Dino anuncia parada total de três dias no Maranhão e mantém apenas serviços essenciais na rede pública

Durante coletiva nesta sexta-feira (19), o governador Flávio Dino anunciou a prorrogação do decreto que suspende as atividades não essenciais por mais 10 dias.

Serão suspensas as cirurgias eletivas na rede pública e privada por falta de anestésico e para resguardar leitos para pacientes com coronavírus.

Foi determinado ainda que os trabalhadores da construção civil trabalhem entre 7h e 16h, e as academias e supermercados funcionem apenas com 50% da ocupação. As regras vão valer até o dia 28 de março, mas deve-se lembrar que somente os serviços essenciais vão funcionar entre os dias 26 e 28. Nos supermercados, apenas um membro por família vai poder frequentar o espaço.

Flávio Dino também anunciou a antecipação do feriado do dia 28 de julho para o dia 26 de março. Na ocasião, o governador fez um apelo para que as pessoas fiquem em casa nesses dias, e só saiam se for por um motivo essencial como ir a supermercado, farmácias ou atendimento médico.

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *