O Blog da Sílvia Tereza completa, nesta quinta-feira (21), um ano no ar. Foram 791 postagens em 12 meses de trabalho intenso, que pode ser visto, detalhadamente, mês por mês, através do arquivo localizado na coluna da direita, priorizando sempre a informação e a análise da notícia, dos fatos e dos bastidores da política e do cotidiano do Maranhão.

Quando surgi como primeira mulher de São Luís protagonista na blogosfera política, a exatamente um ano, no dia 21 de novembro do ano passado, alguns narizes se torceram contra mim, senti uma certa resistência entre os homens blogueiros que, até então, reinavam absolutos e muitos acharam  que eu estava apenas “passando uma chuva”, mas se enganaram porque eu vim para ficar… Aos poucos, a maioria viu e reconheceu a força e a qualidade das minhas postagens.

Após dois dias do meu primeiro sinal na blogosfera política, o jornalista Gilberto Léda me surpreendeu e publicou em seu blog o seguinte post “Te cuida, John Cutrim! Assessores de Castelo começam a lançar blogs” (RELEMBRE AQUI). Diz ele que foi para ajudar a promover e a divulgar o meu blog, apesar do tom crítico! Tudo bem, eu acredito…

A primeira postagem a gente nunca esquece…

Abrindo o jogo _ Blog da Sílvia Tereza

Uma blogueira de política?

“Uma blogueira de política em São Luís? Mas só havia homens…”, comentavam alguns curiosos que me me encontravam por diversas vezes pelos corredores da Assembleia Legislativa e de eventos políticos e sociais, na capital maranhense. E eu cansei de indagar e responder em tom de brincadeira: “Sim, não pode? Mas agora há. A blogosfera política da capital necessitava de uma visão feminina, carecia de um toque feminino diante de tanta presença masculina…”

Em meio a esse “período de resistência”, apresentação e adaptação, passei a contar com uma infinidade de parceiros da blogosfera maranhense. Rapidamente, ganhei links por todo o Estado. A minha lista de blogs e de links só aumentava, ficou enorme (incluí até quem não me linka), como se pode ver na coluna da direita, e solidifiquei presença cativa, “destorcendo” a grande maioria dos narizes (risos…). Cheguei a batizar de “mulherofóbicos” (termo criado pelo poeta e amigo Cunha Santos para designar aqueles que têm medo de mulher) uma minoria ainda “ciumenta”.

Parcerias importantes 

Estabeleci parcerias importantes e permutei links com blogueiros como Luís Cardoso, John Cutrim, Jorge Vieira, Clodoaldo Correa, Ricardo Santos, Diego Emir, Neto Ferreira, Atual7, Marrapá, César Bello, Genivaldo Abreu, Martim Varão, Robert Lobato, Cunha Santos, Caio Hostílio, Waldemar Ter, ANB Online, BCN, Fernando Atalaia, Abimael Costa, etc. Do interior do Estado: “Só falo a verdade” (Imperatriz), Ludwig Almeida ( Sertão, Timon), Samuel Bastos (Portal Gaditas, região de Coelho Neto), Bacabeira em Foco, Portal do Munim, enfim, e muitos que ainda falta incluir no listão ao lado.

Isso tudo e mais uma parceria com o programa de TV da Band de Imperatriz “É da sua conta, sim”, apresentado pelo radialista Justino Filho, de segunda a sexta, pela manhã.

Bom, passado um ano de experiência, posso dizer que a blogosfera política é um “vício” que me conquistou. Demorei a entrar, mas o desejo já era latente há algum tempo. E tenho o meu blog, hoje com novo visual mais dinâmico e mais moderno, como uma forma de poder exteriorizar a minha visão dos fatos políticos e cotidianos e de evidenciar, mais ainda, a minha grande paixão pelo jornalismo.

Obrigada pela leitura!

Postagens relacionadas

37 thoughts on “Há um ano na blogosfera política…

  1. Parabéns, Silvia! O Papa Francisco disse em seu primeiro encontro coma a imprensa, que os jornalistas e a Igreja possuiam algo em comum: o compromisso de anunciar a verdade. Que esta verdade seja sempre nutrida em teu trabalho e que Deus continue abençoando a tua vida. Pax! Virgínia.

    1. Virgínia, quanta satisfação receber um comentário seu que é serva de Deus, integrante da Renovação Carismática Católica. O Papa Francisco é sempre muito sábio em suas palavras. Eu sou fã dele. Obrigada pela participação. Um forte abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.