Flávio Dino critica Anvisa por adiar importação da vacina Sputnik V

Aconteceu em Brasília uma reunião entre representantes do consórcio do Nordeste de governadores e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que discutiram sobre a importação de lotes da vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia. O governador Flávio Dino (PCdoB) criticou o resultado da reunião que, segundo ele, retardou a aquisição do imunizante.

Em seu Twitter, Dino questionou a posição da Anvisa de ir à Rússia para avaliar o pedido de importação, classificando-a como “inacreditável” diante da situação da pandemia no país.

Os estados do Nordeste negociam quase 40 milhões de doses com o governo russo, mas a conclusão do contrato está condicionada a autorização por parte da Anvisa, que informou que fará uma visita à Rússia para avaliar as condições de fabricação da Sputnik V.

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *