Crise – Lahésio diz que Aluísio Mendes não está autorizado a falar em seu nome

O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes e pré-candidato ao governo do Maranhão, Lahesio Bonfim (PSC), voltou a causar, nas redes sociais, ao responder a uma fala do presidente de sua legenda, deputado Aluísio Mendes, sobre apoios a postulantes ao Palácio dos Leões em um eventual segundo turno. Em um vídeo, ele desautoriza Mendes a falar em seu nome e reafirma que seu foco na disputa eleitoral é o governo estadual.

“O Aluísio [Mendes], ele não tem procuração para falar de Lahesio Bonfim. Ele foi lá para falar do partido dele, o PSC”, disparou.

Lahesio se refere a uma fala de Aluísio, dita em evento do partido semana passada, em que ele declarou apoio à pré-candidatura do senador Roberto Rocha (PTB) à reeleição. Na ocasião, o presidente do PSC também confirmou relato do senador petebista em que pontua união dos pré-candidatos a governador de oposição, em caso de eventual segundo turno.

Ocorre que Lahesio, até o momento, não se posicionou sobre apoio a Roberto Rocha e nem sobre unir-se aos demais nomes que irão disputar o governo, se houver segundo turno.

Os nomes considerados de oposição na disputa são os do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD); o senador Weverton Rocha (PDT); e o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) que, conforme já foi ventilado, deve sair da corrida ao governo para, provavelmente, apoiar um dos nomes postulantes.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.