E que venham mais parcerias, inclusive com os "mulherofóbicos"…

Luís Cardoso, um dos blogueiros mais acessados

O Blog da Sílvia Tereza tem fechado importantes parcerias na blogosfera e, há menos de seis meses de seu surgimento, já tem link cativo nos blogs mais acessados do Maranhão, como os de Luís Cardoso, John Cutrim, Ricardo Santos, Cunha Santos, Genivaldo Abreu, Ludwig Almeida, Só Falo a Verdade (Imperatriz), Maranhão 190, Waldemar Ter, ANB On line, Abimael Costa, Jersan Araújo, Edgar Ribeiro, etc.


Inovador na blogosfera política por ser editado por uma mulher (afinal, esta era uma área antes dominada apenas pelos homens), o Blog da Sílvia Tereza completa, no próximo dia 22 de maio, seis meses e já conquistou grande espaço, tem a sua marca e a sua credibilidade.

John Cutrim, um dos mais lidos

Costumo brincar com as palavras para dizer que apenas os “mulherofóbicos”, termo criado e usado pelo poeta Cunha Santos recentemente, ainda não estão me lincando ou não me reconhecem ainda como blogueira do segmento político. 


“Mulherofóbicos”, segundo o nobre jornalista de quem me orgulho muito ser amiga, quer dizer “homens que têm medo do potencial feminino, da competência e do sucesso da mulher” e que, por isso, alimentam ainda uma resistência preconceituosa.

Mas pouco me importa falar dos “mulherofóbicos” porque eles nunca vão se conformar com o deslanchar desse processo que libertou a mulher de preconceitos históricos e a tornou capaz de concorrer com eles em pé de igualdade e de, muitas das vezes, superá-los. 

Bastante acessado, Ricardo também lincou o blog

A parceria com todos esses blogs, que estão lincados aqui na coluna da direita, é pela notícia, pela função social de informar neste espaço novo das redes sociais, onde o jornalismo ganha formas mais modernas de ser exercido. 


Agradeço aos colegas blogueiros e parceiros pelo incentivo e pelo apoio constantes. Afinal, sou a única mulher maranhense atuante na blogosfera política (repito nas linhas política e cotidiana), o que tem sido para mim um gostoso desafio e motivo de muita satisfação.


Postagens relacionadas

One thought on “E que venham mais parcerias, inclusive com os "mulherofóbicos"…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.