Deputados não foram avisados sobre ida de Aluísio Mendes à Assembleia

Raimundo Cutrim disse que o Maranhão vive uma guerra civil

O deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) criticou, na sessão desta terça-feira (29), o presidente da Comissão de Segurança Pública, Roberto Costa (PMDB), por ter convidado o secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes, para vir à Assembleia Legislativa sem ter avisado aos demais parlamentares da Casa, fazendo de conta que está discutindo o grave problema de insegurança no Estado.

Raimundo Cutrim, que também faz parte da Comissão de Segurança da Assembleia, disse que não foi informado da audiência, mas disse que, mesmo assim, quando soube através de terceiros, foi até lá “para ver o secretário mentir ao dizer que está fazendo milagre na condução do Sistema de Segurança do Estado”. 

Convoca-se uma reunião de Segurança que nem a Assembleia sabe. Eu que faço parte da Comissão não sabia de nada.  O secretário saiu da Secretaria e veio mentir pra cá, sinicamente. O que adianta ele vir aqui conversar, dizer que está fazendo milagre, se na realidade não está fazendo nada?”, indagou Cutrim. 

O deputado do PCdoB disse que o Maranhão está vivendo uma verdadeira guerra civil com índices de criminalidade vergonhosos e um Sistema Prisional totalmente fragilizado e o secretário não apresenta soluções. Segundo ele, o governo cruzou os braços para a questão e vive um “mundo de faz de conta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *