Deputado condena serviços prestados pela Cemar no Maranhão

Othelino assinala que, depois da redução determinada pelo governo federal, empresa está entre as que concederam menor abatimento no Brasil


Deputado Othelino Neto
Em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Othelino Neto (PPS) fez, na manhã desta terça-feira (12), duras críticas aos serviços prestados pela Companhia Energética do Maranhão (Cemar) no Estado e disse que a insatisfação dos consumidores é, cada vez mais, crescente. O parlamentar assinalou que, depois da redução determinada pelo governo federal, a empresa está entre as que concederam o menor desconto de tarifa do Brasil e, em contrapartida, continua oferecendo um péssimo atendimento à população maranhense.


Othelino disse que irá solicitar, ainda esta semana, a cópia da concessão e do contrato que a Cemar assinou quando foi privatizada para ver quais são os compromissos e os condicionantes firmados e, se for o caso, cobrar soluções judicialmente da empresa e ouvir o Ministério Público para que ela possa funcionar, visando à satisfação dos maranhenses.


“O nosso sistema elétrico, no Maranhão, não é à prova de chuva; a cada chuva vem um apagão. Então é um problema crônico que persegue a vida dos maranhenses e que não vemos, não percebemos perspectiva de solução”, disparou o deputado do PPS.


O deputado disse que o Procon recebe dezenas e centenas de reclamações todos os dias e a Cemar não melhora o serviço prestado. “Qualquer um de nós aqui já foi vítima de um desserviço da Cemar. E a grande maioria de nós já pegou o telefone, ligou para o 116 e ouviu a seguinte resposta: vamos avisar a equipe de plantão e não há previsão de chegar ao local”, comentou Othelino Neto da tribuna.


Interrupções de energia – Segundo o deputado, os parlamentares devem se unir para sensibilizar  a direção da Cemar de que a energia não pode ser tratada da forma como vem sendo tratada, de forma irresponsável. Para Othelino, vários transtornos são impostos à população, do mais rico ao mais pobre, quando há essas frequentes interrupções de energia. “Nós deputados estaduais, como representantes da sociedade maranhense, temos que nos doer com esse tipo de problema que atinge a todos os maranhenses”, frisou o pepessista.

“Depois de observar toda essa realidade do descaso da Cemar, também vi uma propaganda, no horário nobre da novela Salve Jorge, até parecida com a do governo do Estado, com duas pessoas conversando alegremente, falando das vantagens da empresa, de como ela se preocupa com o consumidor e de um tal de desligamento programado”, ironizou o deputado.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.