Dados do FNDE mostram que prefeito de Monção recebeu mais de R$ 380 mil para a merenda escolar

Manifestações contra a falta de merenda escolar em Monção
Dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) mostram que o prefeito de Monção, João de Fátima Pereira, o “Queiroz”, recebeu R$ 384.906,00 de repasses do Programa de Alimentação Escolar, este ano, apesar de seus interlocutores,  a exemplo do deputado estadual Eduardo Braide (PMN), justificarem que a Prefeitura está com dificuldades de receber recursos por inadimplência.

Segundo o FNDE, “Queiroz” recebeu, no mês de maio de 2013, R$ 84.966,00 do programa; e no mês de setembro, a bolada foi bem maior: R$ 299.940,00, totalizando R$ 384.906,00, montante suficiente para garantir a merenda escolar na rede pública, o que não vem acontecendo e é motivo para uma série de manifestações em Monção. 

Esta semana, um movimento pacífico de servidores da Educação de Monção, que estão sem receber salários há vários meses, movimentou o município. Na última terça-feira (08), a situação se agravou, quando mais de três mil pessoas foram para a porta da Prefeitura exigir providências do prefeito, não só pelos vencimentos atrasados, mas também pela falta de merenda nas escolas, apesar de haver recursos federais para isso.

Insensibilidade – A insensibilidade do prefeito de Monção evita que a merenda escolar, que infelizmente para alguns alunos é a única refeição completa que fazem durante o dia, chegue até as escolas e isso está na pauta dos protestos no município.

Os manifestantes exigem que o prefeito tome providências, resolva os problemas, fora que os servidores cobram também explicações sobre diversas irregularidades que o gestor municipal vem sendo acusado à frente da Prefeitura. 

Na terça-feira, os servidores saíram da porta da Prefeitura depois que o prefeito assumiu o compromisso de que essa situação seria resolvida e as explicações cobradas também seriam dadas. No entanto, caso as reivindicações não sejam atendidas, os manifestantes prometeram voltar às ruas para esquentar o clima, no sentindo de cobrar providências de “Queiroz”.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.