados só estão disponíveis mesmo no Centro Médico e no Ibirapuera, mesmo para os associados Premiê Plus que pagam caro pelo atendimento no São Domingos. Os funcionários não souberam dizer quando os atendimentos serão retomados.

Postagens relacionadas

6 thoughts on “Conmed São Luís entra em crise e deixa usuários na mão

  1. 29-mar-Consulta não foi feita,o IGMA informou que o convenio esta suspenso
    25-abr-Consultada no IGMA,e foram solicitados U.s. das mamas e maografia a ser feito no Inst.de Rdaiologia (Centro Médico)
    13-mai-Convenio com Centro Médico esta suspenso,fui à Comedh e autorizou Hosp.Aldenora Bello a fazer a mamografia
    22-mai-Mamografia não foi feita,Hospital Aldenora Bello informou que a máquina esta quebrada,pra ligar dia 2 de Junho e ver se já esta funcionando.
    22-mai-Tentei fzer reclamação no site da Conmedh,mas o sistema não permite envio de mensagem na plataforma,dessa forma o contato fale conosco passa a ser só fantasia.

    OBS:Quanto ao outro exame de Ultrason das mamas, não tem nem previsão,porque a Clinimagem informou, que somente depois de fazer a mamografia,ele poderá ser marcado para uma data que nem se tem ideia.Dessa forma, da pra concluir,que deve demorar cerca de 3 meses entre a consulta e o possível retorno.As guias ja estão todas rasuradas só de tanta alteração,e amanhã vencem a validade.O boleto de Junho ja recebemos ha dias.

  2. Gostaria que o Poder Público, tivesse compaixão do povo menos favorecido e aplicasse penas severas para esses planos. Este ano de 2013, ainda não usei, por que não foi preciso, graças a DEUS, mas já fiquei sabendo que: não tem mais os laboratórios principais, os médicos que eu consultava. Brincadeira, vocês estão lidando é com seres humanos “VIDA”. Plano de Saúde/Seguro paga-se para não usar, mais quando for preciso é para funcionar. Que DEUS abençõe este País, eu sou brasileiro e acredito e tenho mais é que acreditar que isso vai mudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.