Debate da TV Difusora – Veja aqui a análise do desempenho dos candidatos

No último sábado (31), a TV Difusora promoveu um acirrado debate entre os candidatos à Prefeitura de São Luís, faltando 15 dias para o pleito. Oito concorrentes expuseram seus projetos, ideias e soluções para que o eleitor decida o melhor nome ao maior posto do executivo municipal. Veja vídeos no post.

Considerado morno, o debate entre os candidatos teve momentos de fortes embates, sobretudo, envolvendo os candidatos Eduardo Braide (Podemos), Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (Republicanos), Rubens Júnior (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Yglésio Moisés (PROS) e Franklin Douglas (PSOL). Jeisael Marx (Rede) não se envolveu nos confrontos. Preferiu a linha mais propositiva.

O Blog da Sílvia Tereza fez uma análise imparcial sobre o desempenho de cada um dos oito candidatos que participaram do debate. Confira:

Bira do Pindaré (PSB): O candidato alfinetou bastante os adversários, sobretudo, em relação aos seus aliados. Propositivo, ele apresentou suas ideias e afirmou que quer ser prefeito de São Luís para fazer da capital uma cidade mais humana, mais bela e mais justa.

Neto Evangelista (DEM): Nos embates, o candidato provocou adversários, alfinetando sobre a época em que estiveram em cargos administrativos. Mostrando preparo, respondeu de forma objetiva aos questionamentos.Durante o debate, Neto declarou que irá acabar com a central de marcação de consultas e requalificar o serviço de saúde pública, possibilitando o agendamento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Ele também defendeu a reconstrução do Socorrão II.

Duarte Júnior (Republicanos)- Foi bastante questionado durante o debate da TV Difusora pelos adversários. Respondeu, mas contra-atacou bastante também. Foi um dos que mais foi chamado para o embate. Apresentou propostas e partiu para cima dos candidatos Eduardo Braide, Neto Eavangelista e Rubens Jr.

Rubens Júnior (PCdoB) – Continuou focando na tecla de linkar a sua imagem com a do ex-presidente Lula da Silva e com a do governador Flávio Dino. Provocou embates com os adversários. Chamou o primeiro colocado nas pesquisas, Eduardo Braide, para o confronto, sobretudo questionando a ligação que o mesmo teria com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e provocou sobre votações do deputado na Câmara Federal.

Eduardo Braide (Podemos) – O candidato foi o mais questionado durante o debate da TV Difusora. Reiterou que não é investigado pela Polícia Federal. Buscou se desvincular, sem negar, quanto à relação com o presidente Jair Bolsonaro. Disse que vai buscar recursos junto aos governos federal e estadual, caso seja eleito, e que o seu lado é o “lado do povo”. Os adversários questionaram e criticaram bastante o desempenho de Braide em órgãos por onde passou, como Caema e Secretaria Municipal de Orçamento Participativo no governo João Castelo.

Yglésio Moisés (PROS) – O candidato também entrou na linha de confrontos. O maior deles foi com o candidato do PSOL, Franklin Douglas, sobre discussões quanto à Saúde e sua passagem pelo Socorrão. O deputado revidou as provocações feitas, tanto por Duarte Júnior (Republicanos), quanto pelo expoente do PSOL no Maranhão. No debate, ele também adotou a linha propositiva e expôs projetos e ideias.

Franklin Douglas (PROS) – O candidato continuou apostando na linha crítica e atirando contra os adversários para o confronto de ideias. Questionou candidatos sobre aliados nacionais e locais, bem como sobre desempenho em órgãos públicos e em mandatos. Seguiu a linha característica do PSOL de nacionalizar o debate. O professor só poupou pólvora contra o candidato da Rede, Jeisael Marx.

Jeisael Marx (Rede) – Focou na linha propositiva, mas questionou, durante o debate, a hereditariedade política dos adversários. Alfinetou também candidatos que expuseram propostas semelhantes às dele. Segundo o candidato da Rede, os adversários imitaram ou copiaram várias ideias de seu plano de governo. Evitou o confronto direto com os adversários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *