E o outro? Crise na Segurança derruba comandante da Polícia Militar

Coronel Aldimar Zanoni Porto, que estava em Balsas, assumirá comando Geral da PM

Coronel Franklim caiu após mais um fim de semana de terror em São Luís
Coronel Franklim caiu após mais um fim de semana de terror em São Luís

Com o clima de insegurança instalado no Maranhão, principalmente em São Luís, a governadora Roseana Sarney resolveu exonerar, no início da noite desta segunda-feira (11), o agora ex-comandante, coronel Franklim Pacheco, do posto de comandante geral da Polícia Militar. Assume o cargo o coronel Aldimar Zanoni Porto, que estava atuando em Balsas.

No último final de semana, a população viveu mais uma etapa de um verdadeiro filme de terror com ônibus incendiados, no Bairro de Fátima e na Vila Nova; ataques de facções criminosas a viaturas e postos da Polícia Militar com assassinato de um policial e ferimento de um outro. As últimas ocorrências provocaram as mudanças na Polícia Militar.

Caiu o comandante da PM, mas o secretário de Segurança  Pública, Aluízio Mendes, continua no cargo sem mostrar soluções plausíveis para evitar a eminente falência do Sistema de Segurança Pública do Maranhão. Será que a decisão mais acertada mesmo era trocar o comandante da Polícia?

Outras mudanças também foram anunciadas na PM. O coronel João Alfredo Soares de Quadro Nepomuceno, que respondia pelo comando do Policiamento Metropolitano, agora é subcomandante da Polícia Militar.

No Policiamento Metropolitano, quem está à frente agora é o tenente coronel Marco Antonio Alves da Silva, antes responsável pela Agência Central de Inteligência da PM.

Postagens relacionadas

4 thoughts on “E o outro? Crise na Segurança derruba comandante da Polícia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.