Deputados pedem que PGR investigue gasto federal de R$1,8 bilhão com alimentos

Deputados do PSOL apresentaram uma ação ao procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitando a investigação sobre o gasto de R$ 1,8 bilhão do governo federal em alimentos e bebidas no ano de 2020.

O gasto foi divulgado pelo portal Metrópole, que aponta que o valor equivale a um aumento de 20% em relação a 2019. Entre os produtos adquiridos estão R$ 2,5 milhões em vinhos para o Ministério da Defesa, R$ 15 milhões em leite condensado e R$ 2,2 milhões em gomas de mascar. Também há R$ 5 milhões na compra de uvas passas, R$ 1 milhão em alfafa, R$ 15 milhões em açúcar, R$ 16,5 milhões em batata frita embalada, R$ 14,8 milhões em temperos, R$ 4,5 milhões com água de coco, R$ 14 milhões em café, R$ 3,2 milhões em caldas doces para recheios e coberturas, R$ 1,7 milhões em chantili, R$ 6,7 milhões em chuchu, R$ 1,8 milhão em geleia de mocotó e R$ 2,2 milhões em chicletes.

A ação foi assinada pelos deputados David Miranda (PSOL-RJ), Sâmia Bonfim (PSOL-SP), Fernanda Melchionna (PSOL-RS) e Vivi Reis (PSOL-PA).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *