Evangélicos estarão divididos na disputa em São Luís

A igreja Assembleia de Deus, maior entre as denominações religiosas, estará em pelo menos quatro palanques.

Um dos segmentos da sociedade que consegue mobilizar um bom número de eleitores, os evangélicos, estarão divididos nas eleições municipais de São Luís. A igreja Assembleia de Deus, maior entre as denominações religiosas, estará em pelo menos quatro palanques.

A deputada estadual Mical Damasceno declarou recentemente apoio ao pré-candidato Neto Evangelista (DEM). Mical é filha de Aldir Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão.

Do outro lado, o pastor Enos Ferreira, secretário de Relações de Estado das Institucionais do governo Flávio Dino e filho do ex-deputado federal Costa Ferreira anunciou apoio ao pré-candidato Duarte Júnior (Republicanos). Enos é coordenador da União de Mocidade da Assembleia de Deus em São Luís (UMADESL).

Já a senadora Eliziane Gama, figura pública muito ligada à Assembleia de Deus declarou recentemente apoio o nome de Rubens Júnior (PCdoB). Além de Eliziane, o Cidadania também declarou apoio ao pré-candidato comunista.

Já o deputado federal Pastor Gildenemyr, também da mesma denominação, deve caminhar com a pré-candidata Detinha na disputa pela prefeitura de São Luís.

1 pensou em “Evangélicos estarão divididos na disputa em São Luís

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *