Jornal da Globo critica Justiça por ter evitado prisão de Lidiane Leite em Pedrinhas

ASSISTA AQUI AO VÍDEO DO BOM DIA BRASIL

Com informações do Bom Dia Brasil

Alojamento confortável em que Lidiane se mantém presa no Corpo de Bombeiros

Alojamento confortável em que Lidiane se mantém presa no Corpo de Bombeiros

O apresentador do Bom Dia Brasil da Rede Globo, Chico Pinheiro, não poupou críticas à Justiça Federal, após exibição de matéria, por ter evitado a prisão da ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Segundo o jornalista, se o presídio, que é considerado um dos mais violentos do país, não serve para a ex-gestora, então não serve para mais ninguém e, se não tem condições, não deveria está funcionando. Ele ficou estarrecido com o fato das autoridades ainda reconhecerem essa situação.

A ex-prefeita de Bom Jardim só se entregou à Polícia Federal depois de obter na Justiça garantias de que não iria para a Penitenciária de Pedrinhas. Na sentença, o juiz federal José Magno Linhares diz que a decisão é para resguardar a integridade física da ex-prefeita.

Lidiane Leite chegou a passar duas horas no Complexo de Pedrinhas. Mas, graças a um acordo com a Justiça, ela foi transferida para um alojamento confortável do quartel do Corpo de Bombeiros. A ex-prefeita é acusada de roubar dinheiro da merenda das crianças e depois contar vantagem nas redes sociais.
“Pedrinhas, para que o Brasil todo, o mundo todo conhece, é um caldeirão de assassinos. Então, uma pessoa que não cometeu um ilícito que lhe é apontado, ela não poderia, ou ninguém, se apresentaria em condições para ser colocada naquele local”, afirma o
Lidiane Leite foi acusada pelo Ministério Público de chefiar um esquema que desviou cerca de R$ 15 milhões da educação de Bom Jardim. As investigações revelaram que ela fraudava licitações e desviava dinheiro para reforma de escolas e compra de merenda escolar.
Quando estava no poder, Lidiane usou as redes sociais para ostentar uma rotina de luxo e badalações com dinheiro que – segundo a Polícia Federal – foi desviado dos cofres públicos. Em uma postagem, disse que tinha dinheiro sobrando.
Lidiane Leite ficou foragida 39 dias e virou notícia na imprensa internacional. Depois de se entregar, ela foi levada à carceragem da Polícia Federal. Só saiu da cela para prestar depoimento e fazer exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal, antes de ser transferida para o quartel do Corpo de Bombeiros. Lá não há celas para mulheres. Lidiane Leite foi levada a um alojamento feminino que estava preparado para ela.
“Nós respeitamos as decisões judiciais e as cumprimos. A Polícia Federal fez a sua parte, instaurou o inquérito, investigou, descobriu a autoria, a materialidade. E em razão do nosso trabalho, ela se entregou”, afirmou o superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Alexandre Saraiva.

13 pensou em “Jornal da Globo critica Justiça por ter evitado prisão de Lidiane Leite em Pedrinhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *